Tribunal do Júri absolve acusados de matar advogado em Cacoal

Enviar no WhatsApp
O Tribunal do Júri da Comarca de Cacoal considerou não haver provas e absolveu os acusados pela morte do advogado Valter Nunes de Almeida, crime ocorrido há 9 anos, na cidade de Cacoal. O julgamento começou na segunda-feira e foram denunciados pelo Ministério Público, Cássio Claros, Jonas de Freitas, Sóstenes Alencar e Vera Lúcia Nunes de Almeida, ex-esposa da vítima.

Tribunal do Júri absolve acusados de matar advogado em Cacoal

O processo que apura esse crime tem 55 volumes e teve início em 2007. Dois anos após, a polícia prendeu os acusados e apresentou a versão de que Cássio Claros e Jonas de Freitas seriam os executores do homicídio, e que Vera Nunes e Sóstenes Alencar teriam encomendado a morte de Valter Nunes. Na fase de investigação policial, Cássio confessou o crime. Mas, em juízo negou. Os outros réus negam a autoria do homicídio.

Da Redação
Rondônia Agora

    Opiniões
    Opiniões

0 Comentários:

Postar um comentário

Não aceitamos:

- Agressões e insultos contra autores, outros comentaristas e personagens citados nas colunas e matérias
- Declarações sexistas, xenófobas ou racistas
- Informações falsas
- Propaganda comercial
- Evite digitar em Maiúsculo

 
Copyright © 2016. Cacoal NEWS Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa© Web Sites (69) 9366 7066 WhatsApp | www.dupessoa.com.br