close button
Anuncie
Cacoal NEWS - Notícias de Cacoal e Região

Menu Right

Top Social Icons

Slider Area 1

Slider Area 2

Slider Area 3

Destaques

Polícial

Notícias Recentes

Saúde

Destaques

Eleições Políticas


Publicidade

Ji-Paraná

Rolim de Moura

Porto Velho


Publicidade

Interior

Odebrecht

Lava Jato

quinta-feira, 31 de dezembro de 2020

Como assistir TV On Line na SmarTV no Computador ou Celular On Line em HD 2019

O site vertvonline.com.br chegou para lhe proporcionar assistir canais ao vivo em sua SmarTV Samsung, Lg ou no PC, Notebook, iPhone, iPad, Tablet, TV Box e aparelhos com o sistema Android, são mais de 738 canais Ao Vivo com transmissão 24h por dia, agora você assistir os seus canais favoritos onde e quando quiser e o melhor, sem taxas de assinatura ou mensalidades.


Como assistir TV On Line na SmarTV no Computador ou Celular On Line em HD 2019

Como Funciona: Funciona como o YouTube ou a NetFlix por exemplo, mas ao invés de vídeos oferecemos Canais de TV Fechados e Abertos!  E tudo isso sem a necessidade de instalação de programas, ao adquirir a nossa licença você receberá um usuário e uma senha que te dará acesso ao painel de canais do TV Digital no PC onde você terá a visualização de todos os canais em tempo real.

Canal Ver TV On Line transforma o seu PC, Notebook ou Tablet, numa completa central de entretenimento, sem nenhuma complicação. Para isso, basta que tenha uma conexão com a internet, com uma velocidade mínima de 10 megas e nada mais. Não é preciso placas de TV, decoders, cabos ou antenas. Apenas precisa de uma SmarTV,  PC, Notebook ou Tablet ou dispositivo compatível, ligado a internet com seu respectivo browser (navegador) e alguns plug-ins e codecs (aplicativos gratuitos disponíveis em nosso painel de canais), E já está! A TV Digital no PC é 100% on-line e com uma interface de fácil acesso em português, desenhada para lhe oferecer uma transmissão televisiva do Brasil e de vários países do mundo em tempo real. 

Como assistir TV Grátis no Computador ou Celunar On Line em HD

O que é o site Ver TV On Line?  É um sistema de canais 100% online onde você pode assistir aos canais em nosso painel de canais online disponível para em sua SmarTV Samsung, Lg ou no PC, Notebook, iPhone, iPad, Tablet, TV Box e aparelhos com o sistema Android e tudo isso com vídeos de demonstrações com passo a passo e suporte Whatsapp, e você terá acesso a todos os canais. Ao adquirir o nosso sistema você receberá em seu email o link de acesso ao painel juntamente com o seu login e sua senha, com isso você poderá ter acesso aos canais onde quer que esteja necessitando apenas está conectado à internet e mais nada.

Como assistir TV On Line na SmarTV no Computador ou Celular On Line em HD 2019

Tags: ver tv online net, assistir tv online gratis no pc, melhor site para assistir tv online gratis, assistir tv online no celular, minha tv online, tv online vip, tv online gratis globo, tv online plus, globo news ao vivo youtube, transmissão ao vivo globo news, jornal globonews ao vivo online, ver globonews online gratis ao vivo, globonews ao vivo vertv net, assistir globo news ao vivo agora youtube, assistir globo news ao vivo na net, globo news ao vivo, globo news ao vivo gratis, globo news ao vivo youtube agora, globo news ao vivo youtube agora grátis, globo news on line grátis, globo news ao vivo hoje, globo news ao vivo no youtube, globo news ao vivo bolsonaro , assistir globonews, assistir globonews ao vivo, assistir globonews ao vivo hoje, assistir globonews on line, assistir globonews ao vivo on line, globo rio, globo play

Da Redação
Cacoal NEWS

segunda-feira, 26 de outubro de 2020

Em carta, Glaucione se diz inocente e vítima de "cilada" daqueles que buscam assumir Prefeitura em Cacoal, leia a carta!

