RONDÔNIA
    • Plano 1

    • R$ 150 / Mês

      • Matéria no Site Não
      • Banner + Link Sim
      • Matéria / Facebook Não
      • Matéria / WhatsApp Não
      • Publicação / Grupos Não
    • Anunciar
    • Plano 2

    • R$ 250 / Mês

      • Matéria no Site Sim
      • Banner + Link Sim
      • Matéria / Facebook Não
      • Matéria / WhatsApp Não
      • Publicação / Grupos Não
    • Anunciar
    • Plano 3

    • R$ 350 / Mês

      • Matéria no Site Não
      • Banner + Link Sim
      • Matéria / Facebook Não
      • Matéria / WhatsApp Sim
      • Publicação / Grupos Não
    • Anunciar
    • Plano 4

    • R$ 400 / Mês

      • Matéria no Site Sim
      • Banner + Link Sim
      • Matéria / Facebook Sim
      • Matéria / WhatsApp Sim
      • Publicação / Grupos Sim
    • Anunciar

Lulinha compra a maior Fazenda do mundo com 523 mil cabeças e 500 mil hectares

Agro Santa Bárbara, do banqueiro Daniel Dantas é “a maior criadora de bovinos do mundo”, mantendo 523 mil cabeças em 500 mil hectares de pastos distribuídos em 15 dos 143 municípios paraenses. No ano passado esse rebanho rendeu um abate de 110 mil bois.



Além disso, a empresa planta cana em áreas degradadas, maneja matas, nativas produz energia verde, faz reflorestamento e organiza loteamentos imobiliários


Fazenda Santa Bárbara? Peraí! Qual é mesmo o nome do sítio que o Lula usa mas diz que não é dele? Sítio Santa bárbara! Coincidência....só pode ser. Coincidência com o nome do sítio. 70 mil alqueires santa Barbara no Xingu, Marabá Cedro mais 90 mil alqueires, São Roberto 35 mil alqueires, Vale do sereno, 27 mil alqueires, Matão 15 mil alqueires. 




E o povo ocupando a mídia com um triplex

'Lulinha', filho do presidente Luiz Inácio Lula da Silva é sempre visto no sul do Pará como um dos grandes investidores na região. Lulinha seria parceiro de Dantas. O filho de Lula, justiça seja feita, nem faz questão de manter o anonimato. Quem já o viu por Xinguara, Redenção e Marabá diz que o rapaz é frequentador assíduo do Pará. Não para conhecer delícias como açaí, o tacacá ou o suco de bacuri, mas para fazer negócios. Lulinha transita com desenvoltura por feiras agropecuárias e leilões de gado e sempre é visto circulando de helicóptero pelas fazendas da região.



Daniel Dantas

Se Lulinha é mesmo parceiro de Dantas, de papel passado, ninguém ainda provou isso. Mas até mesmo o ex-presidente Lula já visitou as fazendas do Pará acompanhado de Lulinha e dona Marisa. Vai ver tudo não passa de invenção do povo daquela região. Afinal isso deve ser apenas de "amigos do Lula".


Policia Federal chegando com mais de 15 camionetes em Primavera do Leste (MT), pela Avenida Cuiabá, para operação que veio rastrear as Fazendas que Dilma e Lula compraram na região. O cartório da cidade foi aberto ainda de madrugada para investigação. O corretor que vendeu as Fazendas teria ido embora da cidade ao saber da operação e ainda não foi localizado. Inscreva-se no  Canal e receba novas informações.

Esses ai na foto não são o Lula, Lulinha e dona Marisa e também não sou eu que estou escrevendo essa matéria!

A Fazenda  em São Paulo

Circulou na internet a seguinte informação Novo Mega Campeão do Brasil de enriquecimento súbito é o proprietário da Fazenda Fortaleza comprada e certificada em Cartório de Registro de Imóveis .



Proprietário: Fábio Luis Lula da Silva
Propriedade: Fazenda na região de Valparaíso/SP
Preço: 47 milhões de reais

Pois é, o Lulinha, o filho do Presidente Lula, que há 05 anos era subempregado do Zoológico em São Paulo, agora acabou de comprar a fazenda Fortaleza (de porteira fechada) localizada às margens da rodovia Marechal Rondon, município de Valparaíso-SP, de propriedade do Sr. José Carlos Prata Cunha, um dos maiores produtores de boi Nelore do Brasil, pela simples bagatela de R$ 47.000.000,00 (quarenta e sete milhões de reais).



O impressionante nesta trajetória de sucesso e rara inteligência é que de um salário de R$ 1.500,00 passou a proprietário, de uma vez só, de um patrimônio de 47 Milhões. O que levaria 2.612 anos.

Veja só que competência, logo depois de comprar, levou essa fazenda a ser a primeira a receber o Certificado de Exportação de carne para Europa.

Mas não fica só nisso a competência deste EMPREENDEDOR de sucesso.

No Pará nas regiões de Redenção , Marabá e Carajás, ELE comprou de Benedito Mutran Filho, herdeiro do conhecido Bené Mutran (homen forte da castanha) várias fazendas totalizando R$ 100.000.000,00 isso mesmo. Cem milhões de reais.

Sócios no negócio:
Duda Mendonça e Daniel Dantas.

