close button
Anuncie
Cacoal NEWS - Notícias de Cacoal e Região

Menu Right

Top Social Icons

Slider Area 1

Slider Area 2

Slider Area 3

Destaques

Polícial

Notícias Recentes

Saúde

Destaques

Eleições Políticas


Publicidade

Ji-Paraná

Rolim de Moura

Porto Velho


Publicidade

Interior

Odebrecht

Lava Jato

sexta-feira, 22 de janeiro de 2021

Coronel Chrisóstomo acompanha chegada da vacina contra covid-19 em Rondônia e comemora: “esperança para o nosso povo”

O deputado foi o único parlamentar federal do Estado a receber o carregamento de doses presencialmente. O deputado Coronel Chrisóstomo acompanhou direto da Base Aérea de Porto Velho a chegada das vacinas contra a covid-19 em Rondônia na manhã desta terça-feira (19). Coronel Chrisóstomo foi o único parlamentar federal a participar do evento pessoalmente.

Coronel Chrisóstomo acompanha chegada da vacina contra covid-19 em Rondônia e comemora: “esperança para o nosso povo”

A Secretaria de Saúde do Estado de Rondônia recebeu 49.400 doses de vacinas: 33.040 para imunizar profissionais de saúde e grupos de risco e outras 16.360 para vacinar indígenas. O governador Marcos Rocha, o prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, e deputados estaduais também estiveram presentes.

Coronel Chrisóstomo acompanha chegada da vacina contra covid-19 em Rondônia e comemora: “esperança para o nosso povo”

Coronel Chrisóstomo fez questão de participar da recepção dos imunizantes. “A chegada das vacinas representa a esperança de que vamos superar esse momento tão difícil do país e do mundo. Parabenizo as Forças Armadas e o Governo Federal pelo trabalho incansável pela saúde dos brasileiros”, celebrou o parlamentar.

Ao lado do governador Marcos Rocha, Coronel Chrisóstomo afirmou em uma transmissão ao vivo pelo Facebook que o momento é de união entre os poderes municipais, estaduais e o federal. “Vamos trabalhar todos juntos para salvarmos as vidas dos rondonienses,” declarou o governador.

Coronel Chrisóstomo acompanha chegada da vacina contra covid-19 em Rondônia e comemora: “esperança para o nosso povo”

Coronel Chrisóstomo destinou recursos para todos os 52 municípios de Rondônia combater a Covid-19 no ano passado. Cerca de R$ 4 milhões foram destinados especificamente para a capital, Porto Velho. O parlamentar acompanha e fiscaliza de perto o uso desses recursos para que Rondônia supere a pandemia. “O trabalho é constante e não pode parar. Em breve vamos superar esse vírus e esse momento difícil”, conclui.

Assessoria
Da Redação

Coronel Chrisóstomo destina R$ 12,4 milhões em emendas para asfaltar ruas de Porto Velho e fiscaliza obras

O parlamentar visitou os locais que serão pavimentados, e conversou com moradores e com o Secretário de Infraestrutura da capital. O deputado Coronel Chrisóstomo fiscalizou nessa quinta-feira (14) as ruas de Porto Velho que serão asfaltadas com recursos de suas emendas parlamentares. Cerca de R$ 12,4 milhões foram destinados para o trabalho de pavimentação.

Coronel Chrisóstomo destina R$ 12,4 milhões em emendas para asfaltar ruas de Porto Velho e fiscaliza obras

Sete ruas das zonas Leste e Sul da capital serão asfaltadas: as ruas Itatiaia e Farrapos, no Bairro São Francisco; as ruas Genebra e Montserrat, no Bairro Novo Horizonte; e as ruas Capão da Canoa, Salto do Céu e Serra Dourada, no Bairro Três Marias.

“Sou engenheiro do Exército Brasileiro e sei o quão importante são essas obras para a qualidade de vida dos moradores. Faço questão de conversar com as pessoas dos bairros para entender suas necessidades e ajudar como posso”, explica o Coronel Chrisóstomo.

