Menu Right

Top Social Icons

Publicidade
Publicidade
73 9 8888 1488
WhatsApp
WhatsApp

28/08/2015

Paty Paulista é seguido por Fúria e Maria Simões e foge para não assinar documento

Fujão 

Para que os vereadores fossem obrigados a participar das oitivas hoje, a comissão que os investiga na Câmara tinha até ontem para que uma notificação fosse entregue. E os vereadores Adailton Antunes Ferreira, o Fúria, do PRB, e Maria Simões, do PT, tiveram muito trabalho para intimar Pati Paulista. 



Ele, que está sendo monitorado por tornozeleira eletrônica, percorreu várias cidades sendo seguido por Fúria e Maria Simões, até que em Teixeirópolis, na região de Ji-Paraná, foi alcançado. Mesmo assim ele se negou a assinar o documento, mas testemunhas assinaram em seu lugar e, dessa forma, ele fica obrigado a comparecer. (Notas- Roni Viana) 


Defesa

O primeiro a ser ouvido agora pela manhã é o deputado federal Nilton Capixaba, que é do mesmo partido de Pati Paulista. Ele é testemunha de defesa do compartidário. 



Ainda hoje deve ser ouvido também o prefeito Franco Vialetto, do PT, sobre o esquema, que foi descoberto graças a investigações da Polícia Civil e também do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado, o GAECO, do Ministério Público.



Oitivas 

As oitivas para a possível cassação dos vereadores Emílio Júnior Mancuso, o Pati Paulista, do PTB, e também do vereador Valdomiro Corá, o corazinho, do PV, iniciaram agora há pouco na Câmara de Vereadores de Cacoal e podem definir o futuro político de ambos. Essas oitivas são referentes à Operação Detalhe, que descobriu um esquema de desvio de recursos públicos e manipulação dentro da administração municipal de Cacoal.



Por Roni Viana
Imagens Internet


Copyright © 2016 Cacoal NEWS | Du Pessoa Serviços Digitais.
CACOAL_NEWS