Agentes penitenciários são ameaçados por cartas em Rondônia

Enviar no WhatsApp
Agentes penitenciários da Casa de Detenção de Pimenta Bueno (RO), cidade distante cerca de 520 quilômetros de Porto Velho, estão sendo ameaçados por meio de cartas anônimas. Direção acredita que ação é uma represália ao aumento das fiscalizações contra a entrada de produtos ilícitos no presídio.


Conforme o diretor de segurança do presídio, Gilberto Santos de Andrade, duas cartas foram encontradas no último domingo (17), por agentes penitenciários no pátio do presídio.  Uma das correspondências é direcionada, especificamente, a um agente penitenciário. Nela, são feitos vários xingamentos e ameaças ao servidor e sua família. Entre as ameaças, o autor que ainda não foi identificado diz conhecer toda rotina dos familiares do agente.

Para Gilberto a carta foi direcionada ao agente penitenciário, como forma de intimidação devido ao bom trabalho que ele tem realizado na apreensão de produtos ilícitos no presídio. “Nos últimos dias foram aprendidos vários produtos ilícitos como drogas, celulares e até arma de fogo. E esse colega esteve à frente de várias apreensões, isso deve ter incomodado alguns. Tanto que em um trecho da carta o autor diz que a próxima vez que o agente pegar um ‘paraquedas’, nome dado aos pacotes que são arremessados ao presidio com produtos ilícitos, estaria assinando a sentença de morte alguém da família dele”, explicou.

A outra carta é direcionada a direção do presídio, onde o ator ameaça colocar fogo nas celas. No entanto, o diretor diz que as ameaças não vão intimidar a equipe de segurança do presídio.


“Nós já estamos acostumados a ser ameaçados. Agora ameaças às nossas famílias é como se fosse um tapa na nossa cara, devido nosso trabalho. Isso não vai nos intimidar, porque aqui somos uma família. Ao contrário, isso só nos dá mais força, porque mostra que nosso trabalho está surtindo efeito”, declarou.

Ainda de acordo com Gilberto, uma grande varredura foi feita em todas as celas, com a participação de servidores que estavam em horário de folga, em busca dos autores das ameaças e alguns suspeitos foram localizados e estão sendo investigados.

Rogério Aderbal
Do G1 RO

    Opiniões
    Opiniões

0 Comentários:

Postar um comentário

Não aceitamos:

- Agressões e insultos contra autores, outros comentaristas e personagens citados nas colunas e matérias
- Declarações sexistas, xenófobas ou racistas
- Informações falsas
- Propaganda comercial
- Evite digitar em Maiúsculo

 
Copyright © 2016. Cacoal NEWS Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa© Web Sites (69) 9366 7066 WhatsApp | www.dupessoa.com.br