Fecomércio vê com preocupação cancelamento de voos em Rondônia

Enviar no WhatsApp
Segundo o consultor da Presidência da Fecomércio-RO, Osvino Juraszek, não chegou a ser surpresa, até porque a federação já havia sido informada da situação, no final do ano passado, durante uma reunião.

imageO anúncio do cancelamento de 50% dos voos da empresa aérea Gol em Rondônia, na semana passada, foi recebido com preocupação pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Rondônia (Fecomércio-RO). A decisão afetará principalmente o preço das passagens no Estado- das mais caras do País.


Segundo o consultor da Presidência da Fecomércio-RO, Osvino Juraszek, não chegou a ser surpresa, até porque a federação já havia sido informada da situação, no final do ano passado, durante uma reunião que contou com a participação de um representante da empresa, Infraero, empresários e Associação Brasileira de Agências de Viagem em Rondônia (ABAV-RO).

“A notícia nos entristeceu porque a Fecomércio-RO, em parceria com o Governo do Estado, a Infraero e outros parceiros já vem trabalhando em cima de um projeto que visa o fortalecimento do turismo regional. Nesse projeto está o alfandegamento do aeroporto pela Receita Federal, e a diminuição da alíquota dos combustíveis de aeronave que caiu de 25% para 4%”, comentou.

Osvino disse, no entanto, que a Fecomércio-RO dará continuidade ao projeto de fortalecimento dos vôos regionais e que vai trabalhar no sentido de reverter a situação. “Hoje sabemos que pesa muito na operação de grandes empresas aéreas em Rondônia a falta de estrutura dos nossos aeroportos. São questões que exigem investimento e já estamos discutindo a situação com o Governo do Estado”, lembrou.

Ao finalizar, Osvino lembrou também a posição estratégica de Rondônia como entreposto para os vôos com os países vizinhos a América Andina, principalmente Bolívia e Peru , com quem o Estado já possui relação comercial. “Só o trabalho pode reverter a situação. Isso exigirá da Fecomércio-RO, do Governo do Estado e dos parceiros comerciais muito trabalho e articulação política”, disse.

Por Luiz Carlos Ferreira

    Opiniões
    Opiniões

0 Comentários:

Postar um comentário

Não aceitamos:

- Agressões e insultos contra autores, outros comentaristas e personagens citados nas colunas e matérias
- Declarações sexistas, xenófobas ou racistas
- Informações falsas
- Propaganda comercial
- Evite digitar em Maiúsculo

 
Copyright © 2016. Cacoal NEWS Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa© Web Sites (69) 9366 7066 WhatsApp | www.dupessoa.com.br