Como Sempre o Blog foi checar as informações, em busca da verdade e encontramos essa reportagem da revista Dinheiro Rural 

José Carlos Prata

Circula na internet um e-mail que conta a história de uma fantástica operação em que o filho do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o "Lulinha", teria comprado a sua principal área, a Fazenda Fortaleza, por R$ 47 milhões. "Isso é tudo bobagem, nunca vendi minha fazenda e, na verdade, nem oferta cheguei a receber", esclarece Prata Cunha à DINHEIRO RURAL. "Tratamos isso como piada", reforça Leonardo Badra, sócio de Fábio Luís na empresa de jogos eletrônicos Gamecorp.

Mas de onde, então, nasceu essa curiosa história?

O VERDADEIRO DONO: José Carlos Prata Cunha, proprietário da Fazenda Fortaleza, diz que nunca recebeu uma oferta de compra pelas suas terras.

Para Fernanda Prata Cunha, filha de José Carlos, que acompanha de perto os problemas derivados do "boato rural", a confusão nasceu de uma sondagem imobiliária. "Realmente fomos procurados por um grupo que se disse representante do filho do presidente", explica. Mas, comenta a fazendeira, a notícia rapidamente caiu "na boca do povo", os e-mails começaram a circular e nunca houve, na prática, algo que se aproximasse de uma oferta de compra.

Fernanda Prata Cunha

A fazenda não foi vendida, porém, a dor de cabeça dura até hoje. "Tivemos de modificar a entrada da fazenda e proibir a entrada das pessoas", lamenta Fernanda. Segundo ela, a propriedade virou uma espécie de "ponto turístico" em Valparaíso. "As pessoas param para tirar foto e as brincadeiras por causa da suposta venda que não aconteceu são constantes", diz. De certa forma, ela se diverte. "Algumas pessoas na cidade nos olham meio estranho", brinca.



Mas os "causos" rurais do filho do presidente da República não se limitam às terras dos Prata Cunha. Ele também ganhou fama em outros Estados da Federação, como no Pará. Em outra mensagem, um pouco mais recente, circula a "revelação" de que Lulinha estaria prestes a se tornar um novo "rei do gado". Para tanto, ele teria comprado duas propriedades nas cidades de Marabá e Xinguara, ambas do mega pecuarista Benedito Mutran, dono de um dos maiores rebanhos comerciais do Brasil. O que ele diz a respeito? "Tudo bobagem, nunca houve essa operação", diz Mutran.

Em 2007, de fato, Mutran vendeu algumas de suas terras para a Fazenda Santa Bárbara, do empresário Carlos Rodemburg. As vendas aconteceram, só que o comprador era outro. E com verdades misturadas a meias-mentiras, a equipe de DINHEIRO RURAL, de passagem pela ExpoGrande, maior mostra pecuária de Mato Grosso do Sul, se deparou com o novo boato. Entre amigos, um pecuarista de nome Augusto Araújo Oliveira tentava se livrar das gozações dos amigos. O motivo? Uma suposta venda de bois para o filho do presidente. Indagado pela reportagem, ele disse, lacônico: "Não sei de nada, não sei de nada", desconversou, e foi embora. Verdade? Mentira? Não se sabe, mas com certeza vem aí um novo boato rural.

Aprovada a fabricação e distribuição da Fosfoetanolamina na Câmara

O Programa do Ratinho desta quarta-feira, 9 de março, foi mais do que especial. Entre alegrias e emoções, o apresentador não conteve as lágrimas ao falar do tratamento da Fosfoetanolamina, projeto que foi aprovado nessa terça-feira, 8 de março, pela Câmara dos Deputados, que visa a fabricação, distribuição e uso da “pílula do câncer”.




Programa do Ratinho (09/03/16) - Fosfo: Ratinho não segura a emoção e chora

No palco, Ratinho recebeu pacientes com câncer e, entre eles, a pequena Naiara, que já tinha feito o tratamento a base de Fosfo. Após a exibição do vídeo, no qual a menina pedia que liberassem a “pílula”, o apresentador não conteve as lágrimas e chorou novamente em seu programa. Veja:



Programa do Ratinho (09/03/16) - Menina com câncer ganha fosfo


Nayara ganha Fosfo

Mais uma vez a emoção tomou conta do programa. Vítima de câncer, Olavo vinha combatendo a doença há anos, mas infelizmente veio a falecer no dia que chegaram os seus medicamentos. Com a repercussão da história de Naiara, a família de Olavo decidiu doar as Fosfo que ele havia recebido para dar início ao tratamento da menina.


Programa do Ratinho (09/03/16) -  Ivo Cassol e Jair Bolsonaro falam com Ratinho sobre fosfo

Ratinho ainda aproveitou para falar ao vivo com o Deputado Jair Bolsonaro, que apoiou esta causa desde o início. O apresentador agradeceu pela iniciativa e por ele ter cumprido a promessa que o projeto sobre a Fosfoetanolamina iria ser votado essa semana.


FOSFOETANOLAMINA: A CURA BRASILEIRA PARA PACIENTES COM CÂNCER


Infelizmente existem pessoas e empresas que estão fabricando Fosfoetanolamina de forma ilegal, usando outras substâncias para lucrar com a venda deste medicamento, mas que no fim acaba destruindo o sonho de recuperação de muitas famílias. Em razão disso, Ratinho recebeu o pesquisador e especialista em Fosfo, o Dr. Marcio, da Universidade de São Caetano do Sul, para mostrar a diferença entre a “pílula do câncer” verdadeira e a falsa.