Coronel Chrisóstomo destina R$ 12,4 milhões em emendas para asfaltar ruas de Porto Velho e fiscaliza obras

O deputado mantém contato constante com os secretários e engenheiros da prefeitura envolvidos nas obras para fiscalizar o processo de asfaltamento. Na manhã desta segunda-feira (18), Coronel Chrisóstomo se reuniu com o Secretário de Infraestrutura Urbana e Obras Públicas, Diego Lage, para tratar sobre o início das obras de asfaltamento. “Meu objetivo é atender ainda mais ruas e bairros de Porto Velho e dos outros municípios de Rondônia. Farei tudo para tornar a vida do nosso povo melhor”, conclui o parlamentar.

Da Redação
Rafael Oliveira dos Santos 

quinta-feira, 14 de janeiro de 2021

Coronel Chrisóstomo quer dobrar punição para o crime de corrupção de menores

Texto atualiza Estatuto da Criança e do Adolescente para incluir aliciamentos pela internet e redes sociais. O deputado Coronel Chrisóstomo apresentou um projeto de lei que duplica a pena para criminosos que aliciarem menores de 18 anos para praticar infrações penais. O PL 3856/20 altera o Estatuto da Criança e do Adolescente para aumentar a punição prevista para o crime de corrupção de menores.

Coronel Chrisóstomo quer dobrar punição para o crime de corrupção de menores

O texto, que está sendo analisado pela Câmara dos Deputados, estabelece pena de reclusão de 2 a 8 anos. Hoje a pena é de 1 a 4 anos. O objetivo do Coronel Chrisóstomo é evitar que menores em condição de vulnerabilidade se tornem alvos fáceis para ações de adultos criminosos. “Bandidos recrutam crianças e adolescentes para tentar evitar punições na Justiça. Muitos são jovens de famílias humildes que veem no crime uma chance de conseguir dinheiro fácil. É preciso punir com mais rigor quem faz isso”, explica o parlamentar.

O Projeto de Lei 3856/20 também insere dispositivo que pune explicitamente quem utilizar as redes sociais como forma de corromper menores. O texto atual fala em “quaisquer meios eletrônicos”.

Assessoria
Da Redação

Líquidos vazam de cadáver em avião com vôo entre Brasília à Porto Velho e contamina bagagens de passageiros

Dezenas de passageiros de um voo da companhia Gol Linhas Aéreas tiveram suas bagagens contaminadas com líquidos provenientes de um cadáver que estava sendo transportado durante voo entre Brasília (BSB) – Porto Velho (PVH). A denúncia foi feita com exclusividade ao jornal Lente Nervosa nesta segunda (11).

Líquidos vazam de cadáver em avião com vôo entre Brasília à Porto Velho e contamina bagagens de passageiros

Conforme informou a denunciante, o voo chegou em Porto Velho no domingo (10) e, ao abrirem os porões da aeronave, foi constatado que havia um corpo sendo transportado sem ser embalado adequadamente. Com isso, líquidos do cadáver vazaram e contaminaram dezenas de malas de passageiros. A denúncia informa ainda que as malas contaminadas foram retidas e seus proprietários identificados, sendo chamados para comparecerem ao check-in da companhia aérea.

“Apenas as malas mais encharcadas foram retidas e entregues somente nesta quarta (13). Outras malas que não aparentavam terem sido molhadas com o líquido do cadáver foram limpas com álcool em gel e um produto específico de limpeza de aeronaves e posteriormente entregues aos passageiros ainda no domingo. Imagina só, o povo em casa, manuseando as malas infectadas?”, disse a denunciante.

A reportagem entrou em contato com a Anvisa e a servidora afirmou que não tinha “nada a declarar. Foram tentados contato com a empresa Gol, através de número de telefone fornecido pela Infraero, porém, o telefone apenas chamava. Fica aberto caso a Anvisa e/ou a empresa Gol queiram se manifestar sobre o ocorrido.

Da Redação
Fonte: Lente Nervosa

Sem oxigênio Manaus faz pedido emergencial para construção de 22 mil covas

Estamos contratando para que de forma emergencial nós possamos garantir que essas famílias possam ter seus entes queridos sepultados de forma digna. Após mais um recorde diário de internações pela Covid-19 em Manaus, o governo do Amazonas anunciou que o estado entrou em alerta roxo, nível que indica o maior risco de contaminação pela doença.

A cidade registrou 177 novas hospitalizações nas últimas 24h e a ocupação de leitos de UTI da rede pública do estado está em torno de 92%, enquanto na rede privada a situação é pior, com hospitais lotados sem nenhum leito de UTI disponível.

