Bairro Jardim Santana inaugurou base militar com 40 policiais

Enviar no WhatsApp
Moradores do bairro Jardim Santana, em Porto Velho, e arredores já contam com um policiamento mais ostensivo na região.  Desde a última quinta-feira (16) a Base Comunitária da Policia Militar começou a atuar no bairro, oficialmente, após a inauguração do prédio, que contou com a presença do alto escalão das polícias civil e militar, entre outras autoridades e a população, que compareceu para prestigiar o evento.


A base está instalada na Avenida Raimundo Cantuária, na altura do número 10.245, no coração do bairro, um dos mais antigos da Zona Leste, região tida como uma das mais violentas da capital.

Para o secretário de Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec), Antonio Carlos dos Reis, a segurança é um item primordial naquela região, o que tem levado o governo do Estado a priorizar ações de segurança na área. Salientou ainda que o fato da Associação dos Moradores do bairro estar localizada ao lado da Base militar, é muito positivo, porque vai proporcionar uma ação de interatividade e de aproximação entre policiais e moradores. “Na verdade temos aqui um ponto de encontro da polícia com a sociedade”.

O coronel Fernando Prettz, comandante geral da PM, destacou a relevância da base como um ponto de apoio ao policiamento ostensivo. “A importância desta base é que ela poderá atender praticamente os mais de 30 bairros da Zona Leste, que hoje abriga mais de 270 mil moradores, proporcionando mais segurança no dia a dia da população”. Segundo ele, um dos pilares da PM é promover a aproximação entre polícia e comunidade e a Base do Jardim Santana possibilita a prática desta filosofia. “A presença da polícia nesta localidade é uma ação preventiva e cremos que o índice de violência sofrerá uma queda ainda maior a partir de agora”.

O presidente da Associação de Moradores, Irineu Cavalcante, disse que a Base é uma conquista da comunidade que lutou pela sua implantação. “Em todo esse tempo que temos ido a gabinetes apresentar a necessidade e a viabilidade da Base aqui no Jardim Santana sempre fomos ouvidos e o resultado podemos ver aqui hoje”, frisou.

A Base do Jardim Santana está subordina da ao 5º Batalhão, cujo comandante é o tenente coronel Alexandre Almeida. Com atuação anterior na área, ele destacou que a principal estratégia de trabalho será a aproximação da policia com a população. “Já observamos que isso dá resultado e vamos manter esta linha de ação”.  Segundo ele o policiamento será feito com viaturas e policiais nas ruas, atuando na abordagem preventiva e no combate ao crime. A Base está sendo comandada pelo tenente Jeferson da Rocha que conta com um efetivo de cerca de 40 policiais militares para cobrir em torno de 30 bairros.

A solenidade de inauguração, que teve a participação da Banda da PM, contou com a presença do Secretário Chefe da Casa Civil, Marco Antonio de Faria, que representou o Governador.  O secretário destacou que a presença da comunidade no local já na sua inauguração dá o tom de que haverá uma convivência pacífica entre a comunidade e a PM, em um entrosamento harmônico. “A população recorre ao poder público em busca de segurança e nós estamos aqui para proporcionar este direito à comunidade”, destacou.

O deputado Zequinha Araújo relatou resumidamente a história do bairro, que começou a surgir por volta de 1989, com as primeiras ocupações e se estabeleceu como bairro na década seguinte. “As pessoas aqui sempre lutaram muito pela melhoria dessa comunidade e hoje podemos considerar a implantação desta base  militar uma grande conquista”.

Moradores

Para os moradores a presença efetiva de policiamento é sinônimo de tranquilidade. Geralda Reis disse que mora no bairro há 20 anos e acredita que com a base o Jardim Santana vai ficar um pouco mais seguro.

Cristina Silva mora no bairro há três anos. Diariamente vai deixar e buscar os dois filhos na escola. Ela contou que felizmente nunca foi vítima de assalto ou qualquer outro tipo de violência, mas prefere prevenir, não deixando os filhos transitarem sozinhos nas ruas. Na sua opinião uma base com um bom efetivo e viaturas vai inibir a ação de marginais na área. “Pra nós a tranqüilidade é uma bênção e a presença da polícia também”.

José Pereira é uma pessoa conhecida no bairro, cadeirante, ele disse que mora no Jardim Santana praticamente  desde a sua criação. Segundo ele, a chegada da base demorou um pouco. “Há muito tempo nós precisávamos de um policiamento mais atuante aqui na nossa área, e felizmente o dia da implantação da base chegou”. Ele também diz que agora é esperar que os policiais consigam fazer um bom trabalho combatendo a criminalidade e ajudando a população.

A Escola Ulisses Guimarães reúne mais de 1.300 alunos. A diretora Regina Cláudia Ramos considera que é fundamental a instalação de uma base policial na área. Segundo ela, além da segurança, o policiamento vai proporcionar aos moradores e profissionais que trabalham no bairro outras melhorias.

 A escola é parceira da Polícia Militar no desenvolvimento de alguns projetos, que contam com a participação voluntária de PMs, que ministram aulas de karate e música, com o ensino de instrumentos como teclado, flauta doce e canto coral. Estas atividades têm contribuído para minimizar o índice de violência e motivar os alunos a permanecerem mais tempo na escola, que é de educação integral.

    Opiniões
    Opiniões

0 Comentários:

Postar um comentário

Não aceitamos:

- Agressões e insultos contra autores, outros comentaristas e personagens citados nas colunas e matérias
- Declarações sexistas, xenófobas ou racistas
- Informações falsas
- Propaganda comercial
- Evite digitar em Maiúsculo

 
Copyright © 2016. Cacoal NEWS Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa© Web Sites (69) 9366 7066 WhatsApp | www.dupessoa.com.br