Menu Right

Top Social Icons

Publicidade
Publicidade
69 9 9366 7066
WhatsApp
WhatsApp

10/07/2017

Caso Naielly - COREN e CRM tem dez dias para enviar relatório ao MP após fiscalização

O caso de óbito de uma criança no hospital HapVida ganha mais um capítulo. A pequena Naielly morreu em abril e desde o início de maio,  pais de Naielly vêm denunciando o caso através das redes sociais. Eles acreditam que o diagnóstico incorreto prejudicou o tratamento da filha, bem como a sua cura. A criança teria morrido diagnosticada com pneumonia, mas por mais de um mês o problema foi considerado pelos médicos como apenas virose e alergia.

Caso Naielly - COREN e CRM tem dez dias para enviar relatório ao MP após fiscalização




Segundo a família da criança, diretores do hospital tentaram em vários momentos intimidar a família. Com o caso denunciado para o Conselho Regional de Medicina (CRM) e o Conselho Regional de Enfermagem (COREN) as entidades tem um prazo de dez dias para enviar os relatórios de suas visitas para o Ministério Público.

Denúncias internas

Um condutor de ambulâncias disse que uma das suas principais motivações para pedir demissão foi o caso da morte de Naielly. Segundo depoimento em suas redes sociais, ele ficou decepcionado com a desorganização do hospital e acredita que isso contribuiu para a não recuperação da criança.

Amara Alcântara 
Polêmica Paraíba

Copyright © 2016 Cacoal NEWS | Du Pessoa Serviços Digitais.
UNOPAR_CACOAL