90 mil jovens estão fora da sala de aula em Rondônia

Enviar no WhatsApp
Durante posse de diretores, Confúcio Moura falou sobre o tema 

Pesquisa recente revela: 60 mil alunos estão matriculados no Ensino Médio em Rondônia, entretanto, 90 mil jovens que deveriam estudar estão fora das salas de aula.


“A escola precisa atrair os alunos!”, desafiou o governador Confúcio Moura em Cacoal, a 500 quilômetros da Capital. Ele próprio mencionou essa pesquisa, durante cerimônia de posse de diretores e vice-diretores de escolas estaduais integrantes das Coordenadorias Regionais de Educação de Cacoal, Pimenta Bueno e Rolim de Moura.

“Nossos jovens têm achado mais interessante trabalhar, para poderem comprar um celular novo, um tênis, uma roupa, do que estudar para garantir um futuro melhor. Temos que fazê-los entender a importância da educação, atraí-los para dentro das salas de aula, afinal são eles o futuro de Rondônia e da nação”, apelou o governador.

Confúcio alinhou desafios a serem enfrentados. “A administração escolar tem todas as particularidades da gestão pública, porém, diretores não podem perder o foco: o aluno”. Para o governador, o desafio maior de uma escola é ensinar crianças e adolescentes que não queiram aprender. “Por isso, ela deve ser um ambiente agradável, onde o aluno sinta prazer de estar e, assim, render mais”.

Sair da clausura

A secretária estadual de Educação, Fátima Gavioli, apelou aos gestores escolares e coordenadores de ensino, no sentido de “guiarem a educação de dentro das escolas”. “Precisamos conhecer a realidade de cada escola e não ficar dentro de nossos gabinetes e salas”, advertiu.

Fátima Gavioli recomendou a diretores e professores que conheçam cada detalhe delas, mantenham-se próximos aos alunos e também dos funcionários, a fim de alcançarem êxito nessas parcerias. Em nome dos diretores e vice-diretores, o diretor da Escola Josino Brito (Cacoal), Evandro Joel, reforçou o compromisso assumido por todos.

“Ser professor está no sangue, no coração. E se estamos aqui é porque acreditamos na educação”, discursou Joel. “Gerir não é fácil, é preciso ter conhecimento da eficiência, da ética e da moralidade. É preciso tratar a todos com respeito, por isso preço que tenhamos três anos de gestão abençoados por Deus”, acrescentou.
    Opiniões
    Opiniões

0 Comentários:

Postar um comentário

Não aceitamos:

- Agressões e insultos contra autores, outros comentaristas e personagens citados nas colunas e matérias
- Declarações sexistas, xenófobas ou racistas
- Informações falsas
- Propaganda comercial
- Evite digitar em Maiúsculo

 
Copyright © 2016. Cacoal NEWS Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa© Web Sites (69) 9366 7066 WhatsApp | www.dupessoa.com.br