Menu Right

Top Social Icons

Publicidade
Publicidade
73 9 8888 1488
WhatsApp
WhatsApp

09/12/2017

Professor é acusado de pagar alunas para irem sem calcinha a aula

Caso aconteceu no Piauí e foi descoberta pela mãe de uma das vítimas; professor foi afastado.

Um professor foi afastado de maneira preventiva na cidade de Demerval Lobão, a 35 km de Teresina, no Piauí, por assediar as alunas. As autoridades tomaram a providência apenas nesta quinta-feira (7), após a mãe de uma das vítimas descobrir que o homem pagava as menores de idade para irem sem calcinha para as aulas. Além disso, o professor deixaria expresso no pedido que elas fossem usando saias. As alunas da Escola Municipal Francisco Luís Melo estariam na faixa dos 12 anos.


Professor é acusado de pagar alunas para irem sem calcinha a aula
Anunciar no Cacoal NEWS

A secretaria de educação da cidade havia sido procurada pela mãe de uma das aulas na quarta-feira (6), logo quando descobriu o que estava acontecendo. As autoridades informaram que ainda não sabem quantas garotas foram aliciadas, mas sabe-se que estariam todas na mesma faixa de idade. O assédio ia além do pedido e do pagamento. Uma testemunha afirmou que o professor pedia que os alunos saíssem da sala para ficar conversando só com as garotas. 

A partir da denúncia, a secretaria, junto com a prefeitura, decidiu afastar de maneira preventiva o professor, enquanto tudo é investigado. Os órgãos municipais também afirmaram que não darão mais declarações até que o caso não seja encerrado. O delegado da cidade e o Conselho Tutelar não tinham conhecimento sobre o caso, mas já montaram equipes para ajudar nas investigações. 

O prefeito da cidade, Júnior Carvalho, apenas liberou uma nota por meio da assessoria de imprensa. Nela, o mandatário garante que o professor será afastado por 60 dias, até o final do procesos investigativo. Caso seja comprovado o assédio, as medidas cabíveis serão tomadas por parte das autoridades. O professor foi procurado por veículos de imprensa, mas não quis se pronunciar. 

O caso geral grande revolta entre os brasileiros. Nas redes sociais, internautas pedem o que está acontecendo com o Brasil. A sala de aula, que deveria ser o futuro, está virando um lugar para os mais diversos crimes. Apenas na última semana, duas agressões contra professores foram registradas, inclusive com vídeos para mostrar o que aconteceu. 


Da Redação 
Cacoal NEWS

Copyright © 2016 Cacoal NEWS | Du Pessoa Serviços Digitais.
CACOAL_NEWS