Programa do Ratinho (09/03/16) - Diferença entre fosfo verdadeira e fosfo falsa


Desabafo do apresentador

Relembre o momento em que Ratinho desabafou sobre o tratamento da Fosfoetanolamina e emocionou a todos com suas palavras.



Programa do Ratinho (24/02/16) - Ratinho desabafa sobre câncer e chora


By Studio's MH

Câmara diz sim ao impeachment de Dilma, pedido vai agora ao Senado

O pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) acaba de obter a quantidade mínima necessária de votos para sua aprovação. A aprovação, contudo, não afasta Dilma imediatamente da Presidência da República. Isso só pode ocorrer após a análise do Senado. Para ser aprovado na Câmara, o processo dependia do voto de no mínimo 342 dos 513 deputados, ou dois terços do total.

Na história política brasileira, é a segunda vez que o processo de impedimento de um presidente da República recebe o aval da Câmara dos Deputados. A primeira foi em 29 de setembro de 1992, quando o então presidente Fernando Collor de Mello, do PRN, teve seu pedido de afastamento acolhido com o voto de 441 deputados (outros 38 votaram contra, um se absteve e 23 não compareceram à sessão).




A sessão deste domingo (17) começou com confusão os parlamentares contra o impeachment reclamaram ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que havia colegas se manifestando a favor do impedimento atrás da mesa da Casa. Houve gritaria e empurra-empurra. Após as orientações de voto das lideranças dos partidos, a votação começou por volta das 17h45.



O primeiro deputado a votar foi Washington Reis (PMDB-RJ), que estava de cadeira de rodas e, por questões de saúde, passou na frente da bancada do Estado de Roraima.  Ele votou sim, pelo impeachment.

Próximos passos

O Senado deve começar ainda neste mês a apreciar a denúncia apresentada contra Dilma. Em linhas gerais, os senadores votarão primeiro para dizer se concordam ou não com a instauração do processo. Para avançar, o impeachment precisará do voto da maioria, isto é, de pelo menos 41 dos 81 senadores.



Se o processo for de fato aberto, a presidente se afastará do cargo por um período de seis meses (180 dias). Terá início, então, a discussão e análise da denúncia, com apresentações da acusação e da defesa, sob o comando do presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Ricardo Lewandowski.



Esse processo culminará com o julgamento final dos senadores, em votação nominal e aberta no plenário: Dilma será afastada definitivamente da Presidência da República se dois terços do Senado (54 dos 81 senadores) julgarem que ela cometeu crime. Nesse caso, o vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), assume, com a missão de cumprir o mandato restante até o fim, no dia 31 de dezembro de 2018.

Oferta de cargos e abandono da base

Desde que o processo de impeachment foi aceito pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o governo iniciou uma corrida contra o tempo em busca de negociar com os partidos da base aliada, prometendo cargos e outros benefícios políticos em troca do apoio na votação. Num processo chamado de "repactuação" pela base do governo e de "balcão de negócios" pela oposição, as mudanças no segundo escalão do governo em busca de votos para brecar o impeachment envolveram a negociação de cargos que poderiam movimentar até R$ 38 bilhões em recursos do Orçamento deste ano. Este processo se acelerou após rompimento oficial do PMDB com Dilma no final de março e às vésperas da votação do afastamento da petista pelo plenário da Câmara.


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva improvisou um "gabinete de crise" no hotel onde se hospedava em Brasília. Segundo relatos de pessoas que participaram das conversas na suíte, Lula recebeu ministros e dirigentes de partidos, além de deputados e senadores da base de sustentação do governo no Congresso. As negociações não evitaram, no entanto, o "efeito manada" que levou PP, PRB, PSD e PTB a seguirem o PMDB no desembarque da base governista. Em meio a essas negociações, especulações e levantamentos sobre a quantidade de votos de cada lado mudavam todo dia.


Às vésperas do final de semana decisivo para o processo na Câmara, um  pronunciamento que Temer faria à nação após a aprovação do pedido vazou. No áudio de 15 minutos, ele disse que, "aconteça o que acontecer", é preciso se construir um governo de "salvação nacional" e alertou que haverá "sacrifícios" para retomar o crescimento. O vice-presidente afirma que o vazamento foi acidental, e Dilma disse em discurso que Temer é o "chefe conspirador" contra o governo, e Eduardo Cunha é o "vice-chefe".

Os últimos dias que antecederam a votação foram marcados ainda por um guerra dos placares entre governo e oposição, na qual cada grupo divulgava haver conquistado votos suficientes para conquistar a vitória na votação, e o resultado se tornou imprevisível.

Acusação e defesa

Dilma é acusada de cometer crime de responsabilidade, previsto na Lei do Impeachment (lei 1.079/1950), ao autorizar supostas manobras contábeis chamadas de pedaladas fiscais. Elas se caracterizam pela prática do Tesouro Nacional de atrasar intencionalmente o repasse de dinheiro para bancos (públicos e privados) e autarquias (por exemplo, o INSS) a fim de melhorar artificialmente as contas federais.


