Rick se recusa a cantar para 78 pessoas e Fãs se revoltam em Rondônia

Enviar no WhatsApp
Organização diz que cachê foi pago; assessoria do artista não retornou. Após cancelamento, uma funcionária do caixa foi agredida por um pagante.

O cantor sertanejo Rick, que fazia dupla com Renner, teria se recusado a fazer um show para 78 pessoas na madrugada desta segunda-feira (14), em um clube de Guajará-Mirim (RO). De acordo com a organização, o artista não subiu no palco por causa do baixo público no local. Com o cancelamento do show, alguns fãs se revoltaram e uma funcionária da empresa chegou a ser agredida por clientes que queriam ser ressarcidos. Procurado, o escritório do artista pediu para entrar em contato com o produtor musical de Rick. O G1 tentou contato com o produtor, mas não obteve sucesso até a publicação desta reportagem.


De acordo com a organização, o show de Rick Sollo estava previsto para começar depois de meia-noite, mas não havia público no local. Após uma hora e meia de atraso, apenas 78 pagantes compareceram na casa de show e o sertanejo teria se recusado a subir no palco para cantar, mesmo já tendo recebido o cachê.

Alguns pagantes ficaram insatisfeitos com a atitude do artista e tentaram receber o reembolso à força. Uma funcionária chegou a ser agredida por uma pessoa durante a confusão. A Polícia Militar (PM) foi chamada no local e uma fila foi organizada para os presentes receberem o dinheiro de volta. Segundo a organização, o prejuízo com a locação de som, funcionários e o cachê de Rick somam cerca de R$ 40 mil.


Ao G1, um jovem de 23 anos, um fã que estava no local e prefere não se identificar, disse que ficou extremamente frustrado porque o show não aconteceu. "Inacreditável o que aconteceu lá. Nunca vi isso. Não sei de quem foi a culpa, mas foi feio", contou o rapaz.

Segundo a empresária e organizadora do evento, Lohanna Kawasaki, a estimativa inicial era de 500 pagantes para o show de Rick. Os ingressos do 1° lote foram vendidos a R$ 30. Já as mesas para quatro pessoas custaram R$ 350.

Lohanna informou que vai registrar um boletim de ocorrência e irá atrás de seus direitos na Justiça. "Eu até entendo o lado do cantor, mas me senti lesada por ele não ter subido ao palco sendo que o cachê já estava pago. Vou consultar meus advogados e ver como ficará a situação", declarou a promoter.


O show de Rick fazia parte do evento que anualmente premia pessoas e empresas do município. Mesmo com o cancelamento da apresentação de Rick, artistas locais deram continuidade ao restante da programação. O prejuízo da organização foi de aproximadamente R$ 40 mil.
A reportagem entrou em contato com o produtor musical de Rick, mas não obteve resposta até o fechamento da matéria.

Shows previstos

Conforme agenda disponível no site oficial do cantor, Rick deve fazer mais quatro shows em Rondônia. Na quinta-feira (17) e sexta-feira (18) a apresentação será em Buritis (RO). No sábado (19) Rick canta em Machadinho D’Oeste (RO) e no domingo (20) em Rolim de Moura (RO).


Secretário

Nascido em Monte do Carmo, a 100 km de Palmas (TO), em 2014 o artista foi escolhido para comandar a Secretaria de Promoção Cultural do Tocantins. Na época, o salário de Rick era de R$ 13, mil, conforme Diário Oficial da União (DOU).

    Opiniões
    Opiniões

0 Comentários:

Postar um comentário

Não aceitamos:

- Agressões e insultos contra autores, outros comentaristas e personagens citados nas colunas e matérias
- Declarações sexistas, xenófobas ou racistas
- Informações falsas
- Propaganda comercial
- Evite digitar em Maiúsculo

 
Copyright © 2016. Cacoal NEWS Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa© Web Sites (69) 9366 7066 WhatsApp | www.dupessoa.com.br