Filho é preso suspeito de tentar matar o pai a socos e pauladas em Cacoal

Enviar no WhatsApp
PM encontrou suspeito agredindo idoso dentro de casa no distrito Riozinho. Idoso sofreu hematomas, recebeu atendimento médico e foi liberado.

Um homem de 31 foi preso na última quarta-feira (3) suspeito de tentar matar o próprio pai de 60 anos no distrito Riozinho em Cacoal (RO), município a 480 quilômetros de Porto Velho. Segundo a Polícia Militar (PM), os policiais encontraram o suspeito dentro de casa desferindo pauladas e socos contra a vítima, gritando que iria matá-la. O idoso sofreu hematomas pelo corpo, recebeu atendimento médico e foi liberado pela unidade de saúde.


Segundo consta no boletim de ocorrência, a polícia recebeu dois chamados na última quarta (3) contra o suspeito. No primeiro, os policiais foram acionados para conter uma discussão em um estabelecimento comercial. O homem chegou ao local e sem motivo aparente começou agredir um serrador com socos e pontapés. Quando a PM chegou, a vítima não quis registrar a ocorrência, apenas pediu para os militares aconselhar o suspeito.

Em outra ocasião, no mesmo dia, a PM foi novamente acionada. Dessa vez pela proprietária de um bar. A mulher contou que o suspeito chegou no comércio, pediu uma bebida alcoólica e em seguida saiu correndo sem pagar.

Ao chegar no bar e diante das informações, a polícia resolveu procurar o suspeto em sua residência. Quando chegaram ao local, os policiais encontraram o homem em cima do pai, desferindo pauladas e socos. Durante as agressões, o homem gritava que iria matar o idoso.

O homem foi contido pelos policiais, algemado e preso. O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de Cacoal. Lá, foi constatado que contra o suspeito existem várias ocorrências registradas de violência contra o pai. O idoso, o serrador e a dona do bar registraram ocorrência contra o suspeito. O homem foi encaminhado ao mini presídio do município e vai responder por tentativa de homicício. Segundo o registro policial, a vítima sofreu hematomas pelo corpo, principalmente na cabeça, foi encaminhado ao pronto-socorro, onde passou por exames, e em seguida foi liberado.

Rogério Aderbal
Do G1 Cacoal e Zona da Mata

    Opiniões
    Opiniões

0 Comentários:

Postar um comentário

Não aceitamos:

- Agressões e insultos contra autores, outros comentaristas e personagens citados nas colunas e matérias
- Declarações sexistas, xenófobas ou racistas
- Informações falsas
- Propaganda comercial
- Evite digitar em Maiúsculo

 
Copyright © 2016. Cacoal NEWS Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa© Web Sites (69) 9366 7066 WhatsApp | www.dupessoa.com.br