Menu Right

Top Social Icons

Publicidade
Publicidade
69 9 9366 7066
WhatsApp
WhatsApp

18/07/2016

Mês de julho está voltado a detecção e diagnóstico da hanseníase em Cacoal

Em 2015, 55 novos casos foram diagnosticados da doença no município. Hanseníase tem cura e o tratamento que é oferecido de forma gratuita.

Durante todo o mês de julho, a Secretaria Municipal de Saúde de Cacoal (RO), município a 480 quilômetros de Porto Velho, estará intensificando ações voltadas para o diagnostico e tratamento da hanseníase, através da campanha Julho Roxo. De acordo com a enfermeira laboratorial Jessíca Reco Cruz, em 2015 foram 55 novos casos diagnosticados da doença no município.

Julho Roxo terá ações voltadas para o diagnostico e tratamento da hanseníase em Cacoal, RO (Foto: Magda Oliveira/G1)

Já no primeiro quadrimestre deste ano, outros 13 novos casos já foram confirmados. Jessíca explica que a hanseníase é uma doença silenciosa. Para ser percebida, a pessoa precisa estar muito atenta com o próprio corpo, mais o ideal é procurar uma Unidade Básica de Saúde (UBS) para ser examinada.
saiba mais

"A hanseníase apresenta manchas dormentes pelo corpo, e nesse local há ausência de pelos e sudorese. Porém, há regiões de difícil acesso. Para que esses sintomas sejam percebidos, o ideal é que toda a população procure atendimento médico para que sejam examinados", solicita a enfermeira.

Para melhorar esse diagnostico e início do tratamento, no dia 22 deste mês, será realizado o 'Dia D da Mancha', quando todas as UBS estarão com atendimentos voltados para a hanseníase, das 7h30 às 17 horas. O atendimento para as pessoas que desconfiam que estão com a doença ou queiram esclarecer dúvidas não precisa ser agendado e é realizado em todas as UBS do município diariamente. A hanseníase tem cura, e o tratamento que dura de seis meses a um ano é oferecido de forma gratuita em todas as UBSs que oferecem atendimento diário.

Magda Oliveira
Do G1 Cacoal e Zona da Mata

Copyright © 2016 Cacoal NEWS | Du Pessoa Serviços Digitais.
YOUR ALT TEXT