Mulher morre atropelada ao atravessar BR 364, em Ji-Paraná

Enviar no WhatsApp
O trânsito, cada vez mais violento de Ji-Paraná, fez mais uma vítima no final da manhã desta terça-feira, dia 24. Uma funcionária do Supermercado Jeedá, identificada como Sueli Pereira Nascimento, morreu atropelada ao atravessar a Avenida Transcontinental (BR 364), próximo ao cruzamento da Rua Seis de Maio, no 1º Distrito.


De acordo com testemunhas, a vítima atravessa uma das pistas quando foi atropelada por um motociclista. Depois do choque, acabou caindo debaixo de uma carreta bi-trem que passava naquele momento. O motorista da carreta não percebeu que havia atropelado a jovem e só ficou sabendo quando foi parado por uma viatura da PM, já na cabeceira da ponte do Rio Machado, no 2º Distrito.


O motociclista também caiu da moto e sofreu apenas algumas escoriações pelo corpo. O gerente do supermercado em que Sueli trabalhava, se emocionou ao ver aquela cena e falou que ela era uma funcionária dedicada e muito querida por todos. Ela estava saindo para almoçar. O marido de Sueli estava do outro lado da pista, aguardando ela atravessar e presenciou toda a tragédia.


A Polícia Militar controlou o tráfego até a chegada da PRF e Perícia Técnica.


Via: Comando 190

    Opiniões
    Opiniões

0 Comentários:

Postar um comentário

Não aceitamos:

- Agressões e insultos contra autores, outros comentaristas e personagens citados nas colunas e matérias
- Declarações sexistas, xenófobas ou racistas
- Informações falsas
- Propaganda comercial
- Evite digitar em Maiúsculo

 
Copyright © 2016. Cacoal NEWS Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa© Web Sites (69) 9366 7066 WhatsApp | www.dupessoa.com.br