Segundo os autores originais do pedido de impeachment da presidente, os juristas Hélio Bicudo, Miguel Reale Jr. e a advogada Janaina Paschoal, as "pedaladas fiscais" teriam sido praticadas em 2014 e reeditadas em 2015, já no segundo mandato de Dilma. Os juristas também apontam crime de responsabilidade da presidente na edição de seis decretos autorizando despesas extras num total de cerca de R$ 2,5 bilhões, em 27 de julho e 20 de agosto de 2015, sem a autorização devida do Congresso Nacional.

A defesa da presidente, apresentada pelo advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, nega a existência de crime de responsabilidade e, por isso, diz que o pedido de impeachment é golpe. Segundo a defesa, o atraso no repasse de dinheiro a bancos, por exemplo, é prática comum em todas as esferas do Poder Executivo e não é grave a ponto de interromper o mandato de um presidente eleito democraticamente. O governo argumenta também que as contas relativas a 2015 ainda não foram nem sequer avaliadas pelos órgãos de controle e, portanto, não pode haver crime antecipado.

Trâmites do processo

O pedido de impeachment que tramita no Congresso, baseado na denúncia de que "houve uma maquiagem deliberadamente orientada a passar para a nação (e também aos investidores internacionais) a sensação de que o Brasil estaria economicamente saudável", como escrevem seus autores, foi acolhido pelo presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), no dia 2 de dezembro do ano passado. Foi recebido pelo governo como ato de revanche de Cunha, em reação à abertura de processo de cassação do mandato do deputado no Conselho de Ética da Câmara. O peemedebista nega e diz que o governo recorreu a esse discurso como "desculpa para se safar, ir contra o que a maioria da população deseja".

O rito do impeachment (norma que a tramitação deve obrigatoriamente seguir no Congresso) foi motivo de embate entre Poderes da República, Legislativo e Judiciário, com a decisão final do STF de intervir e cancelar o caminho inicialmente prescrito por Eduardo Cunha na Câmara.

A denúncia contra Dilma chegou neste domingo ao plenário da Câmara após obedecer às etapas determinadas pelo STF e ser aprovada pela comissão especial que analisou a matéria, por 38 votos a favor e 27 contra, na última segunda-feira (11).

Do UOL, em Brasília 
Maryanna Oliveira / Câmara dos Deputados

Conheça os Pré Candidatos e vote na enquete para Prefeito de Cacoal

As Eleições 2016 em Cacoal acontecerão no domingo dia 2 de outubro de 2016 e vai eleger o novo prefeito da cidade (ou reeleger). Além da Eleição para prefeito, também teremos as eleições para vereadores. 



O Cacoal NEWS​ começa a publicar notícias recentes sobre as eleições municipais de 2016, e você já pode participar da enquete sobre quem deve ser prefeito de em Cacoal (RO) para os próximos 4 anos. Que tal aproveitar para incentivar uma pessoa que poderia ser um bom candidato e contribuir com a cidade ou mesmo para valorizar alguém que já demonstrou ter feito um bom trabalho ou dar uma oportunidade para novos nomes? Assim quem saiba a gente possa limpar a política imunda que se instalou na Prefeitura de Cacoal.




Tenha em conta de que não se trata de pesquisa eleitoral, prevista no art. 33 da Lei nº 9.504/97, e sim de mero levantamento de opiniões, sem controle de amostra, o qual não utiliza método científico para a sua realização, dependendo, apenas, da participação espontânea do interessado. Há um registro de acessos por endereço de IP para evitar repetições. 

Atenção Candidato: Se você desejar acompanhar os resultados em tempo real, participe da enquete e deixe seu e-mail na caixa de sugestões logo abaixo da enquete. Assim você será avisado automaticamente por e-mail, sobre cada voto destinado a essa enquete, lembrando que esta é apenas uma pesquisa,, sem critério científico conforme explicado acima).


Você que mora em Cacoal-RO, deve escolher bem tanto o seu candidato a prefeito nas Eleições 2016 como também o seu candidato a vereador, pois eles que serão os responsáveis por governar a cidade nos próximos quatro anos, portanto você deverá avaliar bem as propostas de cada candidato nessas Eleições 2016 e escolher o que tiver as melhores propostas para sua cidade.



São Paulo anuncia laboratório que produzirá pílula da cura do câncer

Depois de produzido, o medicamento será encapsulado pelo laboratório farmacêutico oficial do governo do estado de São Paulo (Furp) e, em seguida, será iniciada a fase de testes em pacientes. Segundo o governador, haverá investimento de cerca de R$ 5 milhões na pesquisa. O protocolo ainda precisa de aprovação final da Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep), do Conselho Nacional de Saúde (CNS).


O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, anunciou hoje (5), por meio de nota, que o Laboratório PDT Pharma, de Cravinhos, será o responsável pela sintetização da substância fosfoetanolamina para testes no tratamento do câncer. A substância será analisada no tratamento da doença em até mil voluntários.




O protocolo de pesquisa clínica deve avaliar a segurança e a possível eficácia da substância no tratamento de pacientes com câncer em estágios avançados. O projeto de pesquisa para testar a fosfoetanolamina sintética será realizado pelo Instituto do Câncer (Icesp).


Fosfoetanolamina: a verdade sobre a suposta cura do câncer


Na primeira fase, o estudo prevê que serão avaliados dez pacientes para determinar a segurança da dose utilizada na comunidade. Se a droga não apresentar efeitos colaterais graves, a pesquisa continua.



