Corretora de imóveis é assassinada dentro de escritório em Cacoal

Enviar no WhatsApp
Vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos. Polícia trabalhará com todas as linhas de investigação possíveis. Uma corretora de imóveis foi assassinada na tarde de sábado (9) em Cacoal (RO), município localizado a 480 quilômetros de Porto Velho, enquanto cumpria seu plantão de vendas, em um escritório localizado no Bairro Green Ville.

No momento do crime, por volta das 16h, ela estava sozinha no local. A vítima, que possivelmente foi atingida por golpes de faca, chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital. Ainda no escritório ela afirmou que foi roubada.

 

Segundo o boletim de ocorrência, uma testemunha que também trabalha no condomínio, contou à polícia que estava passando e o condutor de uma motocicleta vermelha quase colidiu com seu veículo, por estar pilotando de forma desordenada. Por saber dos constantes roubos que estavam sendo praticados no escritório, ele foi até o local, foi quando encontrou a funcionária já ferida.




Por ter fobia ao sangue, a primeira testemunha chamou mais dois homens para ajudar a dar suporte para a vítima que ainda estava viva, até a chegada do socorro. Durante esse período, ela contou às testemunhas que foi assaltada e pedia socorro. Ela também disse que o infrator estava com uma camisa de cor azul em uma moto de cor preta.


Os policias chegaram a procurar o suspeito próximo ao local do crime, na esperança de localizar algum objeto que pudesse ter caído da moto durante a fuga ou até mesmo a faca utilizada para ferir a mulher, mas nada foi encontrado.


A perícia colheu provas que possam ajudar a identificar os suspeitos. O marido da vítima contou à polícia que há cerca de 45 dias um outro assalto tinha seido feito, e que desde então só abria a porta, após os possíveis clientes tirarem o capacete. Após esse primeiro assalto, o mesmo infrator voltou ao escritório dias depois, e ao ser solicitado pela corretora que retirasse o capacete, ela o reconheceu e deixou isso claro para ele.



As testemunhas que também trabalham no escritório não perceberam a ausência de nenhum objeto do local. A delegada regional interina da Polícia Civil, Anita Erica Wessel Xander, disse que a polícia irá trabalhar com todas as linhas de investigações possíveis para chegarem até o autor do crime. A corretora de imóveis assassinada deixou duas filhas adolescentes e o marido.

Do G1 Cacoal com Cacoal NEWS e Zona da Mata

    Opiniões
    Opiniões

0 Comentários:

Postar um comentário

Não aceitamos:

- Agressões e insultos contra autores, outros comentaristas e personagens citados nas colunas e matérias
- Declarações sexistas, xenófobas ou racistas
- Informações falsas
- Propaganda comercial
- Evite digitar em Maiúsculo

 
Copyright © 2016. Cacoal NEWS Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa© Web Sites (69) 9366 7066 WhatsApp | www.dupessoa.com.br