Escritório do Cristiano Araújo, o CA Produções Artísticas, vai zelar pela imagem mesmo após a sua morte

Enviar no WhatsApp
"O escritório do Cristiano Araújo, o CA Produções Artísticas, vai analisar os fatos e zelar pela imagem dele mesmo após a sua morte. Vamos tentar agir da melhor forma possível, mas a decisão de fazer qualquer coisa é da família"



Três funcionários estavam envolvidos na preparação do corpo do cantor para o velório

A Clínica Oeste, responsável por fazer a preparação do corpo de Cristiano Araújo para o velório, na quarta-feira (24), disse que já tomou medidas para demitir por justa causa os funcionários envolvidos na gravação de vídeos e fotos do corpo do cantor, enquanto ele era vestido para a despedida da família e dos fãs.


Em comunicado publicado à imprensa, a Clínica informou que “repudia com veemência o ato dos dois funcionários que, de maneira mórbida, gravaram e divulgaram tais imagens”.

O estabelecimento, que foi terceirizado para prestar alguns dos serviços envolvidos no velório do ídolo sertanejo, explicou ainda que todos os funcionários são obrigados a assinar um acordo em que se comprometem a não fotografar, gravar ou divulgar quaisquer imagens dos corpos com que trabalham.


O estabelecimento ainda afirmou que tomou as providências legais para demitir ambos por justa causa – afinal, eles estavam fora da conduta básica esperada pela empresa.

Enquanto isso, a Polícia Civil de Goiás já colheu o depoimento dos três funcionários, que além de irem contra o Código de Ética da empresa, ainda cometeram um crime previsto no Código Penal Brasileiro. O código 212 prevê que é ilegal “profanar, desrespeitar ou ultrajar o cadáver”. 


Em entrevista ao jornal Extra, do Rio de Janeiro, o Delegado responsável pelo caso falou que a funcionária que aparece no vídeo divulgado na preparação do corpo do cantor assumir ter errado. De acordo com a publicação, ela teria dito ter 'cometido um vacilo', porque 'sabia das regras e do código de ética da empresa',  

Todos os três funcionários que aparecem nas imagens podem pegar até três anos de cadeia mais uma multa pelo ato criminoso. Em entrevista à reportagem da Globo, Rafael Vannucci, responsável pelas comunicações do cantor e amigo próximo dele, falou sobre o assunto. 

"O escritório do Cristiano Araújo, o CA Produções Artísticas, vai analisar os fatos e zelar pela imagem dele mesmo após a sua morte. Vamos tentar agir da melhor forma possível, mas a decisão de fazer qualquer coisa é da família", disse. 


Confira o Comunidado enviado à imprensa da Clínica em que os três funcionários envolvidos no caso trabalhavam:

“NOTA À IMPRENSA

Em virtude dos últimos acontecimentos envolvendo a divulgação de imagens do corpo do cantor Cristiano Araújo, a Clínica Oeste vem a público informar que repudia com veemência o ato dos dois funcionários que, de maneira mórbida, gravaram e divulgaram tais imagens.

A clínica tem como procedimento orientar sua equipe que, inclusive, assina regulamento interno de trabalho e Ordem de Serviço de Segurança e Medicina do Trabalho individual para cada caso, documentos estes que proíbem que toda e qualquer etapa do trabalho desenvolvido na empresa seja gravado, fotografado e, principalmente, divulgado.

Diante do erro cometido por dois funcionários de seu quadro profissional, a clínica informa que não é conivente com este tipo de conduta e que já tomou as providências legais para efetuar as demissões por justa causa.

A Clínica Oeste existe há quatro anos e reitera seu compromisso com a ética, a transparência,

    Opiniões
    Opiniões

0 Comentários:

Postar um comentário

Não aceitamos:

- Agressões e insultos contra autores, outros comentaristas e personagens citados nas colunas e matérias
- Declarações sexistas, xenófobas ou racistas
- Informações falsas
- Propaganda comercial
- Evite digitar em Maiúsculo

 
Copyright © 2016. Cacoal NEWS Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa© Web Sites (69) 9366 7066 WhatsApp | www.dupessoa.com.br