Após mais um recorde diário de internações pela Covid-19 em Manaus, o governo do Amazonas anunciou que o estado entrou em alerta roxo, nível que indica o maior risco de contaminação pela doença. A cidade registrou 177 novas hospitalizações nas últimas 24h e a ocupação de leitos de UTI da rede pública do estado está em torno de 92%, enquanto na rede privada a situação é pior, com hospitais lotados sem nenhum leito de UTI disponível.

Com hospitais cheios, Manaus enfrenta uma crise no abastecimento de oxigênio — Foto: Bruno Kelly/Reuters
Com hospitais cheios, Manaus enfrenta uma crise no abastecimento de oxigênio — Foto: Bruno Kelly/Reuters

Após mais um recorde diário de internações pela Covid-19 em Manaus, o governo do Amazonas anunciou que o estado entrou em alerta roxo, nível que indica o maior risco de contaminação pela doença. A cidade registrou 177 novas hospitalizações nas últimas 24h e a ocupação de leitos de UTI da rede pública do estado está em torno de 92%, enquanto na rede privada a situação é pior, com hospitais lotados sem nenhum leito de UTI disponível.

“Manaus foi a primeira cidade do Brasil a entrar em colapso na saúde e foi também a primeira a sair. E voltamos a ser a primeira novamente, nesta segunda onda, a entrar neste colapso de atendimento e casos de Covid-19.” Almeida, que tomou posse em 1º de janeiro, afirma também que, com o Ministério da Saúde e o governo do estado, está trabalhando na ampliação das ofertas de leitos de UTI e investindo na conscientização da população em relação a medidas que evitam a propagação do vírus, como o distanciamento social.

“Os próximos 10, 15 dias serão fundamentais para diminuirmos essa transmissão do vírus na nossa cidade”, disse.

A Defensoria Pública do Amazonas pediu para que o Tribunal de Justiça determine que o governo do estado e a prefeitura de Manaus sejam obrigados a realizar testagem em massa na população para calcular a incidência da Covid-19 na região e tomar medidas efetivas de combate à doença

Hora 1
Da Redação
Loderval Romano

domingo, 10 de janeiro de 2021

Governo de Rondônia divulga calendário de pagamento e descontos

Alíquotas não sofreram alteração para 2021, segundo o governo. Estado espera arrecadar mais de R$ 360 milhões com IPVA neste ano. O governo de Rondônia divulgou, nesta quarta-feira (6), o calendário de 2021 para pagamento do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). O estado foi o último do país a publicar a tabela.

O pagamento do IPVA é obrigatório e a alíquota varia conforme o modelo e a "idade" do veículo e também o estado em que o contribuinte mora. Segundo o governo, as alíquotas para 2021 em Rondônia não foram alteradas e permanecem as mesmas do ano passado: que variam entre 1%, 2% e 3%, conforme o tipo de veículo.

Governo de Rondônia divulga calendário de pagamento e descontos

Também foram mantidos os descontos (de 5% ou 10%) para quem pagar antes do vencimento. Os donos de veículos com final de placa 1, 2 e 3 que desejarem obter desconto de 10%, por exemplo, devem pagar o IPVA até o fim de janeiro de 2020.

Abaixo, veja até quando pagar seu IPVA para ter o desconto:

Calendário de pagamento do IPVA 2021 em Rondônia

Nº final da placa 10% de desconto 5% de desconto Sem desconto- prazo limite para licenciamento

1, 2, 3 29 de janeiro 26 de fevereiro 31 de março

4 26 de fevereiro 31 de março 30 de abril

5 31 de março 30 de abril 31 de maio

6 30 de abril 31 de maio 30 de junho

7 31 de maio 30 de junho 30 de julho

8 30 de junho 30 de julho 31 de agosto

9 30 de julho 31 de agosto 30 de setembro

0 31 de agosto 30 de setembro 29 de outubro

Fonte: Sefin-RO

Os veículos de placas finais 1,2 e 3 o prazo para pagamento é dia 31 de março de 2021. De acordo com o governo, o IPVA lançado para 2021 totaliza o montante de R$ 360.233.151,09.

Veja como calcular o IPVA do seu veículo

Para descobrir qual o valor a ser pago de IPVA é preciso saber o valor venal do seu veículo, considerando o preço disponível na tabela da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), e multiplicar pela alíquota referente à categoria dele.

