Menu Right

Top Social Icons

Publicidade
Publicidade
69 9 9366 7066
WhatsApp
WhatsApp

18/05/2017

Veja na íntegra o pronunciamento do presidente Michel Temerr já planeja renunciar

Presidente Michel Temer informa que solicitou oficialmente acesso aos documentos da delação da JBS. O presidente Michel Temer acaba de afirmar em pronunciamento oficial que não irá renunciar em razão das denúncias feitas pelo empresário Joesley Batista em delação premiada homologada pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Veja o vídeo do pronunciamento:


 Em meio a crise, Temer decide renunciar


O Presidente disse:
"Veja a transcrição do pronunciamento do presidente Michel Temer, divulgada pelo Palácio do Planalto: Declaração à Imprensa do Presidente da República, Michel Temer Palácio do Planalto, 18 de maio de 2017 Olha, ao cumprimentá-los, eu quero fazer uma declaração à imprensa brasileira e uma declaração ao País. E, desde logo, ressalto que só falo agora - os fatos se deram ontem - porque eu tentei conhecer, primeiramente, o conteúdo de gravações que me citam. Solicitei, aliás, oficialmente, ao Supremo Tribunal Federal, acesso a esses documentos. Mas até o presente momento não o consegui. Quero deixar muito claro, dizendo que o meu governo viveu, nesta semana, seu melhor e seu pior momento. Os indicadores de queda da inflação, os números de retorno ao crescimento da economia e os dados de geração de empregos, criaram esperança de dias melhores. O otimismo retornava e as reformas avançavam, no Congresso Nacional. Ontem, contudo, a revelação de conversa gravada clandestinamente trouxe volta o fantasma de crise política de proporção ainda não dimensionada. Portanto, todo um imenso esforço de retirar o País de sua maior recessão pode se tornar inútil. E nós não podemos jogar no lixo da história tanto trabalho feito em prol do País. Houve, realmente, o relato de um empresário que, por ter relações com um ex-deputado, auxiliava a família do ex-parlamentar. Não solicitei que isso acontecesse. E somente tive conhecimento desse fato nessa conversa pedida pelo empresário. Repito e ressalto: em nenhum momento autorizei que pagassem a quem quer que seja para ficar calado. Não comprei o silêncio de ninguém. Por uma razão singelíssima: exata e precisamente porque não temo nenhuma delação, não preciso de cargo público nem de foro especial. Nada tenho a esconder, sempre honrei meu nome, na universidade, na vida pública, na vida profissional, nos meus escritos, nos meus trabalhos. E nunca autorizei, por isso mesmo, que utilizassem o meu nome indevidamente. E por isso quero registrar enfaticamente: a investigação pedida pelo Supremo Tribunal Federal será território, onde surgirão todas as explicações. E no Supremo, demonstrarei não ter nenhum envolvimento com esses fatos. Não renunciarei, repito, não renunciarei! Sei o que fiz e sei da correção dos meus atos. Exijo investigação plena e muito rápida, para os esclarecimentos ao povo brasileiro. Esta situação de dubiedade ou de dúvida não pode persistir por muito tempo. Se foram rápidas nas gravações clandestinas, não podem tardar nas investigações e na solução respeitantemente a estas investigações. Tanto esforço e dificuldades superadas, meu único compromisso, meus senhores e minhas senhoras, é com o Brasil. E é só este compromisso que me guiará. Muito obrigado. Muito boa tarde a todos."



Delação dos executivos da JBS, Joesley e Wesley Batista, acusando o presidente Michel Temer de autorizar a compra de silêncio do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha para obstruir a operação Lava Jato provocou um novo caos político no Brasil. O senador Aécio Neves (PSDB), também gravado ao pedir 2 milhões de reais aos executivos, teve seu mandato suspenso pelo STF e a Procuradoria-Geral da República pediu sua prisão, mas o ministro Edson Fachin negou o pedido. O mercado acompanha com apreensão e a Bovespa chegou a acionar circuit breaker após o Ibovespa cair mais de 10% pela manhã. Nas ruas, manifestantes pedem eleições diretas. Mas, em pronunciamento, Temer disse: "não renunciarei".


Que levante a mão quem NÃO quer que as suas publicações da sua Empresa, Produto ou Serviço no Facebook cheguem ao maior número possível de pessoas, sem ter que esperar sua página ter milhares de seguidores pra isso? Se você não é uma dessas pessoas, esse vídeo é pra você! Pois bem, Alcance Orgânico é o número de usuários únicos que veem o seu conteúdo em seu feed de notícias ou visitando a sua página no Facebook. Você ainda está em tempo de conseguir que o alcance orgânico das publicações aumente. Se você quer saber como fazer, recomendo que assista alguns minutinhos deste vídeo, nós podemos ajudar! Saiba mais https://goo.gl/1rkDrL Dúvidas 69 9 9366 7066 WhatsApp.
Cacoal NEWS
Da Redação

Copyright © 2016 Cacoal NEWS | Du Pessoa Serviços Digitais.
YOUR ALT TEXT