Campanha pela Prefeitura de Cacoal ganha novo rumo com a desistência de pré-candidatos

Enviar no WhatsApp
Alguns pré-candidatos já sinalizaram desistir da disputa

A sucessão municipal em Cacoal ganhou um novo rumo nos últimos dias. Tudo isso devido à decisão do PTB de Cacoal, em desistir de lançar Divino Cardoso Campos nas eleições de 2016, uma vez que o mesmo ainda não havia confirmado sua candidatura ao diretório do partido, cujo fato se tornou público, onde Divino Cardoso afirmou seu posicionamento e interesse em participar do pleito.


Divino Cardoso não participará das eleições deste ano, devido aos compromissos empresariais no município. Em razão desse acontecimento e as dificuldades de composições partidárias, onde diversos grupos foram formados para discussão do pleito, sem chegar a acordos, porém, o PTB poderia indicar alguém do grupo para formar uma composição e uma aliança com a Deputada Glaucione Rodrigues (PSDC) para disputar as eleições de 2016.

Com 776.614 mil visualizações e 18.840 mil votos até o momento, se as eleições para a Prefeitura de Cacoal (Ro), fossem hoje, Divino Cardoso seria eleito, no entanto, seu apoio a candidata Glaucione teria sucesso, e a Deputada seria a nova prefeita da Capital do Café.


A diferença no percentual é grande, porém, essa não é uma votação oficial e as chances de haver uma virada não pode ser descartada. Esta enquete não serve como pesquisa científica, mas demonstra a atual situação política da cidade de Cacoal.

Divino Cardoso  PTB 4,670 votos
Glaucione Rodrigues PSDC
3,949 votos

Por outro lado, sem grandes nomes para concorrer às eleições deste ano, o PTB deve se posicionar em fazer uma aliança com o PMDB, partido do atual Governador de Rondônia, Confúcio Moura, e mesmo com a proximidade das convenções e essas mudanças na reta final e das diversas propostas dos partidos que demonstram interesse numa composição definitiva, o PTB ainda não deve informar o nome do vice da Deputada Glaucione na disputa.


Se continuar no ritmo indefinido pela pré-campanha, tudo indica que Glaucione deverá buscar em outros partidos um nome para ser seu vice na disputa, tudo indica que entre os nomes mais cotados estaria o do empresário Elcirone Deiró do PP.

Os eleitores este ano terão poucas opções para a escolha do novo ocupante do Palácio Café. Mas uma coisa é certa: as novas regras estabelecidas pela Justiça Eleitoral justifica em alguns aspectos o cenário político que se formou.

As convenções partidárias para a escolha dos candidatos pelos partidos e a deliberação sobre coligações devem ocorrer até o dia 5 de agosto. No caso das convenções não indicarem o número máximo de políticos, as vagas que sobram devem ser preenchidas em até 30 dias antes do pleito, não mais 60 dias, como era na legislação anterior.

Por Eduardo Pessoa

    Opiniões
    Opiniões

0 Comentários:

Postar um comentário

Não aceitamos:

- Agressões e insultos contra autores, outros comentaristas e personagens citados nas colunas e matérias
- Declarações sexistas, xenófobas ou racistas
- Informações falsas
- Propaganda comercial
- Evite digitar em Maiúsculo

 
Copyright © 2016. Cacoal NEWS Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa© Web Sites (69) 9366 7066 WhatsApp | www.dupessoa.com.br