Brasileiros são acusados de execução na fronteira de Ponta Porã no MS

Enviar no WhatsApp
Oito homens, entre brasileiros e paraguaios, foram presos suspeitos de envolvimento no assassinato do empresário e narcotraficante Jorge Rafaat Toumani, o popular "Rei da Fronteira" alvo de vários disparos de armamento calibre .50, usado pelas forças Armadas, na noite de ontem (15), no Centro de Pedro Juan Caballero, cidade que faz fronteira com Ponta Porã no MS. Direto de Pedro Juan Caballero - Paraguai.


Conforme o site Capitanbado, os acusados são Mário Ariel Sanchez Gimenez, 28 anos, Wilfrido Coronel Lopes, 36 anos, Alcides Ramnon Nunez Pereira, 37 anos, Eladio Amarilla, 34 anos, Robson Suarez Palcios, 30 anos, Abel Ramon Palacios Jara, Maxuesli Rodrigues Andrade e Roque Ortiz Brum.



O caso

Jorge seguia em um Hummer blindado, mas o veículo não suportou o calibre das munições usadas e ele acabou atingido e morto no local. Seguranças que o acompanhavam reagiram e houve um intenso tiroteio na região. A população ficou assustada e descreveram um cenário de guerra.

Narcotraficante - Conhecido também por organizar promoções para compras em Pedro Juan, Jorge Rafaat foi condenado por Odilon Oliveira, juiz da 3ª Vara Federal de Ponta Porã, em 30 de abril de 2014, quando além dele, outros sete traficantes da fronteira foram sentenciados. O empresário foi condenado a várias penas que, somadas, totalizam 47 anos de prisão em regime fechado, além de multa de R$ 403,8 mil.

Campo Grande News


Saiba mais www.meuapp.dupessoa.com.br
Existe em Rondônia uma nova geração de clientes cada vez mais focada no uso dos celulares, tablets e smartphones, que passam 24 horas conectadas ao seu aparelho. Essa geração já corresponde a 87% da população. Que tal colocar o seu negócio ou serviço literalmente nas mãos dessas pessoas? Se isso parece ótimo pra você, imagine para o seu cliente, poder estar a um toque de distância do seu alcance! Converse conosco (69) 9366 7066 WhatsApp
 
    Opiniões
    Opiniões

0 Comentários:

Postar um comentário

Não aceitamos:

- Agressões e insultos contra autores, outros comentaristas e personagens citados nas colunas e matérias
- Declarações sexistas, xenófobas ou racistas
- Informações falsas
- Propaganda comercial
- Evite digitar em Maiúsculo

 
Copyright © 2016. Cacoal NEWS Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa© Web Sites (69) 9366 7066 WhatsApp | www.dupessoa.com.br