Mulheres tentam entrar em presídio de Cacoal com celulares e drogas

Enviar no WhatsApp
Droga estava na genitália e celulares escondidos em aparelho de som. Essa foi uma das maiores apreensões de drogas no mini presídio.

O dia de visita no mini-presídio de Cacoal (RO), distante 480 quilômetros de Porto Velho, foi movimentado nesta quinta-feira (16), isso porque três mulheres tentaram entrar na casa de detenção com celulares escondidos em um aparelho de som, além de droga na genitália.

Uma das mulheres tentou entrar no presídio com um aparelho de som, dentro do qual continham celulares e baterias (Foto: Magda Oliveira/G1)

De acordo com o diretor do mini presídio, Fabiano Cardoso, os agentes penitenciários estão trabalhando para coibir a entrada de substâncias ilegais, para que não haja tráfico dentro do presídio.

Fabiano Cardoso contou que uma das mulheres, de 32 anos, chegou ao presídio apenas para deixar alguns objetos para um detento, entre esses objetos estava um aparelho de som, que ao ser aberto pelos agentes penitenciários foram encontrados, camuflados nos alto falantes, dois celulares e baterias. “Segundo a mulher os objetos foram deixados em sua residência para que o esposo trouxesse ao presídio, mas como ele não pode vir, pediu a esposa que viesse”, contou Fabiano. 

Dentro do aparelho ainda estava um texto onde dizia o nome do presidiário que deveria receber a encomenda.

Duas mulheres tentaram maconha e viagra no presídio (Foto: Magda Oliveira/G1)

Em outra revista, mais duas mulheres foram aprendidas com droga e comprimidos de Viagra na genitália. As jovens, de 21 e 23 anos, tentaram levar para dentro do mini presidio o total de 334 gramas de sustância aparentemente maconha, além de 10 comprimidos de Viagra. A encomenda, segundo as mulheres, seria entregue para os esposos. De acordo com Fabiano, essa foi uma das maiores apreensões de drogas no mini presídio.

“As duas garotas chegaram juntas ao presídio, trouxeram as drogas embaladas da mesma forma e cada uma carregava exatamente 167 gramas. Acreditamos que se trata de uma quadrilha”, disse Fabiano. As três mulheres foram levadas para a Delegacia de Polícia Civil.

Magda Oliveira
Do G1 RO
    Opiniões
    Opiniões

0 Comentários:

Postar um comentário

Não aceitamos:

- Agressões e insultos contra autores, outros comentaristas e personagens citados nas colunas e matérias
- Declarações sexistas, xenófobas ou racistas
- Informações falsas
- Propaganda comercial
- Evite digitar em Maiúsculo

 
Copyright © 2016. Cacoal NEWS Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa© Web Sites (69) 9366 7066 WhatsApp | www.dupessoa.com.br