Professor do IFRO suspeito de pedofilia é afastado pela Justiça

Enviar no WhatsApp
Após a denúncia de uma estudante de 13 anos por assédio sexual vindo de um professor do Instituto Federal de Rondônia – IFRO/campus Colorado do Oeste, começaram a ser levantadas outras informações sobre o professor W. M. T, pois o mesmo teria abusado de mais seis alunas.

1

O fato chegou à Justiça Federal e após investigações da Polícia Federal, o Procurador do MPF,  Daniel Azevedo Lôbo, denunciou o professor e por decisão do Juiz Federal o mesmo foi afastado do cargo.

Os nomes das estudantes não foram divulgados, pois o processo corre em segredo de Justiça.

W.M.T, trabalhou também na Emater de Corumbiara e foi até candidato a prefeito há oito anos atrás, o professor também já foi preso e incurso na Lei Maria da Penha, pois era acostumado a bater na mulher, com quem tem dois filhos.

A menor afirma que o caso teria acontecido em uma das salas do Instituto. “Ele fechou a porta, sentou ao meu lado e começou-me acariciar, pegou uma das minhas mãos e colocou sobre o órgão genital dele, fiquei revoltada. Mas ele pediu desculpas e me implorou para não contar a ninguém”. A adolescente denunciou o caso à direção do Instituto e para os pais, que registraram o caso na Delegacia de Polícia.

O IFRO, nasceu como Escola Agrotécnica Federal de Colorado do Oeste foi criada através da Lei n.º 8.670, de 30 de junho de 1993.  Transformada em autarquia em 16 de novembro do mesmo ano, através da Lei n.º 8.731/93. Iniciou suas atividades didático-pedagógicas em 13/02/95, sob a direção do Prof. Francisco Aldivino Gonçalves.  Hoje a Escola Agrotécnica Federal de Colorado do Oeste compõe o Campus Colorado do Oeste do Instituto Federal de Rondônia.

Localizado em solo privilegiado, à BR 435 era a Rodovia 399, Km 05 – Zona Rural, no município de Colorado do Oeste (RO), a 70 Km da BR 364,  o Campus dispõe de uma área de terras de 242 ha, sendo que 80 ha destes foram mantidos para reserva florestal. E nesse lapso de tempo nunca se teve um caso desses que veio manchar a imagens de uma das melhores instituições de Ensino do Cone Sul do Estado. 

Autor: Osias Labajos

    Opiniões
    Opiniões

0 Comentários:

Postar um comentário

Não aceitamos:

- Agressões e insultos contra autores, outros comentaristas e personagens citados nas colunas e matérias
- Declarações sexistas, xenófobas ou racistas
- Informações falsas
- Propaganda comercial
- Evite digitar em Maiúsculo

 
Copyright © 2016. Cacoal NEWS Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa© Web Sites (69) 9366 7066 WhatsApp | www.dupessoa.com.br