Aumento de 10% no efetivo da Polícia Militar urbana e do campo em Rondônia

Enviar no WhatsApp
Com a incorporação de mais de 400 policiais ao efetivo da Polícia Militar na noite de quinta-feira (19) durante formatura de entrega de boinas na sede do comandado-geral da PM, na capital, o governo de Rondônia investiu no aumento de 10% do efetivo para garantir maior segurança à população.

A PM passa a contar agora com maior número de policiais e, segundo o governador Confúcio Moura, goza de alto grau de reconhecimento das suas atividades perante a sociedade. De acordo com o comandante-geral, coronel PM Enedy Dias de Araújo, a corporação caminha para o alcance das metas traçadas pelos integrantes do chamado Estado Maior da instituição.

formatura 1

O aumento do efetivo de policiais tanto militares quanto civis é, de acordo com o governador, um dos grandes anseios da população, obrigada a conviver com o fenômeno social da escalada da violência.

Ele explicou, no entanto, que diante do atual cenário da economia nacional é necessário tratar as contas públicas com austeridade e total controle dos gastos. Dois fatores que foram decisivos para que o Estado pudesse investir na contratação dos novos policiais militares e bombeiros.

formatura2

Os novos policiais, dentre os quais 40 mulheres, participaram de curso de formação com 1.206 horas-aula durante sete meses, estágio em policiamento ostensivo e estão aptos para atuar nas diferentes modalidades de combate à criminalidade e violência nas áreas urbana e no campo. 

oradora

O reforço policial chegará também às unidades de outros municípios, que necessitam da ampliação de seus quadros, mas a prioridade é Porto Velho e região do Vale do Jamari, consideradas as duas regiões com maior demanda de Rondônia.

O soldado feminino Patrícia Dias Rodrigues, oradora da turma 2015/2016, destacou o alto nível de formação do curso e dos instrutores, responsável pela formação de policiais bem treinados e preparados para garantir a segurança da população, a partir do respeito e cordialidade no trato com os cidadãos.Admitiu o grau de dificuldades da maioria dos módulos do curso de formação, como às atividades de sobrevivência na selva, por exemplo, e encerrou afirmando que “se fosse fácil qualquer um poderia ser PM”.

formatura3

Texto: Abdoral Cardoso
Fotos: Cecoms PMRO

    Opiniões
    Opiniões

0 Comentários:

Postar um comentário

Não aceitamos:

- Agressões e insultos contra autores, outros comentaristas e personagens citados nas colunas e matérias
- Declarações sexistas, xenófobas ou racistas
- Informações falsas
- Propaganda comercial
- Evite digitar em Maiúsculo

 
Copyright © 2016. Cacoal NEWS Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa© Web Sites (69) 9366 7066 WhatsApp | www.dupessoa.com.br