Como comprar uma arma de fogo e quais os custos envolvidos

Enviar no WhatsApp
Saiba como você, cidadão comum, civil, pode comprar uma arma de fogo no Brasil e quais os custos envolvidos durante esse processo de compra. 

Neste vídeo todas essas dúvidas são esclarecidas de maneira profissional.


Apesar dos esforços que vêm desde o colonialismo para impedir o direito de acesso às armas e à legítima defesa ao cidadão brasileiro, ainda existem alguns pontos na lei que nos reservam determinados direitos.

Assista ao vídeo explicativo detalhado sobre a compra de uma ama de fogo



Entre eles está o direito (não pode ser negado) de que todo cidadão com mais de 25 anos, sem antecedentes criminais, possa ter até seis armas registradas no SINARM (Polícia Federal).


O Instituto DEFESA encoraja todos seus membros a exercerem este direito e ajudar a todos a ter acesso a esta informação.


Para adquirir uma arma de fogo, o interessado deve atender aos seguintes pré-requisitos:

Ter, no mínimo, 25 anos de idade.
Ter residência fixa e ocupação lícita
Aptidão técnica e psicológica
Não ter antecedentes criminais

Preencha e imprima o formulário abaixo:


Dirija-se a uma unidade da Polícia Federal munido:

Cópias autenticadas de RG, CPF, Comprovante de Endereço;


Certidões negativas de antecedentes criminais fornecidas pela Justiça Federal, Estadual (incluindo Juizados Especiais Criminais), Militar e Eleitoral e de não estar respondendo a inquérito policial ou a processo criminal, que poderão ser fornecidas por meios eletrônicos;

Documento comprobatório de ocupação lícita;

Exame técnico por instrutor credenciado na PF (Lista dos Instrutores Credenciados)

Exame psicológico por psicólogo credenciado na PF (Lista de Psicólogos Credenciados)

Uma foto 3×4

Assim que a sua autorização estiver em mãos, você terá 30 dias para comprar sua arma. Depois que receber sua Nota Fiscal, é necessário fazer o registro, sem o qual você não poderá retirar a ama da loja.

Para isso, é necessário fazer o pagamento de TAXA no valor de R$60,00:


Depois de paga, dirija-se a uma Unidade da Polícia Federal com os seguintes documentos:

(a) autorização para aquisição de arma de fogo;

(b) nota fiscal de compra de arma de fogo;

(c) comprovante bancário de pagamento da taxa devida para a emissão do documento através da Guia de Recolhimento da União – GRU.

Achou muito difícil? Existem profissionais chamados Despachantes que podem cuidar de toda a papelada para você. Confira a lista que o Instituto DEFESA preparou e escolha um deles:


Se você acredita um absurdo passar por tudo isso para adquirir uma arma e ainda assim ser impedido de portá-la, torne-se um membro de carteirinha do Instituto DEFESA. Por cerca de 50 centavos por dia você ajuda a financiar as atividades da maior entidade do Brasil lutando para recuperar, ampliar e conservar o direito de acesso às armas e à legítima defesa. Saiba como.

Fonte: Defesa.org

    Opiniões
    Opiniões

0 Comentários:

Postar um comentário

Não aceitamos:

- Agressões e insultos contra autores, outros comentaristas e personagens citados nas colunas e matérias
- Declarações sexistas, xenófobas ou racistas
- Informações falsas
- Propaganda comercial
- Evite digitar em Maiúsculo

 
Copyright © 2016. Cacoal NEWS Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa© Web Sites (69) 9366 7066 WhatsApp | www.dupessoa.com.br