Depois de um mês presa, a prefeita de Cacoal, Glaucione Rodrigues (MDB), quebra o silêncio e enviou carta aos amigos e eleitores. No texto, ela explica os motivos de sua renúncia e afirma que o momento requer dedicação exclusiva para a defesa no processo do qual é acusada na operação “Reciclagem”, da Polícia Federal.

Amigos e amigas,

Recebi insistentemente muitas manifestações de apoio para manter a minha candidatura à reeleição a prefeitura de Cacoal. Nesse momento tão conturbado da minha vida, fiz outra escolha, dedicar e trabalhar em minha defesa e provar que aqueles que buscam insistentemente assumir a prefeitura de Cacoal, prepararam uma cilada para me envolver e alcançar seus objetivos. Confesso que nunca foi fácil enfrentar a fúria daqueles que são capazes de qualquer atitude, da mais simples à mais perversa, para tentar destruir a reputação daquelas pessoas que não aceitam se submeter ao seu projeto de poder.


Os cacoalenses precisam seguir em frente, e ter a oportunidade de fazer escolhas seguras para o futuro de Cacoal. É com esse sentimento que assinei minha renúncia à candidatura à reeleição a prefeitura de Cacoal. Com a certeza de que a determinação e compromisso que me levaram a trabalhar diuturnamente, nos últimos 20 anos, por Cacoal não foram em vão. Não foram em vão porque Cacoal hoje, colhe o fruto desse trabalho, que foi ainda mais intenso nos últimos quatro anos, quando com o apoio e parceria dos servidores da Prefeitura executamos o maior pacote de obras dos últimos tempos. Foram muitos os avanços em áreas de infraestrutura, a exemplo das obras de macro drenagem, saneamento básico e pavimentação asfáltica.

Estou acabada! Em carta, Glaucione se diz inocente e vítima de "cilada" daqueles que buscam assumir Prefeitura em Cacoal, leia a carta!

Reorganizamos a Prefeitura e preparamos o município para continuar recebendo investimentos nos próximos anos. Assumimos a Prefeitura de Cacoal com nota 3,75 no Portal da Transparência. Elevamos essa nota para 9,8 no quesito transparência da administração municipal. Posição que foi reconhecida pelos órgãos de controle e fiscalização que colocou a Prefeitura de Cacoal em 1º lugar no ranking estadual no quesito transparência e anticorrupção e, em 15º posição em nível de Brasil.

Reafirmo o meu compromisso e minha lealdade aos meus amigos, eleitores e a cidade que escolhi para viver. Desejo que os cacoalenses possam ir às urnas no próximo dia 15 de novembro com o mesmo compromisso e com a certeza de que seu voto pode manter Cacoal na direção do desenvolvimento com bem estar para todos. Cacoal não pode retroceder perante as conquistas dos últimos anos.

Nesse momento me dedicarei a minha defesa, fato é que não se mede um ideal político por uma semana, um mês ou até mesmo um ano de trabalho. Minha trajetória dentro da política não começou este ano, ou há quatro anos, ou mesmo há dez anos. Teve início na minha juventude, quando já havia compreendido que esse seria o meu caminho, na cidade que amo desde sempre! Mas, chegou um momento crucial em minha vida, e hoje tenho que ter sabedoria para seguir em frente, reunir minhas forças e provar minha inocência.

Da Redação
Extra de Rondônia

domingo, 25 de outubro de 2020

Criminoso de Farda! Policial Militar de Cacoal é preso com carro roubado, drogas e colete roubado da corporação!

Durante trabalho em conjunto realizado por equipes do Núcleo de Inteligência e Radiopatrulhas da Polícia Militar da área do 4º Batalhão (Cacoal e Pimenta Bueno), culminou na prisão em flagrante de um Policial Militar.

A prisão ocorreu no município de Pimenta Bueno/RO. O militar que é lotato no município de Cacoal/RO foi flagrado com um veículo automóvel Volkswagen Voyage, produto de roubo e foi também encontrado pelas equipes policiais, certa quantidade de substância entorpecente (pasta base de cocaína), balança de precisão e apetrechos para embalagem de drogas, além de um colete balístico, extraviado da própria corporação.