Governo de Rondônia divulga calendário de pagamento e descontos

Exemplo:

Valor venal de um veículo utilitário: R$ 30.500

Alíquota: 3%

Cálculo: 30.500 x 0,03 (R$ 915 é o valor que será cobrado no IPVA).

Alíquotas:

1% - ônibus, micro-ônibus, caminhão e veículos destinados à locação;

2% - motocicleta e automóvel de passeio com potência até mil cilindradas;

3% - veículos terrestres de passeio ou utilitário, jipe, picape, caminhoneta e demais veículos não especificados.

IPVA atrasado?

Caso haja dívidas de anos anteriores, elas podem ser parceladas, sendo que cada parcela precisa ter um valor mínimo de 2 UPF, ou R$ 148,94. Para a negociação, basta acessar o site da secretaria.

Governo de Rondônia divulga calendário de pagamento e descontos

Caso o imposto não seja quitado dentro prazo legal, o valor devido vai passar por uma atualização monetária de acordo com a Unidade Padrão Fiscal vigente na data do pagamento, além do acréscimo de juros de 1% ao mês e multa de 0,33% (até o limite de 20%) por dia de atraso.

Por G1 RO

Covid-19: Governo reclassifica municípios e Porto Velho regride para a fase 2 em RO

Capital volta para a fase de distanciamento social seletivo. Confira o que pode ou não abrir nas quatro fases de distanciamento social. Porto Velho retornou para a fase 2 do plano de ação de combate à Covid-19 "Todos por Rondônia", segundo portaria publicada no Diário Oficial na última sexta-feira (8). A capital volta para a fase de distanciamento social seletivo.

Covid-19: Governo reclassifica municípios e Porto Velho regride para a fase 2 em RO

Segundo a publicação, os municípios ficaram classificados da seguinte forma: 7 municípios na Fase 1, com distanciamento social ampliado; seis na Fase 2, com distanciamento social seletivo e 39 na Fase 3, com abertura comercial seletiva. Confira quais municípios estão enquadrados em cada uma das quatro fases, segundo o novo relatório:

Fase 1Fase 2Fase 3Fase 4
Ji-ParanáPorto VelhoAriquemes
Alto Alegre dos ParecisVilhenaCacoal
Espigão D’OesteGuajará-MirimMirante da Serra
Rolim de MouraUrupáCandeias do Jamari
CerejeirasAlto ParaísoJaru
Colorado do OesteItapuã do OestePrimavera de Rondônia
Presidente MédiciOuro Preto do Oeste
Nova Brasilândia D'oeste
Theobroma
Alvorada D'Oeste
São Felipe D'Oeste
Machadinho D'Oeste
Alta Floresta D’Oeste
Buritis
Cabixi
Cacaulândia
Campo Novo de Rondônia
Castanheiras
Chupinguaia
Corumbiara
Costa Marques
Cujubim
Governador Jorge Teixeira
Ministro Andreazza
Monte Negro
Nova Mamoré
Nova União
Novo Horizonte do Oeste
Parecis
Pimenteiras do Oeste
Rio Crespo
Santa Luzia D'Oeste
São Francisco do Guaporé
São Miguel do Guaporé
Seringueiras
Teixeirópolis
Vale do Anari
Vale do Paraíso
Pimenta Bueno

Critérios para mudar de fase

Segundo o decreto publicado pelo Governo em outubro, novos parâmetros passam a ser utilizados para a classificação dos municípios nas fases de distanciamento social. Se antes eram considerados o número de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da macrorregião a qual a cidade pertencia, agora os municípios podem mudar de fase dependendo da taxa de ocupação de leitos no próprio município.

Por G1 RO

quinta-feira, 7 de janeiro de 2021

Padre realiza missa da maconha e diz que a droga é uma ‘planta divina’; veja vídeo

Brasil – Viralizou nas redes sociais na manhã desta segunda-feira (04), um vídeo onde um padre, identificado como Padre Ticão, promove a missa da maconha. A celebração ocorreu dia 6 de dezembro, em São Paulo.

Padre realiza missa da maconha e diz que a droga é uma ‘planta divina’; veja vídeo

Na igreja, o padre e seus fiéis exaltam a maconha.  “É uma planta que traz paz pra família, toda família se beneficia quando alguém usa”, diz Ticão, ao rotular a Cannabis como ‘planta divina’. No fim da missa, o padre distribui sementes da maconha para famílias que precisam plantar em casa. Na última sexta-feira (01), o Padre Ticão morreu de problemas cardíacos em São Paulo.

