Australianos são presos na Bolívia vindo com dinamite para o Brasil

Enviar no WhatsApp
Revista da polícia boliviana em Santa Cruz de La Sierra localizou explosivo. Grupo embarcaria em avião da Gol na última quinta-feira com destino a SP.

Três australianos foram detidos na última quinta-feira (12) no aeroporto de Viru Viru, em Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, quando tentavam embarcar em um voo da Gol, com destino ao aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, portando explosivos.


A TV Globo apurou que um dos passageiros,Julian Giovani Vincenzo, levava dinamite, localizada por policiais bolivianos em uma revista aleatória. Ele estava acompanhado de outros dois australianos, Liam Mark Eales e Jusrtin Maurice Wei Kwon.

Segundo informou a empresa áerea Gol (leia nota da companhia ao final desta reportagem), um dos passageiros do voo G3 7601 foi flagrado transportando “objeto não permitido em sua bagagem de mão”.


Investigadores afirmaram que os três jovens australianos passaram pela fiscalização e conseguiram chegar até a sala de embarque do aeroporto – última etapa antes de entrar no avião. Devido ao flagrante, todos os outros passageiros do voo foram vistoriados, assim como a aeronave.


Em nota, a Gol explicou que “seguindo um procedimento normal de segurança, as autoridades locais fizeram uma vistoria em toda a aeronave e nos demais passageiros. O voo seguiu em segurança, com 1h36min de atraso”.


Investigadores disseram à TV Globo que, apesar de ter sido evitada, a ocorrência assustou porque os australianos estavam prestes a entrar em um avião de uma companhia brasileira com destino a São Paulo.


As investigações sobre os motivos pelos quais o grupo pretendia embarcar com explosivos para o Brasil ainda estão em andamento.

Autoridades ligadas a órgãos de inteligência estão acompanhando de perto os detalhes porque há uma política permanente de prevenção de riscos a atentados, especialmente por causa das Olímpiadas de 2016, no Rio.


Essas autoridades querem saber especialmente se os australianos já têm algum antecedente policial.


Nota da Gol

Leia abaixo a nota da companhia aérea Gol sobre o episódio:

Antes do procedimento para embarque do voo G3 7601, de Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, para Guarulhos, em São Paulo, no dia 12/11, a polícia local identificou que um dos passageiros transportava objeto não permitido em sua bagagem de mão. Seguindo um procedimento normal de segurança, as autoridades locais fizeram uma vistoria em toda a aeronave e nos demais passageiros. O voo seguiu em segurança, com 1h36min de atraso.

Camila Bomfim
Da TV Globo, em Brasília

    Opiniões
    Opiniões

0 Comentários:

Postar um comentário

Não aceitamos:

- Agressões e insultos contra autores, outros comentaristas e personagens citados nas colunas e matérias
- Declarações sexistas, xenófobas ou racistas
- Informações falsas
- Propaganda comercial
- Evite digitar em Maiúsculo

 
Copyright © 2016. Cacoal NEWS Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa© Web Sites (69) 9366 7066 WhatsApp | www.dupessoa.com.br