Policial Militar de Cacoal é preso com carro roubado, drogas e colete roubado da corporação!

O Cabo da Polícia Militar, identificado como Carlos Magnum, que possui 09 anos de profissão recebeu voz de prisão e foi apresentado na unidade policial para registro de ocorrência, juntamente com os produtos apreendidos. Magnum foi autuado em flagrante delito pelo Delegado de plantão da Polícia Civil e irá responder por crimes de tráfico de drogas, receptação e adulteração de veículo automotor.

O militar também foi flagranteado pela PM por crime de peculato (crime que consiste na subtração ou desvio, por abuso de confiança, de dinheiro público ou de coisa móvel apreciável, para proveito próprio ou alheio, por funcionário público que os administra ou guarda; abuso de confiança pública) e possivelmente outros crimes a serem apurados.

Toda a ação policial foi acompanhada pelo Subcomandante da Polícia Militar em Cacoal e pelo Comandante da PM em Pimenta Bueno.

Da Redação
Planeta Folha

sábado, 24 de outubro de 2020

Polícia Militar de Cacoal recebe “Radar Móvel” para "fiscalização" do trânsito!

Esta semana a Polícia Militar, através de parceria com a Prefeitura Municipal, recebeu o equipamento medidor de velocidade portátil, mais conhecido como Radar Móvel, para aferição de velocidade nas vias da Cidade de Cacoal.

O Comandante do 4°BPM explicou que o objetivo principal do novo aparelho é auxiliar na fiscalização de trânsito com vistas à redução da velocidade dos veículos, apontada como uma das principais causas de acidentes de trânsito em nosso Município, garantindo mais segurança aos usuários das vias.

Polícia Militar de Cacoal recebe “Radar Móvel” para "fiscalização" do trânsito!

O equipamento está passando por fase de testes, até que seja efetivado nas ações de policiamento. Tal medida visa identificar e responsabilizar os motoristas que trafegam acima da velocidade permitida, podendo causar acidentes como atropelamentos ou colisões com outros veículos.

O aparelho de última geração é de fácil manuseio e pode ser usado em qualquer parte da via e registrar todo tipo de veículo, desde motocicletas à caminhões. É importante que os motoristas estejam atentos e respeitem o limite de velocidade. Com a nova aquisição, a Polícia Militar intensificará o policiamento de trânsito efetuando a medição da velocidade e passará a autuar os condutores que circulem pela via em alta velocidade.

Assessoria
Da Redação

quarta-feira, 21 de outubro de 2020

Ovos de dinossauro com embriões dentro, 70 milhões de anos, foram encontrados na Patagônia

Ovos de dinossauro com embriões dentro, 70 milhões de anos, foram encontrados na província de Neuquén, na Patagônia, na Argentina, por pessoas locais, informou a mídia local hoje. Os ovos foram encontrados por um criador de ovelhas na área chamada “Auca Mahuevo”, perto de Aguada San Roque, 160 quilômetros a noroeste da cidade de Neuquén. Eles são semelhantes aos encontrados em 1997 em outro ponto da província do sul, disse a diretora provincial do Patrimônio Cultural de Neuquén, Claudia Della Negra, à agência estadual Télam. 

Ovos de dinossauro com embriões dentro, 70 milhões de anos, foram encontrados na província de Neuquén, na Patagônia, na Argentina

“Auca Mahuevo é um lugar onde os ovos de dinossauro aparecem nos ninhos; por sua vez, associados a esses restos, aparece a fauna, animais que eram os que comiam os ovos”, disse o funcionário. A província de Neuquén planeja gerar um parque paleontológico na área para valorizar o patrimônio arqueológico e paleontológico encontrado ali, associado à área natural protegida de Auca Mahuida, onde trabalha com pinturas rupestres antigas.

As investigações receberam contribuições da National Geographic, do Conselho Nacional de Pesquisa Científica e Técnica (CONICET) e da província espanhola de Zaragoza. “O local era um pântano que na época era coberto pelas águas com muita suavidade e isso fazia com que o sedimento cobrisse e afogasse os embriões dentro dos ovos. Ele se estabeleceu porque deixou o vulcão Auca Mahuida dez milhões de anos depois ”, disse Della Negra.

