Mais duas farmácias são assaltadas por casal com capacete em Cacoal

Enviar no WhatsApp
Crimes foram cometidos pelos mesmos autores de outros roubos, diz PM. Assalto foi registrado na Delegacia de Polícia Civil, que investiga o caso.

Em Cacoal (RO), a 480 quilômetros de Porto Velho, a prática de assaltos a farmácias continua. Mais dois estabelecimentos foram assaltados na úlitma quarta-feira (29). Segundo a Polícia Militar (PM), os crimes foram praticados por um casal que chega de motocicleta e, sem retirar os capacetes da cabeça, obrigam os funcionários a entregar o dinheiro do caixa e fogem na sequência. Os crimes foram registrados na Delegacia de Polícia Civil, que investiga os casos.


De acordo com o comandante da 1ª e 2ª Companhia de Policiamento Ostensivo, o tenente da PM Antônio Rodrigues de Matos, o alvo dessa vez foi uma farmácia do centro da cidade e outra localizada no Bairro Vista Alegre. Ao todo, cerca de R$ 400 foram levados pelos suspeitos, incluindo os dois comércios. "Estes crimes estão sendo investigados pela Polícia Civil e pelo Núcleo de Inteligência da PM, porém, mesmo com a dificuldade para fazer a identificação por causa do capacete, tudo indica que são os mesmos suspeitos que vêm praticando roubos há vários dias na cidade", relata.


Ainda de acordo com o tenente, a suspeita é que os autores dos roubos tenham passagens pela polícia. "Acreditamos que os responsáveis por estes crimes já são reincidentes, por isso estamos monitorando eles e em breve devem ser presos", disse.

Opinião

Sobre o projeto de lei aprovado pela Câmara de Vereadores, que proíbe a entrada e permanência de pessoas em comércios, órgãos públicos e estabelecimentos de créditos usando capacete ou outro acessório que dificulte a identificação, o comandante acredita que a lei é válida, mas não vai resolver o problema. "Penso que será uma lei neutra. Por um lado é bom porque mostra que o poder legislativo está preocupado com a violência e está buscando alternativas para neutralizá-la. No entanto, por não ter punição não impedirá os bandidos de agirem, pois uma pessoa que comete um assalto já está desrespeitando várias leis e isso será indiferente para ela", acredita Matos.


A lei

A lei foi aprovada no início da semana e seguirá para validação na prefeitura para entrar em vigor. O objetivo da lei  é combater o crime e reduzir os assaltos praticados por criminosos que usam o capacete para esconder o rosto durante a ação. De acordo com a lei, os responsáveis pelos estabelecimentos deverão fixar exemplares da proibição nos locais de entrada do público. A pessoa que se recusar a retirar o capacete não deverá ser atendida e a polícia poderá ser acionada para resolver o caso. No entanto, não haverá multas para aqueles que descumprirem a exigência.

Rogério Aderbal
Do G1 RO


Existe em Rondônia uma nova geração de clientes cada vez mais focada no uso dos celulares, tablets e smartphones, que passam 24 horas conectadas ao seu aparelho. Essa geração já corresponde a 87% da população. Que tal colocar o seu negócio ou serviço literalmente nas mãos dessas pessoas? Se isso parece ótimo pra você, imagine para o seu cliente, poder estar a um toque de distância do seu alcance! Converse conosco (69) 9366 7066 WhatsAppSaiba mais www.meuapp.dupessoa.com.br.
    Opiniões
    Opiniões

0 Comentários:

Postar um comentário

Não aceitamos:

- Agressões e insultos contra autores, outros comentaristas e personagens citados nas colunas e matérias
- Declarações sexistas, xenófobas ou racistas
- Informações falsas
- Propaganda comercial
- Evite digitar em Maiúsculo

 
Copyright © 2016. Cacoal NEWS Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa© Web Sites (69) 9366 7066 WhatsApp | www.dupessoa.com.br