Médicos devem ser convocados para a rede pública de Cacoal

Enviar no WhatsApp
Além dos médicos, outros servidores não médicos serão contratados. Todos os profissionais convocados devem tomar posse em 30 dias.

A rede pública de saúde de Cacoal (RO), município distante 480 quilômetros de Porto Velho, deve ganhar 46 novos médicos, nos próximos 30 dias. A informação foi confirmada por Marco Aurélio Vasques, diretor do Hospital Regional de Cacoal (HRC) e representante do Governo do Estado no município. Ele afirma que, além dos médicos, outros servidores não médicos serão contratados para atender as especialidades e o setor de urgência e emergência.

Governo de Rondônia publicou decreto no Diário Oficial do Estado, autorizando a convocação de 34 médicos e 16 servidores não médicos, como fonoaudiólogo farmacêutico bioquímico e terapeuta (Foto: Rogério Aderbal/G1)

O estado, que já administrava o Hospital Regional - onde são atendidas as especialidades - assumiu também, no início deste mês, o pronto socorro Unidade Mista, setor de urgência e emergência. Conforme explicou Marco Aurélio, na quarta-feira (18), o Governo de Rondônia publicou um decreto no Diário Oficial do Estado autorizando a convocação de 34 médicos e 16 servidores não médicos, como fonoaudiólogo farmacêutico bioquímico e terapeuta.

Entre os médicos convocados estão profissionais como cirurgião geral e ortopedistas, para atender o pronto socorro, e especialistas como psiquiatra, cardiologista e gastroenterologia para atuar no Hospital Regional de Cacoal. Além de pediatra, pediatra intensivista, neuropediatra e outros, que deverão prestar serviços na UTI pediátrica que está sendo montada no HRC.

Ainda de acordo com o diretor, mais 12 médicos serão convocados para atender o pronto socorro e o setor de oncologia do HRC, totalizando assim 46 profissionais contratados. “Esses últimos médicos devem ser convocados a partir da semana que vem, pois quando foi realizado o concurso não foi disponibilizado vagas para eles. Por isso foi preciso fazer agora um processo diferente de abertura de vagas para preencher esses cargos,” explica.

Segundo Marco Aurélio, por mês, no Hospital Regional, são atendidas aproximadamente 3500 pessoas. E cerca de 4.500, no pronto socorro Unidade Mista. Todos os profissionais convocados devem tomar posse no máximo 30 dias.

Do G1 RO

    Opiniões
    Opiniões

0 Comentários:

Postar um comentário

Não aceitamos:

- Agressões e insultos contra autores, outros comentaristas e personagens citados nas colunas e matérias
- Declarações sexistas, xenófobas ou racistas
- Informações falsas
- Propaganda comercial
- Evite digitar em Maiúsculo

 
Copyright © 2016. Cacoal NEWS Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa© Web Sites (69) 9366 7066 WhatsApp | www.dupessoa.com.br