No estágio um, está prevista a inclusão de mais 21 pacientes para cada um dos dez grupos (tipos) de tumor: cabeça e pescoço, pulmão, mama, cólon e reto (intestino), colo uterino, próstata, melanoma, pâncreas, estômago e fígado. Se observados sinais de atividade da substância nessa fase, o estágio dois começará com mais 20 participantes em cada grupo.

Comprovada a atividade relevante da droga, haverá inclusão de novos pacientes até atingir o máximo de mil pessoas. Conforme o governo, a Universidade de São Paulo (USP) cedeu ao Estado o direito à pesquisa e produção da substância para utilização nos testes. A síntese do elemento químico é estudada há 20 anos pelo pesquisador aposentado Gilberto Chierice.

Agência Brasil

fosfoetanolamina onde encontrar, fosfoetanolamina pomerode, fosfoetanolamina cura cancer, fosfoetanolamina gilberto orivaldo chierice, fosfoetanolamina dr. gilberto, fosfoetanolamina usp, fosfoetanolamina cancer, fosfoetanolamina sintética, cura do cancer super interessante, cura do cancer 2015, cura do cancer com graviola, cura do cancer bicarbonato, cura do cancer com babosa, cura do limão, cura do cancer de mama, cura do cancer usp, pilula anticoncepcional causa cancer, pilula anticoncepcional causa cancer de mama, fosfoetanolamina cancer, gilberto orivaldo chierice tratamento de cancer, cura do câncer, cura do cancer usp, fosfoamina cancer, fosfoetanolamina cura cancer, fosfoetanolamina cancer, fosfoetanolamina cura cancer, fosfoetanolamina usp, cura do cancer usp sao carlos, phosphoethanolamine cancer, gilberto orivaldo chierice, fosfoamina.

Médica rondoniense de 25 anos morre após queda de moto no interior de São Paulo

De acordo com uma amiga de Jakelline, ela estava na garupa de uma moto, quando o condutor perdeu o controle do veículo numa curva. Na queda, a jovem teria fraturado e pescoço e sofrido morte imediata. O piloto ficou ferido, mas sobreviveu ao acidente.

Morreu neste domingo (1º), aos 25 anos, após um acidente de moto na cidade de José Bonifácio, no interior de São Paulo, a médica vilhenense Jackelline Paiva. Formada pela Universidad Cristiana de Bolivia (Ucebol), da cidade de Santa Cruz de La Sierra, a jovem estava cumprindo internato e preparando-se para o exercício profissional.


Nas redes sociais, amigos da garota postaram homenagens a ela, e em grupos de WhatsApp, fotos da moto após a tragédia foram compartilhadas. Os pais de Jakelline (ele, policiai militar e ela, enfermeira) moram em Vilhena, mas grande parte da família reside em Cerejeiras, onde deverá acontecer o velório.


Fonte: Folha do Sul Online

Candidata a Miss Rondônia 2016 de Ji-Paraná tem coroa retirada da cabeça

Porto Velho/RO – O sonho de ser Miss ou Mister e representar um estado foi abafado pelo tumulto que aconteceu assim que foi revelada a vencedora do concurso que aconteceu no sábado, 23, em Cacoal.

O evento organizado pela Agência Felicittá, com sede em Rolim de Moura, teve muitos atropelos e confusões durante o cerimonial, mas a maior confusão se formou quando foi anunciada a vencedora do Miss Rondônia Mundo Oficial 2016. Ao mesmo exemplo do ocorrido no Miss Universo 2015, em Las Vegas, quando o apresentador trocou o nome da vencedora, em Cacoal a representante de Ji-Paraná, Letícia Cappatto, chegou a ser coroada e ovacionada pela torcida. No mesmo instante, a responsável pelo evento e proprietária da agência Felicittá, Gleice Leite, entrou no palco e retirou a coroa e após isso a organização passou para a representante de Cacoal, Karliany Barbosa.

missrondonia1

Após este embaraçoso momento alguns participantes do evento se dirigiram a Gleice que se trancou no camarim. Uma das competidoras do concurso alegou que o resultado seria uma suposta fraude. Jorcelaine Nunes, 21 anos, alegou que por volta das 19h05 na rede social Whatsapp algumas pessoas já sabiam quem seria a vencedora, e ainda mostrou um print de tela com o relato de uma pessoa que teve acesso a informação de forma antecipada. “O primeiro desfile da Miss Rondônia Mundo Oficial 2016 aconteceu às 23h00, mas as 19h05 recebi esta informação de que já se tinha uma vencedora e ainda este print de tela”, afirmou Jorcelaine. Veja o vídeo no momento da confusão abaixo.


A confusão da organização do evento levantou muitos protestos e apoio as candidatas nas redes sociais. Um dos jurados que avaliaram todos os candidatos expressou sua opinião sobre os fatos. Ezequiel Pereira, apresentador de TV em Cacoal, deixou um desabafo nas redes sociais. De acordo com seu relato ele estranha não haver uma auditoria sobre os votos.

Valores: 

De acordo com a competidora Jorcelaine Nunes, os valores cobrados para a participação é um ponto considerável. O valor pago por cada participante é de R$1.500,00 a título de inscrição no concurso. “Ainda nos foi cobrado o valor de R$300,00 para pagar a maquiagem e cabelereiro indicados pela agência. Me neguei a pagar pois tinha os meus e achei este valor muito absurdo por uma maquiagem e cabelo de pessoas que nem conhecíamos o trabalho antes. A Gleice nos disse que seriamos maquiadas e nosso cabelo seria feito no local do evento e que este valor iria garantir isso. As meninas acabaram tendo de conseguir carona para ir até a cidade pois a cabelereira só podia atender na cidade e tudo isso foi muito corrido”, afirmou Jorcelaine.