CM7
Da Redação

Funcionário é demitido após destruir propositalmente 500 doses da vacina contra a Covid-19

Mundo – Cerca de 500 doses da vacina contra Covid-19 da Moderna tiveram de ser descartadas após um funcionário da rede de hospitais Aurora Medical Center remover intencionalmente 57 frascos do refrigerador da farmácia, em Wisconsin.

A informação foi confirmada na última quarta-feira (30), pela própria rede. O centro médico também afirma que o funcionário foi demitido. “Estamos claramente desapontados e lamentamos que isso tenha acontecido.” “Infelizmente, a maior parte [das doses] teve de ser descartada devido aos requisitos de temperatura de armazenamento necessários para manter sua viabilidade”, diz o comunicado.

Funcionário é demitido após destruir propositalmente 500 doses da vacina contra a Covid-19

Antes do descarte, algumas das doses removidas do refrigerador puderam ser utilizadas para vacinar membros da equipe, dentro da janela aprovada de 12 horas após a refrigeração. No entanto, a maior parte das doses do imunizante não pôde ser utilizada.

Fonte: CNN Brasil.

Ministro da Saúde anuncia 354 milhões de doses de vacina contra a Covid-19 e distribuição igualitária aos estados

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, anunciou em pronunciamento em cadeia nacional de televisão, na noite desta quarta-feira, 6, que o Brasil tem asseguradas 354 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19, já para este ano. “Asseguro que todos os estados e municípios receberão a vacina de forma simultânea, igualitária e proporcional à sua população”, garantiu.

O ministro esteve reunido, na manhã de hoje, com o governador do Amazonas, Wilson Lima, para tratar do plano de enfrentamento à pandemia da Covid-19 no Estado. Sobre a imunização, Pazuello destacou que, inicialmente, serão 254 milhões de doses fornecidas pela Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz),em parceria com biofarmacêutica AstraZeneca, e outras 100 milhões de doses produzidas pelo Butantã, em parceria com o laboratório Sinovac.

Ministro da Saúde anuncia 354 milhões de doses de vacina contra a Covid-19 e distribuição igualitária aos estados

“Estamos em processo de negociação com os laboratórios Gamaleya, da Rússia; Jensen, Pfzier e Moderna, dos Estados Unidos, e Bharat Biotech, da Índia. Senhoras e senhores, o Brasil é o único país da América Latina produzindo vacina. Ou seja: seremos também exportadores de vacina para a nossa região, muito em breve”, assegurou Pazuello.

De acordo com o ministro, o presidente da República, Jair Bolsonaro, assinou e enviou à publicação, nesta quarta-feira, uma Medida Provisória (MP) que trata de medidas excepcionais para aquisição de vacinas, insumos, bens e serviços de logística, incluindo a aquisição de serviços na área de tecnologia da informação.

“A norma também prevê a coordenação, pelo Ministério da Saúde, da execução do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação Contra a Covid-19”, destacou Pazuello. Fazem parte do texto o treinamento de profissionais para vacinar a população e a contratação de vacinas e insumos antes do registro sanitário ou da autorização temporária de uso emergencial pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), autarquia vinculada ao Ministério da Saúde (MS).

Segundo o Eduardo Pazuello, o Ministério está estruturado em termos financeiros, operacionais e logísticos para executar o plano nacional. Além disso, o País conta, atualmente, com 60 milhões de seringas e agulhas, quantidade suficiente para dar início à vacinação já neste mês de janeiro.

O ministro informou que a OPAS (Organização Pan-Americana de Saúde) deverá disponibilizar mais oito milhões de seringas e agulhas em fevereiro de 2021. Outras 30 milhões foram requisitadas a associações produtoras desses insumos. Ele reforçou que , “no que depender do Ministério da Saúde e do presidente da República, a vacina será gratuita e não obrigatória”.

Em seu pronunciamento, Eduardo Pazuello enfatizou, ainda, a recuperação de mais de sete milhões de brasileiros acometidos pelo novo coronavírus durante a Pandemia da Covid-19, e agradeceu à equipe técnica do Ministério da Saúde pelo empenho em disponibilizar as vacinas o mais breve possível à população.

