Traição provoca mortes de quatro pessoas da mesma família

Enviar no WhatsApp
Uma tragédia familiar foi registrada no Agreste pernambucano na manhã desta segunda-feira (10/8). Quatro pessoas da mesma família morreram em acidentes de trânsito diferentes, na rodovia PE-90, no município de Vertentes, provocados pelos próprios condutores. As mortes teriam relação com traição, ciúme, culpa e suicídio.

ccbecd64bb335056dbe3773c54e3bc39

No primeiro acidente, ocorrido por volta das 5h, em terras do Sítio Barriguda, morreram três pessoas. Ademir Alves de Souza, 37 anos, a esposa, Francisca Leitão da Silva, conhecida como Rosa, 37, e o futuro genro do casal e primo de Ademir, Marcos Venício Alves de Souza, 20. Segundo apuração dos policiais de plantão na Delegacia de Santa Cruz do Capibaribe, responsável pelo registro do caso, Ademir teria descoberto que a mulher o traia com o próprio irmão, Clebson Alves de Souza. Revoltado, Ademir teria jogado o carro em que a família viajava, um Fiat Strada vermelho, placa OYW-7863, contra uma árvore.

destroços de carro

Francisca Leitão e Marcos Venício morreram na hora. Ademir ainda foi socorrido e levado para o Hospital Municipal de Vertentes, mas faleceu logo após dar entrada. “Acreditamos que o condutor jogou o veículo contra a árvore porque não havia marca de frenagem na rodovia e o velocímetro do carro estava travado em 200 km/h”, afirmou o delegado de Santa Cruz do Capibaribe, Humberto Pimentel, que estava de plantão.

Três horas depois, acontece o segundo acidente, aumentando a tragédia familiar. Após ver o irmão, o primo e a suposta amante mortos, Clebson Alves de Souza se joga embaixo de uma carreta carregada de cimento que trafegava pela PE-90. “Ele saiu do acidente do irmão transtornado. Cerca de cinco quilômetros depois, deixou a moto na beira da pista e se jogou quando a carreta passava. O motorista do veículo disse que não houve tempo para nada”, contou o delegado.

ccbecd64bb335056dbe3773c54e3bc39

A informação sobre a traição familiar foi confirmada à polícia por parentes das vítimas. “Duas pessoas contaram tudo. Disseram que Ademir ficou sabendo da traição da esposa com o irmão. Não teremos nunca como confirmar, mas são as informações que constarão no material que será enviado como diligência à Justiça. Trata-se de dois suicídios e de dois homicídios, mas o culpado está morto”, explicou Humberto Pimentel. As vítimas residiam em Riacho das Almas e se dirigiam para Toritama, na mesma região.

destroços de carro

Fonte: JC Online

    Opiniões
    Opiniões

0 Comentários:

Postar um comentário

Não aceitamos:

- Agressões e insultos contra autores, outros comentaristas e personagens citados nas colunas e matérias
- Declarações sexistas, xenófobas ou racistas
- Informações falsas
- Propaganda comercial
- Evite digitar em Maiúsculo

 
Copyright © 2016. Cacoal NEWS Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa© Web Sites (69) 9366 7066 WhatsApp | www.dupessoa.com.br