Menu Right

Top Social Icons

Publicidade
Publicidade
69 9 9366 7066
WhatsApp
WhatsApp

27/06/2017

Cacoal deve receber 300 novas moradias populares!

Casas serão construídas entre os Bairros Josino Brito e Limoeiro. Investimento será de R$ 21 milhões.

O Ministério das Cidades liberou para Cacoal (RO), município a 480 quilômetros de Porto Velho, a construção de 300 novas moradias através do programa federal ‘Minha Casa, Minha Vida’. Na manhã de terça-feira (20) uma reunião entre o executivo e a empresa vencedora da licitação para a construção da obra foi realizada na Secretaria Municipal de Planejamento (Semplan), onde foram definidas detalhes da obra.

Cacoal deve receber 300 novas moradias populares!

As casas serão construídas entre os Bairros Josino Brito e Limoeiro e o investimento será de R$ 21 milhões. A empresa vencedora para a construção das casas foi a Construtora Resecom Ltda, com sede em Fortaleza (CE). Além das casas, a empresa também ficará responsável pela construção de um poço artesiano e integrar a rede de esgoto do residencial ao já existente no município.

“Agora nós temos o prazo de 90 dias para tirarmos todas as aprovações, alvará de construção, licença ambiental. Essas casas serão de 8x20, não serão geminadas e sim isoladas, tijolo cerâmico rebocado, banheiro, com telha de barro, pavimentação asfáltica, praça, centro comunitário, tudo planejado”, explicou o representante da empresa Henrique Viana.

De acordo com o secretário municipal de Planejamento Ricardo Sá, apesar de todo o processo ser feito pela Caixa Econômica Federal, a secretaria ajudará a fiscalizar. “A Eletrobras já se pronunciou que tem uma rede próxima ao terreno e fará a ligação elétrica, o Saae [Serviço Autônomo de Água e Esgoto], está fazendo o estudo de como fará a ligação da água e o esgoto, e antes do início da construção, todos os detalhes já estarão definidos”, afirmou o secretário.

Cacoal foi a primeira cidade do Estado de Rondônia a ser contemplado com as casas populares, segundo a Prefeita Glaucione Rodrigues. Além dessas moradias, a prefeita já tem projeto homologado no Ministério das Cidades para a construção de outras 500 casas.

“Para a liberação dessas moradias haverá muito rigor e transparência na seleção, espero que essas casas atenda, entre outros públicos, os ribeirinhos, que sofrem no período chuvoso. Já tenho homologado projeto para a construção de outras 500 casas, mais não sei se serão liberadas este ano”, contou a prefeita. As seleções dos interessados em receber as casas populares serão realizadas pela Secretaria Municipal de Ação Social e Trabalho, mais ainda não há data definida para o início dos cadastros.

Magda Oliveira
G1 Cacoal e Zona da Mata

Copyright © 2016 Cacoal NEWS | Du Pessoa Serviços Digitais.
UNOPAR_CACOAL