Moradores reclamam e lixão de Cacoal recebe limpeza

Enviar no WhatsApp
Resíduos depositados já se aproximavam do asfalto, na RO-383. Secretário garante que fiscalização será reforçada no local.

Depois de muitas reclamações, a Secretaria de Meio Ambiente de Cacoal (RO) realizou a limpeza do antigo lixão do município, localizado na RO-383. Apesar do Ministério Público de Rondônia (MP-RO) ter recomendado, em junho de 2014, a desativação do espaço, entulhos e até mesmo lixo doméstico continuam sendo despejados por moradores no local.

Quantidade de lixo depositado no local é tão grande que quase chega a invadir a rodovia (Foto: Rogério Aderbal/G1)

Na semana passada o volume de resíduos depositados na área era tão grande, que chegava a se aproximar da rodovia. De acordo com o secretário de Meio Ambiente (Semma), José Aparecido Limeira, estudos estão sendo realizados para definir um novo espaço, que não provoque impactos ao meio ambiente. Segundo José Aparecido, a limpeza do local começou na quarta-feira (11), e só foi encerrada no sábado (14), com a remoção dos resíduos para o interior do lixão.

“O que dava para ser reciclado mandamos para a reciclagem, o resto, galhos de árvores e entulhos de materiais de construção empurramos para o interior do lixão, abrindo espaço assim para novos depósitos,” conta. Ainda de acordo com o secretário, enquanto não se define um espaço para a implantação do aterro sanitário, apenas galhos de árvores e entulhos de materiais de construção poderão continuar sendo depositado no local.

“Vamos apertar a fiscalização, para coibir que as pessoas joguem lixo doméstico e outros resíduos no local. Quem insistir em jogar será multado,” alerta Aparecido, ressaltando que os materiais recicláveis devem ser encaminhados para a cooperativa de catadores. Empresas de entulhos também serão notificados sobre os produtos corretos que podem ser despejados no local. “São cerca de 40 caçambas de entulhos despejados por eles, diariamente. Todos devem colaborar,” explica o secretário.

Mesmo com a promessa de uma maior fiscalização no local, materiais como papéis, plásticos e eletrodomésticos velhos ainda podem ser encontrados no lixão. Na tarde da segunda-feira (16), a reportagem do G1 encontrou no local alguns objetos inusitados, como móveis velhos, dinheiro e cartas antigas. Materiais esses que, de acordo com o secretário de Meio Ambiente não deveriam mais ser jogados no espaço.

Rogério Aderbal
Do G1 RO
    Opiniões
    Opiniões

0 Comentários:

Postar um comentário

Não aceitamos:

- Agressões e insultos contra autores, outros comentaristas e personagens citados nas colunas e matérias
- Declarações sexistas, xenófobas ou racistas
- Informações falsas
- Propaganda comercial
- Evite digitar em Maiúsculo

 
Copyright © 2016. Cacoal NEWS Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa© Web Sites (69) 9366 7066 WhatsApp | www.dupessoa.com.br