Cerca de 400 mulheres recebem exames de prevenção ao câncer

Enviar no WhatsApp
Ação faz parte do encerramento da Campanha 'Comboni Rosa' em Cacoal. Mamografias, ultrassonografias e consultas fizeram parte dos atendimentos.

Depois de enfrentarem uma longa fila, cerca de 400 mulheres com faixa etária acima dos 40 anos foram atendidas no Hospital do Câncer São Daniel Comboni de Cacoal (RO), a 480 quilômetros de Porto Velho, neste sábado (12), durante o encerramento da Campanha 'Comboni Rosa'. A iniciativa, que tem o obetivo de prevenir o câncer, teve início às 08h e ofereceu exames gratuitos completos, desde a triagem até a consulta com o mastologista. Desde o início da campanha mais de 2,7 mil pessoas foram atendidas.

Cerca de 400 mulheres recebem exames de prevenção ao câncer

Segundo a coordenadora do hospital, Aparecida de Miranda, na primeira fase da campanha, os atendimentos foram voltados para a zona rural do município, para a realização de exames para detectar o câncer de mama. A programação deste sábado (12) se estendeu até às 12h, com atendimentos abertos ao público, em especial para as mulheres, foco da campanha.

"Além de examinar e orientar as mulheres, caso o resultado chegue com alterações, também proporcionamos o acompanhamento completo", enfatizou a radiooncologista Maureen Castagnaro, reforçando a importância de atendimento e acompanhamento do público feminino.

Cerca de 400 mulheres recebem exames de prevenção ao câncer

Segundo Maurenn, a meta é alcançar as mulheres através da prevenção e também socorrer uma demanda reprimida com apresentação de casos urgentes encaminhados para triagem. "Fazemos todo o atendimento com mamografias, ultrassonografias e caso apareça alguma alteração, a paciente tem direito à biopsia e consulta com o mastologista. Recebemos muitas mulheres e ficamos satisfeitos com o resultado da campanha. Lembrando sempre que o importante é a prevenção", explica a médica.

A dona de casa Jucilene Magalhães, de 46 anos, estava nervosa com a realização do exame. "É a primeira vez que faço e confesso que estou com um frio na barriga", afirmou. Mesmo ansiosa, Jucilene garante que o exame é a melhor prevenção. "Atitudes como essa são importantes para que possamos nos prevenir, pois se não fosse isso talvez eu nem estivesse aqui", garante.

A agricultora Maria de Fátima Sartorio, 52 anos, chegou cedo para garantir o atendimento. Com a retirada de um nódulo da mama esquerda há sete anos, a agricultora não descuida da saúde. "Foi um susto enorme quando descobri. Graças a Deus, foi só um susto, mas se eu não tivesse descoberto logo no começo, talvez poderia terá sido pior e de lá pra cá faço atendimento constante para garantir que o perigo não volte mais", conclui Maria.

Cacoal, Porto Velho
Fernanda Bonilha
Do G1 Cacoal e Zona da Mata

    Opiniões
    Opiniões

0 Comentários:

Postar um comentário

Não aceitamos:

- Agressões e insultos contra autores, outros comentaristas e personagens citados nas colunas e matérias
- Declarações sexistas, xenófobas ou racistas
- Informações falsas
- Propaganda comercial
- Evite digitar em Maiúsculo

 
Copyright © 2016. Cacoal NEWS Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa© Web Sites (69) 9366 7066 WhatsApp | www.dupessoa.com.br