Comerciantes comemoram alta nas vendas de brinquedos em Cacoal

Enviar no WhatsApp
Lojista afirmam que, esta semana, o aumento foi de 20%. Promoções e variedades são as estratégias usadas pelos comerciantes. 

Lojas enfeitadas. Promoções. Maior exposição na mídia. Essas são algumas das ferramentas usadas pelas lojas de brinquedos para atrair os clientes nesta semana que antecede o Dia das Crianças, em Cacoal (RO), município distante 480 quilômetros de Porto Velho.

Comerciantes de Cacoal estão confiantes no aumento das vendas de brinquedos. (Foto: Rogério Aderbal)
Comerciantes comemoram alta nas vendas de brinquedos em Cacoal
Representantes do setor afirmam que a essas estratégias têm dado bons resultados, com o aumento das vendas de brinquedos e presentes em cerca 20% no município. Segundo Suélen Félix, gerente de uma loja de brinquedos, já é possível comemorar o desempenho. "Nossa meta é superar em 15% as vendas do ano passado, no mesmo período. E pelos números alcançados até agora tudo indica que essa meta será batida antes do domingo (11)", festeja.

Ela explicou que promoções e variedades de produtos são algumas das estratégias usadas pela empresa para atrair os clientes. Na loja em que trabalha, os produtos têm preços variando de R$ 2,99 a R$ 1.500. Para atrair a clientela estão sendo realizadas promoções com descontos que vão até 30%.
"O que não pode acontecer é perder o cliente por falta de opções ou formas de pagamento.  Alguns produtos sofreram reajustes, principalmente os brinquedos que estão em maior exposição na mídia nacional, mas as vendas não caíram. A criança chega à loja, e quer o produto que viu na televisão, os pais reclamam, mas acabam comprando", afirmou.

Apaixonado por carrinhos de plástico, Caio Rodrigues, de 7 anos, foi a loja junto com a avó, Elma das Chagas, e escolheu um brinquedo que custou quase R$ 40,00. A avó aproveitou e comprou mais dois presentes, um para o outro neto e para o filho de um amigo. "Achei caro. Senti que os preços estavam um pouco mais altos esse ano. Mesmo assim comprei e como eu, muitos pais vão comprar também. Criança não quer saber do preço e sim do brinquedo", finalizou.

Rogério Aderbal
Do G1 RO

    Opiniões
    Opiniões

0 Comentários:

Postar um comentário

Não aceitamos:

- Agressões e insultos contra autores, outros comentaristas e personagens citados nas colunas e matérias
- Declarações sexistas, xenófobas ou racistas
- Informações falsas
- Propaganda comercial
- Evite digitar em Maiúsculo

 
Copyright © 2016. Cacoal NEWS Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa© Web Sites (69) 9366 7066 WhatsApp | www.dupessoa.com.br