Agricultora de Ouro Preto perde R$ 2,5 mil reais no golpe do falso sequestro

Enviar no WhatsApp
Uma agricultora, de 55 anos, caiu no golpe do falso sequestro e perdeu R$ 2,5 mil ao depositar o valor para o possível resgate. A vítima contou que o criminoso entrou em contato dizendo que havia sequestrado a filha dela, e acabou ficando por cinco horas, das 14 às 19 horas, conversando com o estelionatário, acreditando que sua filha realmente em poder de bandidos.

Agricultora de Ouro Preto perde R$ 2,5 mil reais no golpe do falso sequestro

A vítima mora no travessão 04 da RO-470 (Linha 81) e efetuou dois depósitos bancários, um no valor de R$ 1,5 mil para a conta corrente nº 00002707-7, da agência nº 1730, em favor de Regis Corsino do Rosário, e o outro no valor de R$ 1 mil para a conta corrente 00048334-8, agência 0180, em nome de Daniela Barros Viana. 

A polícia não informa a que cidade pertence às agências onde o dinheiro foi depositado, mas o depósito de mil reais foi para uma Lotérica da cidade de Campos do Goytacazes, no Rio de Janeiro. Quando a vítima desconfiou ter caído em um golpe desligou o celular, que tinha número privado. 

A cada dia os criminosos que aplicam este tipo de golpe aprimoram a técnica de enganar, e apesar de não conhecer a pessoas que é alvo do golpe eles têm o poder de convencimento de induzir a vítima a revelar dados que são utilizados contra ela mesma. Inconscientemente as vítimas vão repassando aos marginais as informações necessárias para que o golpe se concretize. 

A Polícia Civil recomenda que as pessoas que são acionadas ao telefone para o golpe do falso sequestro devem manter a calma e raciocinar o mínimo necessário, ganhando tempo para se comunicar com o familiar que estaria sendo raptado, ou outro parente que ajude a encontrá-lo. Não atender ligações de número estranho, ou de chamada privada, que não aparece o número de quem liga, também impede a ação dos bandidos.

Da Redação
Cacoal NEWS
    Opiniões
    Opiniões

0 Comentários:

Postar um comentário

Não aceitamos:

- Agressões e insultos contra autores, outros comentaristas e personagens citados nas colunas e matérias
- Declarações sexistas, xenófobas ou racistas
- Informações falsas
- Propaganda comercial
- Evite digitar em Maiúsculo

 
Copyright © 2016. Cacoal NEWS Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa© Web Sites (69) 9366 7066 WhatsApp | www.dupessoa.com.br