O sedimento vulcânico cobriu esses sedimentos e depois a erosão do vento e da água o expôs. “É o que agora podemos desfrutar nos ninhos”, disse ele. O funcionário disse que todos os embriões, pele e dentes estão sendo investigados.

O parque paleontológico de Auca Mahuevo fará parte do “Shale Tour-Vaca Muerta” planejado pelo governo de Neuquén para promover a paisagem, a riqueza cultural e paleontológica da formação de Vaca Muerta, conhecida por ser um dos principais reservatórios de petróleo e gás Convencional do mundo.

Fonte: DPA

Brasileiro que participava dos testes da vacina contra Covid-19 morre em Oxford

O voluntário João Pedro Feitosa tinha 28 anos, era médico recém-formado e morador do Rio de Janeiro. O médico João Pedro Feitosa, que participava como voluntário dos testes da vacina de Oxford, morreu em decorrência de complicações da Covid-19.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou ter sido notificada do óbito em 19 de outubro, e que foi informada que o comitê independente que acompanha o caso sugeriu o prosseguimento do estudo. "O processo permanece em avaliação", disse a agência (veja íntegra da nota abaixo). Voluntário era ex-aluno da UFRJ; centro acadêmico lamenta vazio e saudades

Morre voluntário brasileiro que participava dos testes de Oxford; laboratório não diz se ele recebeu vacina ou placebo

O voluntário tinha 28 anos, era médico recém-formado e morador do Rio de Janeiro. Alegando "compromissos de confidencialidade ética", a Anvisa não esclareceu se o voluntário tomou a vacina ou o placebo.

Estudos mantidos

Tanto os desenvolvedores (AstraZeneca e Universidade de Oxford) quanto os envolvidos na aplicação dos testes (Unifesp e IDOR) ressaltam que estão impedidos de dar detalhes por questões éticas, mas ressaltaram que não houve indicação para suspensão do estudo. Além disso, lembraram que a pesquisa é baseada em um "estudo randomizado e cego, no qual 50% dos voluntários recebem o imunizante produzido por Oxford".

Em nota, a Universidade de Oxford ressaltou que os incidentes com participantes do grupo controle são revisados por um comitê independente e que a "análise cuidadosa" não trouxe preocupações sobre a segurança do ensaio clínico.

A farmacêutica AstraZeneca informou ao G1 que também não pode fornecer detalhes por causa das cláusulas de confidencialidade, mas ressaltou que todos os processos de revisão foram seguidos. "Essas avaliações não levaram a quaisquer preocupações sobre a continuidade do estudo em andamento", informou a empresa em nota.

A microbiologista Natália Pasternak analisa que é preciso cautela e analisar o ocorrido com tranquilidade. "Pessoas que participam dos testes clínicos são pessoas, eles podem morrer pelas mais diversas causas. Pode não ter absolutamente nada a ver com vacina", explicou a cientista, que ainda apontou que a investigação do caso pode ser demorada e levar dias.

Testes e acordo no Brasil

A vacina desenvolvida em parceria entre o laboratório AstraZeneca e a Universidade de Oxford é a principal aposta do governo federal para uma futura campanha de vacinação contra o novo coronavírus. O estudo está na fase 3 dos testes, e eles começaram no Brasil em junho. Nesta fase, a eficácia da vacina é verificada a partir do monitoramento de milhares de voluntários. No país, 8 mil voluntários já participam do estudo. Antes da fase 3, sua segurança foi verificada em pesquisas com um número menor de voluntários e nenhuma reação grave foi verificada, somente reações leves (leia mais abaixo).

O Ministério da Saúde prevê o desembolso de R$ 1,9 bilhão para o projeto AstraZeneca/Oxford, e espera oferecer 100 milhões de doses no primeiro semestre da vacina, caso os estudos confirmem sua eficácia e segurança. Além disso, prevê produzir mais 165 milhões de doses no Brasil no segundo semestre.

