Cunhado de Ana foi quem enfrentou e baleou homem em hotel

Enviar no WhatsApp
Segundo a PM, o homem armado se envolveu em briga com o cunhado. Mulher do cunhado, que é assessora de Ana, foi baleada.

Um homem foi morto após ameaçar a apresentadora de televisão Ana Hickmann na tarde deste sábado (21), no hotel em que ela estava hospedada na Região Centro-Sul de Belo Horizonte. O cunhado da apresentadora, Gustavo Correa, irmão do marido Alexandre Correa, é suspeito de matar a tiros o suposto fã durante uma briga. A mulher do cunhado, que também é assessora, foi baleada. O fã estava armado.


Ana Hickmann falou pela primeira vez depois de sofrer um ataque de um homem que tentou matá-la na tarde do último sábado (21). Em conversa com o repórter Vinícius Dônola, do Domingo Espetacular, a apresentadora relatou os momentos de terror que passou sob a mira do atirador• VÍDEO: Abalada, Ana Hickmann revela o que viveu na mira do atirador• Ouça a conversa entre Ana Hickmann e o homem que tentou matá-la durante ataque em hotel• Vizinhos descrevem homem que atacou Ana Hickmann como reservado; na internet ele era obsessivo

As primeiras informações da ocorrência davam conta de uma possível briga de casal, com uma mulher ferida e um homem morto por outro homem. No primeiro momento, as relações entre eles não foram esclarecidas pela polícia. Depois, a polícia disse que o fã teria invadido o hotel, mas durante entrevista coletiva, por volta das 18h40, a PM confirmou que ele estava hospedado.


Segundo o boletim de ocorrência da Polícia Militar, o homem armado entrou no hotel e abordou Gustavo Correa. O suposto fã o obrigou a levá-lo até o quarto da apresentadora. Dentro do quarto ficaram Ana Hickmann, Gustavo e sua mulher, que é assessora para moda, Giovana Oliveira, além do homem.


Neste momento, ele os obrigou a ficarem de costas. Gustavo, segundo a PM, resistiu. O fã, então, disparou a arma, atingido dois tiros em Giovana, um no ombro e outro na barriga. Com os disparos, Gustavo entrou em luta com o atirador e o conseguiu desarmar. Ainda segundo a PM, o cunhado teria atirado na sequência.

Apesar de tudo o que passou, Ana diz que não sente nenhuma raiva de Rodrigo. — Por várias vezes tentei ter raiva desse rapaz, pelo que ele fez a gente passar, por ter machucado uma pessoa que eu amo tanto. Mas ao mesmo tempo eu não consigo ter raiva dele. Me vem um sentimento de pena. O que faz uma pessoa chegar a tamanho desespero e maldade no coração a ponto de achar que tirar a vida de alguém vai fazer ele melhor? Só posso entender que isso é loucura• VÍDEO: Abalada, Ana Hickmann revela o que viveu na mira do atirador• Ouça a conversa entre Ana Hickmann e o homem que tentou matá-la durante ataque em hotel• Vizinhos descrevem homem que atacou Ana Hickmann como reservado; na internet ele era obsessivo

O capitão Flávio Santiago, chefe da sala de imprensa da Polícia Militar, disse em entrevista coletiva que o próprio cunhado da apresentadora entregou a arma na recepção do hotel e pediu para que chamassem a polícia. "Ele [Gustavo] atesta que, nesta luta corporal, há os três disparos, ele vê que o cidadão cai ao solo. Ele pega a arma, desce de imediato e entrega esta arma para a portaria do hotel e avisa ‘Olha, tem um cidadão lá, que atentou contra a nossa vida, chama a polícia”, disse capitão Santiago.


Giovana foi socorrida ao Hospital Biocor. A unidade de saúde disse que o quadro dela é estável. Por telefone, a assessora de imprensa de Ana Hickamnn disse que a apresentadora está bem. "A Ana está muito abalada, mas está bem", disse Fabiana. A assessora informou que uma nota será divulgada posteriormente.


