Estudante de Medicina na Bolívia é encontrada morta em Cochabamba

Enviar no WhatsApp
Yasmin Lima estava no 1º período do curso, na Universidade Privada Abierta Latinoamericana (Upal), e residia em Cochabamba. Uma estudante natural da cidade de São Luís (MA), que cursava medicina na Bolívia, foi encontrada morta neste domingo (29), no apartamento em que morava.


Segundo o relato de um colega de curso à imprensa do Maranhão, Yasmin foi encontrada pela Divisão de Homicídios de Cochabamba com sinais de envenenamento. Não está descartada a hipótese de suicídio.

Uma irmã da estudante viajou até a cidade boliviana para acertar os detalhes cremação do corpo ainda em solo estrangeiro.

De acordo com informações do site O Alto Acre, o laudo da perícia médica poderá demorar cerca de uma semana, até ser liberado e realizado a cremação.


    Opiniões
    Opiniões

0 Comentários:

Postar um comentário

Não aceitamos:

- Agressões e insultos contra autores, outros comentaristas e personagens citados nas colunas e matérias
- Declarações sexistas, xenófobas ou racistas
- Informações falsas
- Propaganda comercial
- Evite digitar em Maiúsculo

 
Copyright © 2016. Cacoal NEWS Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa© Web Sites (69) 9366 7066 WhatsApp | www.dupessoa.com.br