Menu Right

Top Social Icons

Publicidade
Publicidade
73 9 8888 1488
WhatsApp
WhatsApp

15/11/2017

Nunca foi fácil! Corinthians sai atrás do placar, vira com Jô e Jadson e conquista o hepta

Jô comemora seu gol, o primeiro do Corinthians no duelo contra o Fluminense em Itaquera
“Quarta força”, “Paulistinha é fácil”, “espera o Brasileirão”, “quero ver no segundo turno”. As desconfianças em torno do Corinthians na temporada 2017 eram muitas. Mas, conforme o Timão foi deixando os rivais para trás na tabela do Campeonato Brasileiro, elas foram desaparecendo. Rodada à rodada, adversário por adversário. E nesta quarta-feira (15), o Time do Povo pôs fim a todas essas desconfianças e se tornou heptacampeão nacional.


E como não poderia ser diferente, não foi fácil. Nunca foi, como os torcedores e jogadores disseram ao longo da competição. O Fluminense, adversário do duelo decisivo, abriu o placar logo no primeiro minuto. O gol assustou os donos da casa, que fizeram um primeiro tempo bem abaixo do esperado. Mas, na etapa final, Carille mudou o time, Jô entrou em ação e a virada aconteceu. A primeira do Corinthians em 35 jogos do Brasileirão. A mais importante.

O jogo

Mesmo com a Arena lotada, quem fez a festa logo no início da partida foi o Fluminense. Logo no primeiro minuto de jogo, o time do Rio de Janeiro abriu o placar. Na cobrança de escanteio de Marcos Júnior, Henrique subiu entre Jô e Pedro Henrique e cabeceou para o fundo da rede.

O gol assustou o Corinthians que levou um tempo para equilibrar o jogo e chegar ao gol adversário. O Fluminense, por sua vez, se fechou e marcava bem as investidas dos donos da casa pelo meio. Sem espaço, o Timão abriu o jogo e tentou furar a defesa rival pelos lados.

O Corinthians forçou as jogadas pelo lado direito. Fagner foi o mais acionado na primeira etapa, enquanto Guilherme Arana pouco fez. A primeira grande chance alvinegra surgiu aos 30 minutos, com o lateral-direito entrando na área e batendo cruzado. Jô pulou, mas não alcançou.

Sem conseguir chegar novamente com perigo, Carille inverteu Romero com Clayson, mas as mudanças de lado dos atacantes alvinegros também não surtirem efeito. O placar seguiu 1 a 0 para o Fluminense até o intervalo.

Na volta para a segunda etapa, o treinador corintiano voltou a repetir a substituição feita na partida contra o Avaí, colocando Jadson no lugar de Camacho. O camisa 10 entrou para dar mais qualidade na troca de passes e tentar procurar espaço na defesa do Fluminense.

E a mudança deu resultado mais rápido do que Carille imaginava. Logo no primeiro minuto, Jadson tocou para Jô na esquerda, que abriu para Clayson. O atacante recebeu e levantou na área, na cabeça do camisa 7, que desviou para o fundo da rede. Era o empate do Timão.

E não deu tempo nem mesmo da torcida comemorar, para sair a virada. Aos 3, Caíque França estourou a bola e Jô desviou, deixando para Clayson. O atacante ganhou na velocidade e cruzou. A bola bateu no travessão e voltou para o camisa 7, que de cabeça, empurrou para o gol.

Ao contrário do que aconteceu no primeiro tempo, com a virada alvinegra na etapa final, foi a vez do Corinthians se fechar e o Fluminense adiantar a marcação e pressionar o adversário. Aos 19, Scarpa recebeu na entrada da área e chutou colocado, com muito perigo, por cima do gol.

Com o passar do tempo, as chances foram se tornando mais raras e os visitantes começaram a explorar as jogadas aéreas. Henrique Dourado era o mais acionado, mas Pablo e Pedro Henrique conseguiram contar os lances.

O Corinthians por sua vez, quando tinha a bola, trocava passes curtos, tentando controlar o tempo e avançar em blocos ao ataque. Na arquibancada, os 45.775 torcedores contavam os minutos para o título. Era só segurar o resultado positivo.

E ainda deu tempo de ampliar a vantagem. Aos 39 minutos, o camisa 10 recebeu passe de Fagner na entrada da área, dominou com liberdade e bateu forte, cruzado, sem chance para o goleiro Diego Cavallieri. Festa no Itaquerão, Corinthians heptacampeão brasileiro.

Confira a narração dos gols da partida entre Corinthians x Fluminense:


Da Redação 
Jovem Pan

Copyright © 2016 Cacoal NEWS | Du Pessoa Serviços Digitais.
CACOAL_NEWS