Menu Right

Top Social Icons

Publicidade
Publicidade
73 9 8888 1488
WhatsApp
WhatsApp

27/10/2017

Impunidade! 20 rios de MG ainda recebem lama de barragem de Mariana, aponta Ibama

O rompimento da barragem de Fundão, que terminou com 19 mortes, vai completar o  segundo aniversário no próximo dia 5 de novembro.

Quase dois anos após a tragédia em Mariana, um relatório do Ibama afirma que 20 dos 109 afluentes do Rio Doce ainda recebem a lama da Samarco. O rompimento da barragem de Fundão, que terminou com 19 mortes, vai completar o segundo aniversário no próximo dia 5 de novembro.

impunidade! 20 rios de MG ainda recebem lama de barragem de Mariana, aponta Ibama

De acordo com o estudo, os rejeitos de minério de ferro não foram contidos nem retirados das margens, em algumas regiões. A inspeção foi realizada em agosto, nas áreas mais danificadas, no trecho de cem quilômetros, entre o distrito de Bento Rodrigues e a usina de Candonga.

Os técnicos verificaram a ocorrência de processos erosivos e concluíram que, em alguns pontos, a lama continua sendo carregada para os rios.

Mesmo assim, o superintendente do Ibama em Minas Gerais, Marcelo Belisário, acredita na recuperação destes locais: “são muitos desafios, a grande escala do evento, mas existem muitos avanços. 16% dos 109 visitados estão aptos a passar dessa fase de conformação inicial e habilitação da área”.

O superintendente do Ibama em Minas Gerais, Marcelo Belisário, acrescenta que as condições da água podem piorar, com a chegada do período chuvoso. As ações de recuperação ambiental são de responsabilidade da mineradora Samarco e das controladoras – Vale e BHP Billiton.

As medidas estão no acordo assinado entre as empresas e os governos federal, de Minas Gerais e do Espírito Santo. O documento prevê a reabilitação de dois mil hectares de rios e afluentes, mas ainda não foi homologado pela Justiça e pode sofrer revisões.

Informações do repórter Vitor Brown

Secom ES
Fred Loureirox

Copyright © 2016 Cacoal NEWS | Du Pessoa Serviços Digitais.
UNOPAR_CACOAL