Após 10 meses interditados teatros de Cacoal serão readequados

Enviar no WhatsApp
Obras custarão cerca de R$ 120 mil e devem ficar prontas em dezembro. Teatros foram interditados por falta de requisitos de segurança.

Depois de dez meses interditados, os teatros Municipal e Cacilda Becker, de Cacoal (RO), a 480 quilômetros de Porto Velho, vão começar a ser readequados. Os locais foram fechados em dezembro de 2013, porque, segundo o Corpo de Bombeiros, não atendiam os requisitos de segurança exigidos para lugares que reúnem grande público. A Fundação Cultural do município garante que as obras serão concluídas até dezembro deste ano. Os custos previstos são de R$ 120 mil.


De acordo com a presidente da Fundação Cultural, Sidarta Mechalczuk, há cinco meses, a prefeitura de Cacoal vem trabalhado na elaboração de um projeto de readequação dos espaços, que começou a ser executado agora no mês de outubro. Estão sendo construídos para os dois teatros uma caixa de reservatório de água de 15 mil litros; foram instalados alguns hidrantes e tubulação de água. A obra de readequação ainda contará com a abertura de mais duas portas de emergência, para totalizar quatro portas emergenciais, detectores de fumaça, sistema de alarme contra incêndio e sinalizadores.

O Teatro Municipal tem capacidade para 200 pessoas e o Cacilda Becker pode acolher até 700, ambos são de responsabilidade do município. Por isso, as despesas de cerca de R$ 120 mil para as obras de regularização dos prédios serão arcadas com recursos próprios do Executivo municipal. Após a conclusão das adequações, os bombeiros farão novamente uma vistoria nos teatros, para só então liberar o Atestado de Aprovação de Funcionamento.

Realocação dos eventos

Enquanto os teatros se mantêm interditados, houve uma redução nas atividades culturais no município. No entanto, de acordo com Sidarta, os eventos não deixaram de ser promovidos. “Os eventos culturais continuaram a ser realizados, pois tivemos o cuidado de remanejar para outros locais com capacidade para receber o público especifico para cada espetáculo”, garantiu a presidente da Fundação Cultural.


Magda Oliveira
Do G1 RO

    Opiniões
    Opiniões

0 Comentários:

Postar um comentário

Não aceitamos:

- Agressões e insultos contra autores, outros comentaristas e personagens citados nas colunas e matérias
- Declarações sexistas, xenófobas ou racistas
- Informações falsas
- Propaganda comercial
- Evite digitar em Maiúsculo

 
Copyright © 2016. Cacoal NEWS Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa© Web Sites (69) 9366 7066 WhatsApp | www.dupessoa.com.br