Motociclista bêbado atropela e quebra perna de jovem

Enviar no WhatsApp
Vítima estava na calçada quando foi atingida pelo atropelador. Preso, o homem alegou que não lembrava do que havia ocorrido.

Um pintor, de 44 anos, foi preso na noite desta sexta-feira (30), pela Polícia Militar de Trânsito, depois de atropelar, com uma motocicleta, uma jovem de 19 anos que andava pela calçada com a mãe. A vítima sofreu fratura na perna esquerda e teve que ser socorrida ao Hospital de Pronto Socorro João Paulo II. O acidente aconteceu por volta das 18h30, no cruzamento da Avenida Raimundo Cantuária com Aruanã, no bairro Jardim Santana, na Zona Leste de Porto Velho.

Motociclista bêbado atropela e quebra perna de jovem
Motociclista bêbado atropela e quebra perna de jovem 
Depois de atropelar a jovem, o pintor ainda teria tentado fugir do local do acidente, mas foi detido por populares que acionaram a Polícia Militar. A motocicleta usada pelo pintor, segundo a PM, foi recolhida ao pátio do Detran.

Na Central de Flagrantes, o motociclista alegou não lembrar de ter atropelado ninguém. Questionado pela reportagem do G1 sobre o que o levou a subir a calçada, ele disse apenas que perdeu o controle da moto. Segundo o Soldado PM Camargo, que atendeu a ocorrência, o pintor foi submetido ao teste de alcoolemia (bafômetro) e obteve resultado bem acima do permitido, 1,39 miligrama de álcool por litro de ar expelido.

De acordo com o novo Código de Trânsito Brasileiro, é considerado crime quando o motorista é flagrado conduzindo veículos com índice de álcool no sangue superior a 0,34 miligrama de álcool por litro de ar expelido ou 6 decigramas por litro de sangue.

Mas esse não foi o único registro de embriaguez ao volante de sexta-feira, só no início da manhã, pelo menos 10 pessoas foram detidas e encaminhadas à Central de Flagrantes da Polícia Civil. De acordo com o Soldado PM Camargo, quando a noite de sexta-feira ainda se iniciava, todas as equipes da Companhia de Trânsito da PM estavam atendendo alguma ocorrência relacionada a embriaguez. 
A embriaguez ao volante pode resultar em pena de detenção, que pode variar de seis meses a três anos, multa e suspensão temporária da carteira de motorista ou proibição permanente de obter a habilitação. O Código de Trânsito Brasileiro estabelece multa de R$ 1.915,40, além de 7 pontos na carteira. Os condutores também têm a CNH apreendida. Se o motorista tiver cometido a mesma infração nos 12 meses anteriores, o valor da multa é dobrado.

Toni Francis
Do G1 RO

    Opiniões
    Opiniões

0 Comentários:

Postar um comentário

Não aceitamos:

- Agressões e insultos contra autores, outros comentaristas e personagens citados nas colunas e matérias
- Declarações sexistas, xenófobas ou racistas
- Informações falsas
- Propaganda comercial
- Evite digitar em Maiúsculo

 
Copyright © 2016. Cacoal NEWS Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa© Web Sites (69) 9366 7066 WhatsApp | www.dupessoa.com.br