Outro ponto é a obrigação que as candidatas têm em vender mesas/ingressos para o evento. “Cada uma tinha que vender quatro mesas no mínimo no valor de R$150,00 cada. Mas como a torcida valia muito como critério de desempate nos dedicamos muito para vender. Eu vendi 10 mesas, o que totalizou R$1.500,00, ou seja, tive de pagar R$3.000,00 para participar fora a maquiagem e cabelo”, afirmou a candidata e apresentou o comprovante de pagamento da inscrição no dia 18/04. “O valor das mesas eu paguei em mãos da Gleice”, disse a candidata. Sobre este fato a Felicittá emitiu uma nota nas redes sociais.

Nota Oficial

Comunicamos a todos os nossos clientes da AGÊNCIA FELICCITÁ, que informações infundadas estão sendo publicadas na internet referentes a nossa organização. A Empresa obteve essas informações no final da tarde deste domingo (24.04.16) e após o conhecimento reuniu sua equipe de analistas para verificar o que estava ocorrendo.

Informamos ainda que todas as medidas judiciais cabíveis estão sendo tomadas, inclusive o acionamento da Polícia Judiciaria, por se tratar de crime envolvendo menores de idade.
Estamos verificando ainda, mas há a possibilidade de estas informações terem sido originadas por pessoas maliciosas, que buscam a todo momento denigrir a imagem desta empresa, construída ao longo de 06 anos, onde trabalhamos mediante a mais absoluta transparência com os nossos clientes.

Lamentamos o fato de existirem profissionais antiéticos e com má índole, que necessitam difamar seus concorrentes para tentar se colocar no mercado. Essa não é uma postura que contribui para o bom desenvolvimento do país. Informamos que nosso departamento jurídico já está reunindo provas para tomar as medidas judiciais cabíveis.
Tranquilizamos os clientes, familiares, apoiadores da empresa FELICCITÁ e demais categorias.
Para maiores informações entre em contato com nossa equipe, que estará prontamente disponível para lhes atender.

Assessoria de Comunicação
Agência Angélica Felicittá

Vídeo - Concurso Miss Rondônia 2016 em Cacoal termina em Barraco

Porto Velho/RO – O sonho de ser Miss ou Mister e representar um estado foi abafado pelo tumulto que aconteceu assim que foi revelada a vencedora do concurso que aconteceu no sábado, 23, em Cacoal.

O evento organizado pela Agência Felicittá, com sede em Rolim de Moura, teve muitos atropelos e confusões durante o cerimonial, mas a maior confusão se formou quando foi anunciada a vencedora do Miss Rondônia Mundo Oficial 2016. Ao mesmo exemplo do ocorrido no Miss Universo 2015, em Las Vegas, quando o apresentador trocou o nome da vencedora, em Cacoal a representante de Ji-Paraná, Letícia Cappatto, chegou a ser coroada e ovacionada pela torcida. No mesmo instante, a responsável pelo evento e proprietária da agência Felicittá, Gleice Leite, entrou no palco e retirou a coroa e após isso a organização passou para a representante de Cacoal, Karliany Barbosa.

missrondonia1

Após este embaraçoso momento alguns participantes do evento se dirigiram a Gleice que se trancou no camarim. Uma das competidoras do concurso alegou que o resultado seria uma suposta fraude. Jorcelaine Nunes, 21 anos, alegou que por volta das 19h05 na rede social Whatsapp algumas pessoas já sabiam quem seria a vencedora, e ainda mostrou um print de tela com o relato de uma pessoa que teve acesso a informação de forma antecipada. “O primeiro desfile da Miss Rondônia Mundo Oficial 2016 aconteceu às 23h00, mas as 19h05 recebi esta informação de que já se tinha uma vencedora e ainda este print de tela”, afirmou Jorcelaine. Veja o vídeo no momento da confusão abaixo.


A confusão da organização do evento levantou muitos protestos e apoio as candidatas nas redes sociais. Um dos jurados que avaliaram todos os candidatos expressou sua opinião sobre os fatos. Ezequiel Pereira, apresentador de TV em Cacoal, deixou um desabafo nas redes sociais. De acordo com seu relato ele estranha não haver uma auditoria sobre os votos.

Valores: 

De acordo com a competidora Jorcelaine Nunes, os valores cobrados para a participação é um ponto considerável. O valor pago por cada participante é de R$1.500,00 a título de inscrição no concurso. “Ainda nos foi cobrado o valor de R$300,00 para pagar a maquiagem e cabelereiro indicados pela agência. Me neguei a pagar pois tinha os meus e achei este valor muito absurdo por uma maquiagem e cabelo de pessoas que nem conhecíamos o trabalho antes. A Gleice nos disse que seriamos maquiadas e nosso cabelo seria feito no local do evento e que este valor iria garantir isso. As meninas acabaram tendo de conseguir carona para ir até a cidade pois a cabelereira só podia atender na cidade e tudo isso foi muito corrido”, afirmou Jorcelaine.