Segurança da vacina de Oxford

Um estudo com resultados preliminares da vacina de Oxford (AZD1222) foi publicado em 20 de julho, na revista científica "The Lancet". A pesquisa cita reações consideradas leves e moderadas e não fala sobre efeitos colaterais graves:

Dor após a vacinação: 67% sem paracetamol; 50% com paracetamol.

Fadiga: 70% sem paracetamol; 71% com paracetamol.

Dor de cabeça: 68% sem paracetamol; 61% com paracetamol.

Dor muscular: 60% sem paracetamol; 48% com paracetamol.

Os testes iniciais, das fases 1 e 2, foram realizados na Inglaterra, com 1.077 voluntários, divididos em dois grupos: 543 pessoas receberam a vacina experimental, e outras 534 receberam uma vacina de meningite (o grupo controle) – 56 participantes da vacina experimental receberam paracetamol profilático.

Nota da Anvisa sobre a morte do voluntário

Abaixo, veja a íntegra do posicionamento divulgado pela Anvisa:

"Em relação ao falecimento do voluntário dos testes da vacina de Oxford, a Anvisa foi formalmente informada desse fato em 19 de outubro de 2020. Foram compartilhados com a Agência os dados referentes à investigação realizada pelo Comitê Internacional de Avaliação de Segurança. É importante ressaltar que, com base nos compromissos de confidencialidade ética previstos no protocolo, as agências reguladoras envolvidas recebem dados parciais referentes à investigação realizada por esse comitê, que sugeriu pelo prosseguimento do estudo. Assim, o processo permanece em avaliação.

Portanto, a Anvisa reitera que, segundo regulamentos nacionais e internacionais de Boas Práticas Clínicas, os dados sobre voluntários de pesquisas clínicas devem ser mantidos em sigilo, em conformidade com princípios de confidencialidade, dignidade humana e proteção dos participantes.

A Anvisa está comprometida a cumprir esses regulamentos, de forma a assegurar a privacidade dos voluntários e também a confiabilidade do país para a execução de estudos de tamanha relevância. A Agência cumpriu, cumpre e cumprirá a sua missão institucional de proteger a saúde da população brasileira."

Por G1

terça-feira, 20 de outubro de 2020

Coleta de esgoto atende apenas 5% da população de Rondônia; 50,6% não tem acesso à água

Toda a população de Ji-Paraná, Vilhena, Rolim de Moura e Jaru não possui coleta de esgoto, diz Trata Brasil. Moradores de locais sem saneamento básico ganham salários menores do que a população com acesso à água, coleta e tratamento de esgotos. Mais de 1,6 milhão de pessoas de Rondônia ainda não possuem acesso à coleta de esgoto. Isso equivale a 95,1% dos moradores do estado, conforme revelou o Instituto Trata Brasil (ITB).

Coleta de esgoto atende apenas 5% da população de Rondônia; 50,6% não tem acesso à água

Em um momento de pandemia, onde lavar as mãos é absolutamente fundamental e recomendado pelos órgãos sanitários, 861.304 pessoas no estado não têm acesso à água, ou seja, 50,6% da população. Ter água na torneira e coleta de esgoto é um direito assegurado pela Constituição e pode prevenir doenças, melhorar a qualidade de vida e a produtividade da comunidade.

Um levantamento do "Painel Saneamento Brasil", projeto do Instituto Trata Brasil, com base nos dados mais recentes disponíveis pelo Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS), de 2018, mostra dados das 839 maiores localidades do Brasil, especialmente as cidades acima de 50 mil habitantes.

Veja a situação dos 7 maiores municípios de Rondônia:

Porto Velho

São 336.353 pessoas sem acesso à água (64,7% da população)

Outras 494.795 não têm coleta de esgoto (95,2%)

Ji-Paraná

42.995 pessoas sem acesso à água (33,6% da população)

127.907 sem coleta de esgoto (100% da população)

Ariquemes

9.257 sem acesso à água (8,7% da população)

104.003 moradores sem coleta de esgoto (98%)

Vilhena

Todos têm aceso à água

97.448 da população sem coleta de esgoto (100% dos moradores)

Cacoal

17.975 sem acesso à água (21,2% dos moradores)

