Policial rodoviário é preso após balear duas pessoas em lanchonete

Enviar no WhatsApp
Homem estaria bêbado e não falou o que teria motivado crime, diz delegado. Várias clientes estavam no estabelecimento em Ouro Preto do Oeste.

Um policial rodoviário federal de 47 anos foi preso por tentativa de homicídio após balear duas pessoas em uma lanchonete na BR-364, em Ouro Preto do Oeste (RO), no último domingo (4). A Polícia Civil ainda investiga o que teria motivado o crime e afirma que o suspeito estaria embriagado. Um homem foi ferido nas nádegas e outro no tornozelo. As vítimas foram levadas ao Hospital Municipal e passam bem.

Policial foi levado para a delegacia para prestar depoimento (Foto: João Luiz/Gazeta Central)

Morador da cidade de Ji-Paraná, que não quis se identifica, disse que visitava Ouro Preto com um grupo de nove amigos quando pararam para lanchar no local. "Fomos à cidade para visitar o Morro Chico Mendes, saímos de lá e paramos em três para ir à lanchonete. Chegamos e resolvemos pedir a comida antes de nos sentarmos à mesa, foi quando ouvi o primeiro disparo", relata.

O rapaz acreditou se tratar de uma brincadeira com bombinhas, mas ao olhar para o balcão da lanchonete, viu o policial com a arma em punho a menos de três metros de distância. "Vi a arma e gritei pra todos se abaixarem. Meu amigo, que é de Ouro Preto, foi atingido na nádega e outro rapaz, que estava lá levou um tiro no tornozelo. Foi tudo muito rápido, não sei se ele queria assustar ou realmente atingir a gente, sei que todo mundo no local ficou desesperado", afirma.

Policial estava com uma pistola (Foto: João Luiz/Gazeta Central)A Polícia Militar atendeu a ocorrência e, ao chegar à lanchonete, que fica anexa a um posto de gasolina na BR-364, se deparou com populares tentando linchar o policial, que já havia sido desarmado.

O delegado responsável pelo caso, Ícaro Alex, conta que o policial foi preso em flagrante por duas tentativas de homicídio. "O agente estava embriagado com o andar e fala afetados. Ele se resguardou ao direito de ficar em silêncio", comenta.

O policial foi levado para a Casa de Detenção de Ouro Preto do Oeste e, segundo o delegado, será transferido para o Centro de Correição da Polícia Militar, em Porto Velho. "Acreditamos que ele efetuou até três disparos, mas é preciso aguardar resultado da perícia. Ainda não sabemos qual foi a motivação do crime. Estamos apurando e aguardando mais testemunhas, já que só os policiais que atenderam a ocorrência falaram sobre o caso", finaliza.

Samira Lima
Do G1 RO

    Opiniões
    Opiniões

0 Comentários:

Postar um comentário

Não aceitamos:

- Agressões e insultos contra autores, outros comentaristas e personagens citados nas colunas e matérias
- Declarações sexistas, xenófobas ou racistas
- Informações falsas
- Propaganda comercial
- Evite digitar em Maiúsculo

 
Copyright © 2016. Cacoal NEWS Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa© Web Sites (69) 9366 7066 WhatsApp | www.dupessoa.com.br