Da Redação
Assessoria Secom

No país que nós vivemos pra sustentar político! Gás de cozinha vai ficar mais caro a partir desta quinta (07), informou a Petrobras

Brasil – A Petrobras vai elevar o preço do gás liquefeito de petróleo (GLP), conhecido como gás de cozinha, em 6% a partir desta quinta-feira (7), informou a petroleira nesta quarta-feira (6). Com o reajuste, o valor praticado pela Petrobras irá a R$ 35,98 por 13kg.

Em nota, a empresa reiterou que desde novembro de 2019 igualou os preços de GLP para os segmentos residencial e industrial/comercial, e que o produto é vendido pela Petrobras às distribuidoras a granel. “Por sua vez, as distribuidoras são as responsáveis pelo envase em diferentes tipos de botijão e, junto com as revendas, são responsáveis pelos preços ao consumidor final”, frisou a empresa.

Gás de cozinha vai ficar mais caro a partir desta quinta (07), informou a Petrobras

A Petrobras afirmou ainda que os preços de GLP praticados por ela tem como referência o valor de paridade de importação, formado pelo valor do produto no mercado internacional, mais os custos que importadores teriam, como frete de navios, taxas portuárias e demais custos internos de transporte para cada ponto de fornecimento, também sendo influenciado pela taxa de câmbio.

Fonte: G1.

Brasil – Genival Lacerda, de 89 anos de idade, morreu hoje por complicações da covid-19. O cantor estava internado na UTI desde o dia 30 de novembro, quando foi diagnosticado com pneumonia em decorrência da doença causada pelo novo coronavírus.

A notícia do falecimento veio a público pelo filho, Genival Lacerda Filho, que revelou a informação em uma breve mensagem. “Painho faleceu”, disse ele em seus stories do Instagram.  No último domingo, seu segundo filho, João Lacerda, comunicou uma piora no estado de saúde do patriarca.

Cantor Genival Lacerda morre aos 89 anos, vítima da covid-19

Já na terça-feira, a equipe que administra as redes sociais do cantor, pediu para que fãs, familiares e amigos doassem sangue. O artista é o responsável pelos sucessos “De quem é esse jegue?” e “Severina Xique-Xique”.

CM7
Da Redação

segunda-feira, 4 de janeiro de 2021

Hospital Regional de Cacoal está lotado e não tem mais leitos de UTI para Covid-19

Segundo o diretor do Complexo Hospitalar Regional de Cacoal, Jair Rocha, os 28 leitos do Hospital Regional estão ocupados. Leitos clínicos têm situação semelhante. O aumento dos casos de Covid-19 em Rondônia nos primeiros dias de janeiro ocasionou a lotação dos leitos de UTI no Hospital Regional de Cacoal. Segundo o diretor do Complexo Hospitalar Regional de Cacoal, Jair Rocha, o Hospital Regional do município tem 28 leitos de UTI e todos estão ocupados.

Hospital Regional de Cacoal está lotado e não tem mais leitos de UTI para Covid-19

De acordo com o diretor, os leitos clínicos tem situação semelhante, já que dos 18 leitos na unidade, apenas um está disponível.

'É nossa última opção', diz secretário de saúde de RO durante reabertura de leitos do Cero

Retrospectiva: Veja os nove meses da Covid-19 em Rondônia

Rondônia tem menos de dois médicos para cada mil habitantes

"Situação bem tensa..."

Segundo Jair Rocha, quando os pacientes da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) apresentam melhoras, eles são transferidos para os leitos clínicos até terem condição de receber alta. Mas, se não há leitos disponíveis na enfermaria, os pacientes continuam ocupando os leitos de UTI, que poderiam ser usados por pessoas que apresentam quadros mais graves.

"Situação bem tensa e difícil, porque a enfermaria também que dispõem de 18 leitos, só tem uma vaga. O que é ruim, porque os pacientes que estão na UTI, que evoluem para melhora, eles precisam ir pra enfermaria e eu não tenho leito em enfermaria e eu não tenho pessoal para abrir mais leitos. Eu não tenho técnico, eu não tenho médicos para abrir mais leitos", explicou Jair. Estão internados no Hospital Regional de Cacoal 45 pacientes com Covid-19, entre enfermaria e UTI.

Por G1 RO

Responsive Full Width Ad