Defesa Civil remove mais famílias e prefeitura vai decretar estado de emergência na capital

Enviar no WhatsApp
O nível do rio madeira chegou aos 15,18 metros na zona urbana de Porto Velho, e vem subindo uma média de 30 cm a cada 24 horas. É hora de mostrar o que restou de lição.

Porto Velho - Rondônia - Equipes da Defesa Civil de Porto Velho, removeram mais três famílias de áreas já atingidas pela enchente do rio madeira. Duas famílias foram retiradas do bairro São Sebastião II e uma outra do bairro da Balsa.


Com essa remoção, sobe para quinze o número de famílias desalojadas pela enchente em Porto Velho, sendo que a maioria expulsa pela cheia está na região do Abunã, distante 230 km da capital rondoniense.

O nível do rio madeira chegou aos 15,18 metros na zona urbana de Porto Velho, e vem subindo uma média de 30 cm a cada 24 horas, o que fez a prefeitura agilizar o decreto de situação de emergência.

Na semana passada, por orientação da Defesa Civil, o prefeito Mauro Nazi (PSB), já havia decretado o estado de alerta e agora o município deve entrar no último estágio de socorro quando a situação é de enchente. O último é o estado de calamidade pública.

Enquanto centenas de famílias estão ameaçadas pela cheia, a prefeitura prepara dois ginásios para receber as próximas vítimas da alagação.

De acordo com o chefe de operação da Defesa Civil Municipal, Paulo Afonso da Silva, outras famílias dos bairros Nacional e São Sebastião devem ser removidas de casa para um abrigo público ainda esta semana.

Fonte: Rondonoticias
    Opiniões
    Opiniões

0 Comentários:

Postar um comentário

Não aceitamos:

- Agressões e insultos contra autores, outros comentaristas e personagens citados nas colunas e matérias
- Declarações sexistas, xenófobas ou racistas
- Informações falsas
- Propaganda comercial
- Evite digitar em Maiúsculo

 
Copyright © 2016. Cacoal NEWS Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa© Web Sites (69) 9366 7066 WhatsApp | www.dupessoa.com.br