41.813 pessoas sem coleta de esgoto (49,3% da população)

Rolim de Moura

16.001 pessoas sem acesso à água (29,3%)

54.702 sem coleta de esgoto (equivalente a 100% dos moradores)

Jaru

27.357 moradores sem acesso à água (52,7%)

51.933 população sem coleta de esgoto (100% dos moradores)

Esgoto aberto na região central de Porto Velho — Foto: Ana Kézia Gomes/G1 

Esgoto aberto na região central de Porto Velho — Foto: Ana Kézia Gomes/G1


Saneamento básico típicos de século 19

Moradores de locais sem saneamento básico ganham salários menores do que a população com acesso a água, coleta e tratamento de esgotos. Também estão mais vulneráveis a doenças comuns em áreas em que essa infraestrutura inexiste ou é precária – e o efeito disso é uma elevação nas despesas com saúde pública.

"Não cabe mais, em pleno século 21, termos indicadores de saneamento básico típicos de século 19. Isso é inadmissível", avaliou, em entrevista ao G1, o presidente do Trata Brasil, Édison Carlos. De acordo com ele, os investimentos no setor estão muito abaixo do necessário.

Em Rondônia, a renda das pessoas com saneamento é de aproximadamente R$ 3.346,01 por mês. Já as pessoas sem acesso ao saneamento ganham em média R$ 807,14 mensalmente.

O Trata Brasil traçou as relações entre saneamento básico e os seguintes tópicos:

renda – quem não tem acesso a água e esgoto ganha menos.

saúde pública – falta de saneamento provoca gastos com internações.

emprego – obras de infraestrutura geram postos de trabalho.

Por G1 RO

Idosa morre após carro capotar a caminho de clínica médica

Acidente foi na BR-364, entre Ariquemes e Jaru. Marido da vítima contou à PRF que dormiu ao volante e perdeu o controle da direção. Uma idosa morreu após um carro sair da pista e capotar, na BR-364 (próximo do KM-450), entre Ariquemes (RO) e Jaru (RO), no domingo (18). Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a vítima viajava para fazer um tratamento médico, quando se envolveu no acidente.

O automóvel era conduzido pelo esposo da vítima. O motorista contou aos policiais que tinha saído de Porto Velho, por volta de 4h da madrugada de domingo, com destino a uma clínica na cidade de Cacoal (RO). Quando estava entre Ariquemes e Jaru, o motorista acabou dormindo e perdeu o controle da direção.

Idosa morre após carro capotar a caminho de clínica médica

Segundo a PRF, o automóvel do casal saiu da pista, provavelmente em uma velocidade avançada, e desceu por um barranco, vindo a capotar. O carro foi parar em um matagal, numa área de difícil acesso. Quando a PRF chegou ao local, segundo boletim, a idosa estava bem debilitada, pálida e com pulsação elevada.

Idosa morre após carro capotar a caminho de clínica médica

O Corpo de Bombeiros foi chamado e, enquanto socorria a mulher em uma viatura, a vítima não resistiu aos ferimentos. O marido da idosa também foi socorrido ao hospital de Jaru, pois tinha ferimentos pelo corpo, e depois foi transferido para um hospital de Cacoal.

Por G1 RO

segunda-feira, 19 de outubro de 2020

Assassinatos de mulheres sobem 254% em Rondônia no 1° semestre de 2020, revela Anuário

Rondônia é o estado que mais registrou crescimento percentual de homicídios dolosos de mulheres. Já o número de estupro cresceu 127%. O número de homicídios de mulheres cresceu 254,5% no primeiro semestre de 2020 em Rondônia. Os dados são do 14º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgado nesta segunda-feira (19) pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Assassinatos de mulheres sobem 254% em Rondônia no 1° semestre de 2020, revela Anuário

De acordo com o anuário, 39 mulheres foram assassinadas entre janeiro e junho de 2020 no estado. No mesmo período do ano passado foram 11 vítimas. Rondônia é o estado brasileiro que mais registrou crescimento de homicídios dolosos com vítimas do sexo feminino. Tocantins, que aparece em segundo lugar, teve um crescimento de 142,9% no primeiro semestre deste ano (subiu de 7 para 17 mortes).