Outro ponto é a obrigação que as candidatas têm em vender mesas/ingressos para o evento. “Cada uma tinha que vender quatro mesas no mínimo no valor de R$150,00 cada. Mas como a torcida valia muito como critério de desempate nos dedicamos muito para vender. Eu vendi 10 mesas, o que totalizou R$1.500,00, ou seja, tive de pagar R$3.000,00 para participar fora a maquiagem e cabelo”, afirmou a candidata e apresentou o comprovante de pagamento da inscrição no dia 18/04. “O valor das mesas eu paguei em mãos da Gleice”, disse a candidata. Sobre este fato a Felicittá emitiu uma nota nas redes sociais.

Nota Oficial

Comunicamos a todos os nossos clientes da AGÊNCIA FELICCITÁ, que informações infundadas estão sendo publicadas na internet referentes a nossa organização. A Empresa obteve essas informações no final da tarde deste domingo (24.04.16) e após o conhecimento reuniu sua equipe de analistas para verificar o que estava ocorrendo.

Informamos ainda que todas as medidas judiciais cabíveis estão sendo tomadas, inclusive o acionamento da Polícia Judiciaria, por se tratar de crime envolvendo menores de idade.
Estamos verificando ainda, mas há a possibilidade de estas informações terem sido originadas por pessoas maliciosas, que buscam a todo momento denigrir a imagem desta empresa, construída ao longo de 06 anos, onde trabalhamos mediante a mais absoluta transparência com os nossos clientes.

Lamentamos o fato de existirem profissionais antiéticos e com má índole, que necessitam difamar seus concorrentes para tentar se colocar no mercado. Essa não é uma postura que contribui para o bom desenvolvimento do país. Informamos que nosso departamento jurídico já está reunindo provas para tomar as medidas judiciais cabíveis.
Tranquilizamos os clientes, familiares, apoiadores da empresa FELICCITÁ e demais categorias.
Para maiores informações entre em contato com nossa equipe, que estará prontamente disponível para lhes atender.

Assessoria de Comunicação
Agência Angélica Felicittá

Pastor suspeito de ter matado taxista em Cacoal é preso pelo DHPP

Uma operação realizada entre a Polícia Civil de Cacoal, e o Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) de São Paulo (SP), resultou na prisão do pastor e funcionário público Cláudio Severino da Silva, também conhecido como Cal.

O homem estava foragido desde o mês de janeiro deste ano, acusado de ter envolvimento no assassinato de um taxista de 69 anos cometido no dia 5 de janeiro, na área rural do município. A prisão foi realizada no dia 19 de abril, às 22h30, em uma cidade do interior de São Paulo.

Cláudio Severino da Silva, conhecido como Cal, está sendo procurado pelo assassinato do taxista. (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Arismar Araújo, por enquanto a prisão é temporária e a polícia terá o prazo de 30 dias para concluir o inquérito.  “O mandado de prisão contra ele é temporária. As investigações procedem e ao final do inquérito pretendemos pedir a prisão preventiva, dado a gravidade do crime e pelo ânimo do suspeito de ter foragido da justiça”, garantiu o delegado.

O funcionário público aguarda a conclusão do inquérito preso no mini presídio de Cacoal. O suspeito nega a autoria ou participação no crime e a polícia continua trabalhando no caso para tentar descobrir os motivos do assassinato do taxista.

Entenda o caso

Cláudio Severino da Silva é suspeito de ter se envolvido no assassinato de um taxista, cometido no dia 5 de janeiro. O homem foi morto com dois tiros de arma de fogo na cabeça, ainda dentro do carro onde trabalhava e apesar de estar com uma quantia razoável de dinheiro no veículo, os autores do crime levaram apenas a chave que estava na ignição.


O suspeito que estava foragido trabalhava como motorista da prefeitura do município deMinistro Andreazza e era pastor de uma igreja evangélica.

O delegado contou que o pastor atraiu o taxista através de uma ligação de orelhão, pedindo para que fizesse uma ‘corrida’ com ele. Quando já estavam distantes da cidade, o suspeito possivelmente executou o crime ainda dentro do veículo, sentando no banco do passageiro.


A polícia chegou ao suspeito, através de imagens de uma câmera de segurança da mercearia onde Cal comprou o cartão de orelhão para ligar para o taxista, após uma busca e apreensão realizada em sua residência a camiseta foi encontrada.


O suspeito chegou a prestar depoimento à polícia e negou seu envolvimento no assassinato, apresentando um álibi que, após ser verificado pela polícia não foi confirmado. No dia seguinte ao depoimento a justiça decretou um mandado de prisão contra Cláudio, mas quando os policiais foram executar descobriram que o homem havia fugido com a família e toda a mudança da casa, durante a madrugada.

Fonte: Rondo Cristão

Acidente grave mata duas pessoas incluindo criança de 8 anos próximo a Cacoal

Veículo era ocupado por sete pessoas, entre elas uma criança de oito anos. Uma das vítimas disse que passaram a noite ingerindo bebidas alcoólicas.

Um homem de 46 anos e uma mulher de idade ainda não revelada morreram neste domingo (24), após o carro em que eles estavam capotar em uma curva da RO-471, que dá acesso a Ministro Andreazza (RO), distante cerca de 20 quilômetros do perímetro urbano de Cacoal, Zona da Mata de Rondônia. Conforme o Corpo de Bombeiros, o veículo era ocupado por sete pessoas, entre elas uma criança de oito anos, que teve apenas ferimentos leves. Um homem foi socorrido com suspeita de lesão na coluna, pois não estava sentido os movimentos das pernas. A demais vítimas tiveram ferimentos leves e foram encaminhadas para o Pronto Socorro.


