Cernic realiza feira para manter estrutura da instituição em Cacoal

Enviar no WhatsApp
Feira da Solidariedade será no fim de semana na área central da cidade. Em 2015 o Cernic arrecadou com a feira R$ 130 mil.

Alunos e professores do Centro de Reabilitação Neurológica de Cacoal (Cernic) estão empenhados para deixarem tudo pronto para a 28ª edição da Feira da Solidariedade. A festa será no sábado (9) e domingo (10), na Avenida Porto, na área central do município. Para que o evento ocorra todos os anos, o centro conta com o apoio dos empresários do município, que se unem na montagem de barracas e na venda de produtos. Todo o lucro arrecadado durante a feira é doado ao Cernic, para ajudar na manutenção da instituição.

Cernic - Centro de Reabilitação Neurológica de Cacoal, RO (Foto: Magda Oliveira/G1)

De acordo com a diretora do Cernic, Nalzira de Fátima, as famílias que participarem de feira, além de contribuir de forma social, ainda terão a disposição barracas com comidas típicas, brincadeiras para as crianças, além de apresentações que serão realizadas sobre um palco montado especialmente para a festa.

"Essa feira ocorre uma vez por ano e é através desse lucro que conseguimos manter o prédio apto para o funcionamento. Esse recurso é quase todo usado na manutenção da estrutura física", explicou Nalzira.

Alunos do Cernic ensaiando para as apresentações da feira (Foto: Magda Oliveira/G1)Além da venda de comidas típicas, no local também será montado uma lojinha com produtos confeccionados pelos próprios alunos, onde as pessoas poderão comprar a partir do valor de R$ 5. "Nós também estamos com a venda de cartelas de bingo, que serão comercializadas no valor de R$ 5. As pessoas que comprarem poderão ganhar até 10 prêmios, sendo que cinco são presenciais e cinco computadorizados", explicou Nalzira.

Em 2015, o Cernic arrecadou com a feira R$ 130 mil. A expectativa dos organizadores é que esse valor seja ultrapassado. A festa começa no sábado às 19h.

Cernic

O Cernic já atua em Cacoal há 33 anos. Atualmente atende 235 crianças e adultos, nas áreas de saúde, educação especial e serviço social. Destes, cerca de 30 são portadores da Síndrome de Down.

Magda Oliveira
Do G1 Cacoal e Zona da Mata

    Opiniões
    Opiniões

0 Comentários:

Postar um comentário

Não aceitamos:

- Agressões e insultos contra autores, outros comentaristas e personagens citados nas colunas e matérias
- Declarações sexistas, xenófobas ou racistas
- Informações falsas
- Propaganda comercial
- Evite digitar em Maiúsculo

 
Copyright © 2016. Cacoal NEWS Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa© Web Sites (69) 9366 7066 WhatsApp | www.dupessoa.com.br