O anuário indica ainda que Rondônia está entre os 14 estados com crescimento de mortes violentas intencionais acima da média nacional no primeiro semestre (que é de 1,5%).

Feminicídios

O Anuário Brasileiro também divulgou a quantidade de feminícidios no país. No primeiro semestre deste ano ocorreram quatro crimes deste tipo em Rondônia, o que representa um crescimento de 33,3%.

Já no primeiro semestre de 2019, segundo o relatório, o estado teve três crimes registrados como feminicídio.

Feminicídio é o tipo de crime de violência doméstica e familiar, menosprezo ou discriminação à condição de mulher.

Estupros

Os dados do primeiro semestre indicam um crescimento de 127,8% no número de mulheres estupradas no estado.

Entre janeiro e junho, 41 mulheres foram vítimas de estupro, enquanto no mesmo período de 2019 ocorreram 18 casos.

Lesão corporal contra mulher

Os relatório semestral indica um crescimento de 158% nos casos de lesão corporal dolosa contra mulheres em Rondônia.

Segundo o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, foram 124 vítimas entre janeiro e junho deste ano, ante 48 registrados no mesmo período de 2019.

Ameaças contra mulheres

Também cresceu em 124%, durante a pandemia, o crime de ameaça contra mulheres em Rondônia.

Foram 1.599 vítimas ameaçadas entre janeiro e junho de 2020. No mesmo período do ano passado eram 713.

Violência doméstica

O anuário também indicou o total de ligações ao 190, registradas sob a natureza violência doméstica. Em Rondônia houve um crescimento de 138% de violência doméstica entre janeiro e junho. Foram 431 ligações, ante 181 no primeiro semestre do ano passado.

Conforme já havia sido adiantado pelo G1, em meio à pandemia, muitas mulheres acabaram se vendo confinadas com seus agressores ou perderam o contato com sua rede de apoio, que, muitas vezes, auxilia na denúncia da violência sofrida ou no próprio acolhimento das vítimas.

Para o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, a pandemia escancarou a necessidade da elaboração de políticas de segurança para as mulheres considerando os mais diferentes tipos de opressão e desigualdade às quais estão sujeitas.

Por G1 RO

PM realiza operação nas Zonas Rurais de Cacoal, Pimenta Bueno e Espigão

Operação Terminus investiga crimes ambientais e tráfico de drogas. Quatro pessoas foram presas em flagrante. A Polícia Militar (PM) realiza a Operação Terminus nas Zonas Rurais de Cacoal, Pimenta Bueno e Espigão D'Oeste, em Rondônia. Na quarta-feira (14) foi divulgado um balanço preliminar das atividades.

PM realiza operação nas Zonas Rurais de Cacoal, Pimenta Bueno e Espigão

A ação busca combater crimes ambientais, o tráfico de drogas, porte ilegal de armas e atentados à vida ou ao patrimônio. No total já foram abordadas mais de 200 pessoas e uma média de 50 veículos. Até o momento quatro suspeitos foram presos em flagrante e quatro veículos recuperados. Entre as apreensões estão: arma de fogo, munições e celulares. A PM informou que continuará realizando essas ações para garantir a segurança nas áreas rurais.

PM realiza operação nas Zonas Rurais de Cacoal, Pimenta Bueno e Espigão

Magda Oliveira
Rede Amazônica

Veja a Decisão! Juíza não aceita retratação de Glaucione que esta fora da disputa para Prefeitura de Cacoal

A atual prefeita foi presa na Operação Reciclagem da Polícia Federal. A eleição para prefeito de uma das mais importantes cidades de Rondônia continua dando o que falar. Cacoal, ou a capital do café como também é conhecida, vive um clima de perplexidade e dúvida, desde que a atual prefeita Glaucione(MDB), foi presa na operação Reciclagem, da Polícia Federal, no último dia 25 de setembro.

