A menina de apenas 04 anos foi estuprada duas vezes e morta pelo padrasto

Enviar no WhatsApp
Um homem de 28 anos foi preso acusado de estuprar e matar a enteada de apenas 04 anos na cidade de Bom Jardim de Goiás (415 km de Goiânia). De acordo com a Polícia Civil, a criança morreu por causa de complicações causadas por uma compressão no pulmão e o delegado responsável pelo caso, Ricardo Galvão, apura se a lesão foi causada durante o abuso. O crime aconteceu nesta última segunda-feira (18).


Segundo informações, durante a tarde a menina estava sentindo dores no corpo, teve febre, vômitos e foi atendida no pronto socorro da cidade onde foi liberada em seguida. Já no final da noite ela voltou a sentir mal e foi levada novamente para a unidade de saúde que constatou que ela estava com insuficiência respiratória e a transferiu para um hospital em Barra do Garças (MT) onde não resistiu e acabou morrendo. 

Durante o atendimento as enfermeiras estranharam a presença de hematomas no corpo da vítima e acionaram a polícia. Posteriormente o corpo da menina foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) que constatou que ela havia sofrido abusos e classificou a morte dela como “violenta”. O padrasto Sandro Ferreira de 28 anos foi preso nesta última terça-feira (19) e negou ter cometido o crime, mas entrou várias vezes em contradição e demonstrou frieza pedindo que a polícia provasse alguma coisa contra ele. 

“Depois que ela voltou do pronto socorro o padrasto ficou cuidando dela até ela ser hospitalizada novamente. Ela já estava passando mal por causa da lesão que ele pode ter causado e ainda é possível que ela tenha piorado depois de sofrer novo abuso”, explica o delegado. Além das evidências, a polícia encontrou no celular do padrasto um vídeo onde ele aparece mostrando o órgão genital para a irmãzinha da criança. A mãe da garota também está sendo investigada pela polícia pois pode ter sido conivente com a ação. “Ela não percebeu nenhuma diferença no comportamento da criança e disse que não desconfiava de nada e não sabia sobre os abusos”, contou Ricardo Galvão. O acusado irá responder por estupro de vulnerável seguido de morte.

Bom Jardim de Goiás - GO

    Opiniões
    Opiniões

0 Comentários:

Postar um comentário

Não aceitamos:

- Agressões e insultos contra autores, outros comentaristas e personagens citados nas colunas e matérias
- Declarações sexistas, xenófobas ou racistas
- Informações falsas
- Propaganda comercial
- Evite digitar em Maiúsculo

 
Copyright © 2016. Cacoal NEWS Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa© Web Sites (69) 9366 7066 WhatsApp | www.dupessoa.com.br