Estudante de Ji-Paraná é morta após sair de cursinho no Setor Marista, em Goiânia

Enviar no WhatsApp
Ela era de RO e se mudou há três semanas para GO para estudar, diz amiga. Segundo a Polícia Civil, ela foi baleada durante um assalto.

A estudante Nathália Araújo Zucatelli, de 18 anos, foi morta com um tiro na noite de segunda-feira (22) após sair de um cursinho pré-vestibular no Setor Marista, em Goiânia. A Polícia Civil informou ao G1 que o crime ocorreu durante um assalto.

Nathália Araújo Zucatelli é morta após sair de cursinho em Goiânia, Goiás (Foto: Reprodução/ Facebook)

De acordo com uma amiga da estudante, Vitória Costa do Nascimento, de 19 anos, a vítima morava em Rondônia, mas se mudou para Goiás há três semanas para estudar. Nathália sonhava em ser médica.

A jovem fazia cursinho pré-vestibular no Colégio Protágoras. A amiga conta que ela era estudiosa. "Não era uma menina de sair. De segunda a sexta-feira sempre estudando. Às vezes, sábado e domingo, eu chamava ela para ir lá para casa para almoçar ou para assistir a um filme comigo ou alguma coisa do tipo", relata Vitória.

Ao G1, o diretor do colégio, Marcos Antônio de Souza Araújo, informou que a aula de Nathália terminou às 17h40 de segunda-feira. No entanto, ela continuou na biblioteca da escola para estudar, de onde saiu por volta das 21h30. O crime aconteceu a uma quadra do colégio.

Estudante morre após sair de cursinho no Colégio Protágoras, em Goiânia (Foto: Reprodução/ TV Anhanguera)

Uma idosa, que prefere não ser identificada, conta que viu quando a jovem foi abordada por duas pessoas em uma motocicleta. "Quando eu olhei, ela vinha baleada já. Ela veio andando baleada e caiu. Aí eu cheguei na hora. Era um casal numa moto preta, e eles passaram por mim", relata a testemunha.

Ao G1, policiais informaram que os criminosos levaram um celular da vítima. Por isso, o crime se configura como latrocínio – roubo seguido de morte. A investigação deve ser conduzida pela Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic).

A direção do Protágoras está em contato com familiares de Nathália, que mora em Rondônia. "O colégio está dando apoio à família e às investigações da Polícia Civil. Esperamos que o caso seja elucidado o mais breve possível", declarou o diretor.

Amigos prestam homenagens a Nathália Araújo Zucatelli, morta após sair de cursinho em Goiânia, Goiás (Foto: Reprodução/ Facebook)

O corpo de Nathália ficou no Instituto Médico Legal (IML) de Goiânia até 13h30, quando foi liberado. O pai da estudante apresentou a documentação da filha e o corpo dela deve ser levado de volta para Rondônia às 19h desta terça-feira (23).

A morte de Nathália comoveu amigos e familiares. Nas redes sociais, eles postaram inúmeras homenagens para a jovem e lamentaram o crime.

Paula Resende e Vitor Santana
Do G1 GO

    Opiniões
    Opiniões

0 Comentários:

Postar um comentário

Não aceitamos:

- Agressões e insultos contra autores, outros comentaristas e personagens citados nas colunas e matérias
- Declarações sexistas, xenófobas ou racistas
- Informações falsas
- Propaganda comercial
- Evite digitar em Maiúsculo

 
Copyright © 2016. Cacoal NEWS Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa© Web Sites (69) 9366 7066 WhatsApp | www.dupessoa.com.br