Conforme o bombeiro Wendeson Costa, que trabalhou na ocorrência, o homem morreu no local. Já a mulher morreu ao dar entrada no Hospital Regional de Urgência e Emergência (Heuro). "Ela estava consciente e conversando durante o trajeto até o hospital. Acredito que ela tenha sofrido uma hemorragia interna", explica.  Ainda de acordo com o bombeiro, as demais vítimas tiveram apenas ferimentos leves, mas foram todas encaminhadas para o pronto socorro, onde ficaram sob cuidados médicos.


Segundo o policial militar Josias Dias, o carro que era ocupado por três homens, três mulheres e uma menina de oito anos, ficou completamente destruído após o acidente. "Quando chegamos ao local, as vitimas já estavam sendo socorridas pelos bombeiros, por isso não conseguimos fazer a identificação de todas elas, tendo em vista que não portavam documentos", revela.


Dias disse também que uma das vitimas revelou que eles retornavam de Ministro Andreazza, onde passaram a noite em uma festa, ingerindo bebidas alcoólicas. A perícia técnica esteve no local e realizou os trabalhos de investigação, que apontaram que o excesso de velocidade pode ser uma das possíveis causas do acidente.


Rogério Aderbal
Do G1 Cacoal e Zona da Mata

Grave acidente em São Francisco, deixa cinco pessoas feridas

Um grave acidente na manhã deste domingo (24), envolvendo dois veículos que bateram lateralmente em frente ao laticínio km 108 da BR 429, deixou cinco pessoas feridas.

Segundo informações, o veículo Strada ao realizar um conversão a esquerda com intuito de adentrar ao pátio do laticínio, foi atingido por outro veículo modelo Polo que no momento do acidente trafegava sentido a cidade de Costa Marques.

SÃO FRANCISCO: Grave acidente na BR 429, envolvendo dois veículos deixa cinco pessoas feridas

No veículo Polo estava acoplado um barco. O acidente aconteceu por volta das 10h, e foi percebido que antes do impacto, o veículo Polo ainda tentou frear, causando uma frenagem de mais de 30 metros.

SÃO FRANCISCO: Grave acidente na BR 429, envolvendo dois veículos deixa cinco pessoas feridas

Quatro vítimas do veículo Polo ficaram gravemente feridas as quais foram identificadas por Agilmar Pasitto, Romário Bernardo da Silva, Rodrigo Bernardo da Silva e Maurício da Paes.


Ainda segundo informações, o condutor do veículo Strada Moisés da Silva também foi encaminhado ao hospital regional com lesões aparentes.

SÃO FRANCISCO: Grave acidente na BR 429, envolvendo dois veículos deixa cinco pessoas feridas

SÃO FRANCISCO: Grave acidente na BR 429, envolvendo dois veículos deixa cinco pessoas feridas
SÃO FRANCISCO: Grave acidente na BR 429, envolvendo dois veículos deixa cinco pessoas feridas
SÃO FRANCISCO: Grave acidente na BR 429, envolvendo dois veículos deixa cinco pessoas feridas

Fonte: Rota Comando

Motociclista para no capô de carro após acidente na BR 364

Um motociclista de idade não informada ficou ferido, após se envolver em um acidente de trânsito no cruzamento da BR-364 com a Linha 605, em Jaru (RO), município a 290 quilômetros de Porto Velho. De acordo com a Polícia Militar (PM), o condutor foi arremessado contra o para-brisa de um automóvel e a motocicleta foi lançada para baixo de um caminhão, ficando totalmente destruída.

Acidente ocorreu no sábado, 23, no cruzamento da rodovia com a Linha 605. Moto ficou totalmente destruída após ser lançada para baixo de caminhão.

Acidente em Jaru, RO (Foto: Jaru Online/Reprodução)

Conforme o boletim de ocorrência, o motorista do caminhão trafegava na rodovia BR-364, sentido Ariquemes, quando ao passar pelo cruzamento com a Linha 605, foi surpreendido pelo condutor da motocicleta que atravessou a pista. Porém, no sentido contrário da via o condutor do automóvel não conseguiu frear a tempo e ocasionou a colisão lateral com a moto.

Com a batida, o condutor da motocicleta foi arremessado contra o para-brisa do veículo. A motocicleta foi lançada para o outro lado da via, para baixo de um caminhão, o que a deixou totalmente destruída.

O Corpo de Bombeiros foi solicitado para prestar os primeiros socorros à vítima e constatou que o condutor sofreu algumas lesões nos braços e escoriações pelo corpo. Após ser socorrido, a vítima foi encaminhada ao Hospital Municipal de Jaru e passa bem. A PM de Rondônia e a Polícia Rodoviária Federal controlaram o trânsito no local até a chegada da perícia. O motorista do automóvel não sofreu ferimentos.

Do G1 Ariquemes e Vale do Jamari

 
Copyright © 2016. Cacoal NEWS - Todos os Direitos Reservados
Um Projeto: Du Pessoa© Web Sites e Marketing Digital (69) 9366 7066 WhatsApp* | www.dupessoa.com.br