O rapaz identificado como Rodrigo Augusto de Pádua invadiu o quarto do hotel onde a apresentadora estava hospedada em Belo Horizonte, Minas Gerais. “Parece cena de filme. O enredo de um grande filme de terror digno de Oscar”, disse Ana sobre a cena• VÍDEO: Abalada, Ana Hickmann revela o que viveu na mira do atirador• Ouça a conversa entre Ana Hickmann e o homem que tentou matá-la durante ataque em hotel• Vizinhos descrevem homem que atacou Ana Hickmann como reservado; na internet ele era obsessivo

O suspeito foi identificado como Rodrigo Augusto de Pádua. O irmão dele, Helisson de Pádua, chegou ao hotel no início da noite deste sábado e, muito emocionado, falou sobre o irmão. Segundo ele, foram descobertas mensagens de Rodrigo onde ele dizia que se correspondia por textos com a apresentadora. Helisson contou que, ultimamente, o irmão, que mora em Juiz de Fora, na Zona da Mata de Minas Gerais, estava mais recolhido ao quarto.


Rodrigo atirou na direção da cabeça de Ana, mas acabou atingindo Giovanna, cunhada da apresentadora, no abdômen e no braço. Depois, Gustavo Corrêa, cunhado de Ana, foi para cima do rapaz. Houve uma briga e Gustavo conseguiu desarmar o homem e atirou contra ele, matando o agressor.— Se não fosse meu cunhado, meu marido teria ido me buscar no IML pra me enterrar. Não aconteceu o pior porque ele foi muito corajoso em segurar aquele rapaz. Ele ia acabar com minha família toda, não só comigo• VÍDEO: Abalada, Ana Hickmann revela o que viveu na mira do atirador• Ouça a conversa entre Ana Hickmann e o homem que tentou matá-la durante ataque em hotel• Vizinhos descrevem homem que atacou Ana Hickmann como reservado; na internet ele era obsessivo

No perfil que Rodrigo mantinha no Instagram, todos os post eram relacionados à apresentadora, a quem o fã dizia amar. Por volta das 17h15, o hotel Caesar Business divulgou uma nota sobre o ocorrido. Segundo o hotel, a apresentadora seria a vítima do suposto fã. "A rede Caesar Business confirma que a apresentadora Ana Hickmann foi vítima de um suposto fã na tarde desse sábado, 21 de maio, na unidade Belvedere, em Belo Horizonte. A apresentadora passa bem. O hotel lamenta ter sido local do ocorrido e afirma que está contribuindo para as investigações junto ás autoridades", disse o comunidado.


Ana ainda não sabe quando volta ao trabalho e quer ficar junto da família. — Primeira coisa que eu quero: ver toda a minha família aqui em casa. Vão ficar cicatrizes, mas para contar que a gente teve uma segunda chance. Não vou deixar de acreditar que as pessoas são boas, não posso acreditar que todo mundo é assim• VÍDEO: Abalada, Ana Hickmann revela o que viveu na mira do atirador• Ouça a conversa entre Ana Hickmann e o homem que tentou matá-la durante ataque em hotel• Vizinhos descrevem homem que atacou Ana Hickmann como reservado; na internet ele era obsessivo

O G1 entrou em contato com a rede de televisão Record, onde Ana Hickmann trabalha, e aguarda retorno.

Do G1 MG
Do Domingo Espetacular

    Opiniões
    Opiniões

0 Comentários:

Postar um comentário

Não aceitamos:

- Agressões e insultos contra autores, outros comentaristas e personagens citados nas colunas e matérias
- Declarações sexistas, xenófobas ou racistas
- Informações falsas
- Propaganda comercial
- Evite digitar em Maiúsculo

 
Copyright © 2016. Cacoal NEWS Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa© Web Sites (69) 9366 7066 WhatsApp | www.dupessoa.com.br