Cacoal passa a ser monitorada 24 horas por dia por câmeras de segurança pela PM

Enviar no WhatsApp
Primeira etapa de desenvolvimento do projeto terá dez câmeras instaladas. Projeto deverá começar a funcionar de fato, nos próximos 15 dias.

Com o objetivo de diminuírem os índices de criminalidade em Cacoal (RO), município a 480 quilômetros de Porto Velho, a Polícia Militar (PM) está implantando o projeto de vídeo monitoramento. As primeiras câmeras já começaram a ser instaladas na área central do município. Na primeira etapa de desenvolvimento do projeto, serão instaladas dez câmeras, mas o projeto contempla 26 unidades.


As câmeras que são de alta tecnologia estão sendo instaladas em locais que já apresentam altos índices de roubos e acidentes. O projeto está sendo implantado com a ajuda financeira de empresários, comerciantes e poder judiciário, mas será operado pela PM.

"Nosso objetivo principal com o vídeo monitoramento é prevenir os crimes e trazer segurança para a sociedade. Acreditamos que a prevenção é a melhor saída", acredita o comandante do 4º Batalhão da PM Paulo Sityá.


A instalação das câmeras é a etapa final do projeto. As imagens colhidas pelos equipamentos serão transmitidas para os policiais por quatro grandes monitores, que serão operados por seis agentes inicialmente durante 24 horas.


"Nós já instalamos três câmeras, acredito que nos próximos dez dias, já estaremos com o sistema pronto. Após a instalação, esses policiais irão passar por um treinamento prático e teórico, para a aprenderem a manusear o equipamento", contou Sityá. Com as imagens, a PM poderá atender o Poder Judiciário, Ministério Público, Polícia Civil e Polícia Rodoviária Federal.


"Quero deixar claro que esse projeto não é voltado para as infrações de trânsito e sim para a prevenção de crimes. Então, a polícia não irá multar utilizando as imagens das câmeras", explicou.

As câmeras são modernas, fazem giros de 360 graus e captam imagens com zoom nítido de até 2.600 metros, podendo ver perfeitamente até mesmo placas de veículos. Já foram investidos no projeto de vídeo monitoramento o valor de R$ 450 mil. O projeto deverá começar a funcionar de fato, nos próximos 15 dias.


Magda Oliveira
Do G1 Cacoal e Zona da Mata

    Opiniões
    Opiniões

0 Comentários:

Postar um comentário

Não aceitamos:

- Agressões e insultos contra autores, outros comentaristas e personagens citados nas colunas e matérias
- Declarações sexistas, xenófobas ou racistas
- Informações falsas
- Propaganda comercial
- Evite digitar em Maiúsculo

 
Copyright © 2016. Cacoal NEWS Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa© Web Sites (69) 9366 7066 WhatsApp | www.dupessoa.com.br