Menu Right

Top Social Icons

Publicidade
Publicidade
73 9 8888 1488
WhatsApp
WhatsApp

01/08/2017

Homem que se passava por agente penitenciário é preso com droga

Passageira de 42 anos também foi presa, em Pimenta Bueno. Com a dupla, foram encontrados droga, arma de fogo e objetos utilizados por profissionais de segurança.

Um homem de 42 anos foi preso na sexta-feira (28), com três quilos de pasta base de cocaína, um revólver calibre .38 municiado, um colete balístico, um par de algemas e uma tonfa. A prisão em flagrante foi feita pela Polícia Civil, no momento em que o suspeito passava de carro pelo Posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Pimenta Bueno (RO), a 518 quilômetros de Porto Velho.

Homem que se passava por agente penitenciário é preso com droga

No momento da prisão, o homem estava vestido com roupas de agente penitenciário e portava uma identidade funcional de agentes, sem nunca ter exercido a profissão. Ele tinha como passageira uma mulher de 42 anos, que também foi conduzida à delegacia.

Segundo o boletim de ocorrência, a Polícia Civil pediu apoio a PRF para abordar um veículo que teria saído de Cacoal (RO) sentido Pimenta Bueno, transportando droga ou arma de fogo. Por volta das 20 horas, o veículo tentou passar pela PRF, quando foi abordado.

Homem que se passava por agente penitenciário é preso com droga

O homem que conduzia o veículo se apresentou aos policiais como vigilante, sendo que trajava calça jeans e uma camiseta da Secretaria de Estado da Justiça (Sejus). Em revista pessoal ao condutor, foi encontrada na cintura uma arma de fogo com seis munições intactas. Dentro da carteira porta cédula havia uma identidade funcional de vigilante e outra de agente penitenciário, profissão que o suspeito afirmou nunca ter exercido.

Já no veículo foi encontrado uma bolsa atrás do banco do passageiro, com três envólucros de aproximadamente um quilo cada, com substâncias entorpecentes.O homem deverá responder pelos crimes de tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo de uso permitido e usurpação de função pública. Os dois envolvidos receberam voz de prisão, ouviram seus direitos constitucionais e foram encaminhados para exame de corpo de delito. Em seguida, foram conduzidos a Delegacia de Polícia Civil de Pimenta Bueno onde ficaram à disposição da Justiça.

Da Redação 
G1 Cacoal e Zona da Mata

Copyright © 2016 Cacoal NEWS | Du Pessoa Serviços Digitais.
UNOPAR_CACOAL