Rondoniense com 100 kg, perde 32 Kg e decide mudar de vida com dança e exercícios

Enviar no WhatsApp
Jessica Talita, de 24 anos, mudou de vida após uma discussão, e em dez meses de mudança alimentar e exercícios perdeu 32 kg

Pesando 100 kg, convivendo com piadas preconceituosas e dificuldade para comprar roupas, a autoestima da jovem Jéssica Talita era baixa. Depois problemas emocionais por causa do excesso de peso, e uma briga onde ouviu as duras palavras, "ela é gorda, ninguém quer uma pessoa assim", Jessica resolveu mudar de vida e perdeu 32 kg.  

Rondoniense com 100 kg, perde 32 Kg e decide mudar de vida com dança e exercícios

- Não foi fácil ouvir aquilo, e analisando o que já havia passado por causa da minha saúde fragilizada e meu estado emocional completamente abalado, senti que precisava mudar.  
Para compensar o peso e desviar das brincadeiras da família e amigos, Jéssica sempre buscava esconder suas frustrações e sorrir quando alguém falava de seu peso. 

- Quando a gente é gorda, mostramos que nossa personalidade é maior do que qualquer coisa, então me desdobrava para deixar de lado as piadas e brincadeiras, sem mostrar o que me magoava, sempre sorrindo, e assim fui crescendo.  

Rondoniense com 100 kg, perde 32 Kg e decide mudar de vida com dança e exercícios

Jéssica ainda conta que o maior motivador da mudança de vida foi o amor próprio, e assim percebeu que precisava mudar não para ser aceita, mas para melhorar a autoestima.  

- Quando não estava com meus amigos e precisa ser a mais animada da turma eu era uma pessoa pra baixo, muito ciumenta em meus relacionamentos, o que dificultava manter algum namoro, pois minha insegurança me atrapalhava em tudo.  

O primeiro passo foi uma orientação médica, após todos os exames um cronograma de alimentação e exercícios foi passado. Nos primeiros quilos perdidos, a motivação ficou ainda maior, comenta. 

- Quando perdi alguns quilos, fiquei muito feliz, não sabia que iria ver o resultado. Os primeiros cinco dias sem comer como eu estava acostumada me causaram dores, mau humor, mas fui começando a perceber o resultado que tudo mudou, mesmo com dificuldades eu continuei o tratamento.  

Cinco meses de restrição total rendeu um bom resultado, e sempre acompanhada de seu médico começou a inserir produtos integrais em seu cardápio. Jéssica conta que algumas guloseimas não fazem mais falta, pois o hábito da alimentação saudável proporciona o mesmo prazer.  
- Não sinto mais falta da minha alimentação passada, hoje me satisfaço com as comidas mais saudáveis, pois não foi só o corpo que mudou minha mente e saúde também.  

Mesmo com a mudança alimentar, Jessica ainda tem "o dia do lixo", e para saciar algumas vontades ela come algo diferente de seu atual cardápio, mas nada para ficar arrependida depois.  

- Refrigerante, por exemplo, eu não tomo mais, só que já aconteceu de sentir vontade e tomar um copo pequeno, e isso é esporadicamente, não crio mais hábito, pois o mais difícil é manter o peso, e não perdê-lo.  

Outro desafio enfrentado foi com a família depois da mudança de vida. Jéssica comenta que eles não acreditavam que daria certo, e isso fortaleceu a vontade de superar as expectativas de todos, inclusive as dela.  

A jovem ainda explica que a credibilidade dela havia sido quebrada por todas as vezes que iniciava uma dieta e não dava prosseguimento, e todos imaginavam que seria apenas mais uma tentativa.  


- Quando cheguei aos 10 kg perdidos, vi que não poderia voltar mais, e tinha em minha mente ficar com 70 kg, mas quero perder ainda mais, até ficar com o peso certo.  
Hoje Jéssica pesa 68 kg e sua meta é chegar aos 65 kg, e permanece na luta contra o peso .  
- Uma decisão diária, vida de renúncia, mas com o gosto de superação. Diariamente acompanhar a evolução do meu corpo, minha saúde, e a disposição que tenho para tudo é revigorante. Sou outra pessoa, livre dos preconceitos que tinha comigo, e com os problemas que o excesso de peso me causava. 

Os exercícios físicos auxiliam a enrijecer a musculatura, e compõe o cronograma de emagrecimento, além dos exercícios, a nova atleta faz zumba, acelerando o metabolismo, e queimando calorias.  

Por Lívia Costa
Porto Velho


    Opiniões
    Opiniões

0 Comentários:

Postar um comentário

Não aceitamos:

- Agressões e insultos contra autores, outros comentaristas e personagens citados nas colunas e matérias
- Declarações sexistas, xenófobas ou racistas
- Informações falsas
- Propaganda comercial
- Evite digitar em Maiúsculo

 
Copyright © 2016. Cacoal NEWS Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa© Web Sites (69) 9366 7066 WhatsApp | www.dupessoa.com.br