Glaucione que esta fora da disputa para Prefeitura de Cacoal

Além dela, também foram presos acusados de corrupção, o marido de Glaucione, o ex-deputado Daniel Neri; o prefeito de Ji-Paraná, Marcito Aparecido; e a prefeita de São Miguel do Guaporé, Gislaine Clemente, a Lebrinha. A juíza Emy Karla Yamamoto Roque, da 11ª Zona Eleitoral de Cacoal, decidiu não aceitar o pedido de retratação da prefeita Glaucione Neri, que havia renunciado a candidatura à reeleição em Cacoal, no último dia 15.

No entanto, dois dias depois mudou de ideia e resolveu voltar a disputa, mesmo presa. Glaucione afirmou que essa decisão tinha o apoio do partido dela, o MDB. A questão é que entre o pedido de renúncia à reeleição feito por ela e a mudança de ideia em continuar na disputa, a Coligação Seguindo em Frente, pela qual ela concorria, indicou Marco Aurélio Blaz Vasques, como novo candidato a prefeito de Cacoal.

O entendimento da juíza Emy Roque foi contra a decisão de Glaucione. Para a magistrada, a retratação não tem valor e não é aceita pela Justiça Eleitoral. Emy Roque indeferiu todos os argumentos alegados por Glaucione e ao final da decisão judicial, deixou a atual prefeita de Cacoal, fora da eleição municipal que ocorre no dia 15 de novembro, em 1º turno.

       

Da Redação
Diário da Amazônia
Rondônia Ao Vivo

sexta-feira, 16 de outubro de 2020

Servidores do Governo são mantidos reféns e Hilux é atravessada para a Bolívia

Buscas estão sendo realizados pelas autoridades na região. Funcionários do Governo do Estado, lotados na Emater do município de Nova Mamoré, em Rondônia, passaram por momentos de terror nas primeiras horas da manhã desta  sexta-feira (16). 

Servidores do Governo são mantidos reféns e Hilux é atravessada para a Bolívia

Os servidores foram mantidos reféns na Terceira Linha do Ribeirão, na zona rural do município. Enquanto isso, outros criminosos roubaram uma caminhonete modelo Hilux, veículo oficial, e atravessaram para a Bolívia. Após horas sob a mira de armas de fogo, as vítimas foram libertadas e a Polícia Militar acionada.  Buscas estão sendo realizadas pelas autoridades na região.

Da Redação
Rondônia Ao Vivo

quinta-feira, 15 de outubro de 2020

Sede de poder! Após renunciar às eleições, Glaucione recua e anuncia continuar na disputa eleitoral em Cacoal

Presa na capital, prefeita disse que carta anterior "não representa a sua verdadeira vontade livre". Após assinar documento em que renuncia às eleições em Cacoal, a prefeita Glaucione Rodrigues, em ofício direcionado à Justiça Eleitoral de Cacoal, recuou da decisão e reafirmou continuar na disputa eleitoral.

O ofício obtido pelo Extra de Rondônia foi protocolado às 12h36 desta quinta-feira, 15, na Justiça Eleitoral. Glaucione, que está presa em Porto Velho, argumentou que a “renúncia”, assinada há mais de cinco dias, “não representa a sua verdadeira vontade livre, consciente e desimpedida” e manifestou por continuar candidata.


“Caso seja apresentado qualquer declaração em sentido contrário, inclusive que não tenha sido apresentado e homologado pela executiva de seu Partido MDB, que é o Órgão Partidário deliberativo designado pela assembleia da convenção partidária realizada dia 13 de setembro e juntada neste processo, com competência para estes atos e que em primeiro lugar deve deliberar interna corporis, para depois ir a deliberação da coligação, devendo neste sentido, dito documento da suposta renuncia, ser negado sua eficácia, por não representar a verdadeira vontade da candidata, e não haver respeitado o devido encaminhamento de analise do MDB”, explicou.

Sede de poder!  Após renunciar às eleições, Glaucione recua e anuncia continuar na disputa eleitoral em Cacoal

A Renúncia

A renúncia assinada por Glaucione em 9 de outubro, gerou uma “correria” de líderes políticos nesta quarta-feira, 14, para encontrar um substituto à vaga, e tudo indica que está deveria ser preenchida pelo Coronel Vasques (leia mais AQUI).

Da Redação
Extra de Rondônia

Responsive Full Width Ad