Menu Right

Top Social Icons

Responsive Full Width Ad

09/10/2018

Espírito Santo elege primeiro senador gay e tira aliado de Bolsonaro

Fabiano Contarato (Rede) foi o candidato mais votado do estado, com 31% dos votos válidos (1,1 milhão); Magno Malta (PR) ficou fora!  Espírito Santo elege primeiro senador gay e tira aliado de Bolsonaro.

O Espírito Santo elegeu o primeiro senador declaradamente gay do país, Fabiano Contarato (Rede), e, contrariando as pesquisas eleitorais, não reelegeu Magno Malta (PR) - que chegou a ser cogitado como vice do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) e é conhecido por sua posição contrária aos direitos da população LGBT. 

Ai que tudo? Espírito Santo elege primeiro senador gay e tira aliado de Bolsonaro

Concorrendo pela primeira vez a um cargo no Legislativo, Contarato foi o candidato mais votado do estado, com 31% dos votos válidos (1,1 milhão), seguido por Marcos do Val (PPS), que atingiu 24%. Outro que não se reelegeu foi Ricardo Ferraço (PSDB). Rose de Freitas (Podemos), eleita em 2014, continua por mais dois anos.

Nascido na cidade capixaba de Nova Venécia e hoje com 52 anos de idade, Contarato fez carreira como delegado por 26 anos e como professor por 20 -função que ainda exerce. Ele é formado em direito e se especializou em direito penal, disciplina que leciona na Universidade Vila Velha. O Código de Processo Penal é item frequente em suas propagandas.

Foi chefe da Delegacia de Delitos de Trânsito por mais de dez anos e, por um breve período, diretor do Detran (Departamento de Trânsito) do Espírito Santo. Também atuou, até abril deste ano, como corregedor-geral do estado.

Se de um lado representa a comunidade gay e defende a igualdade entre homens e mulheres, publicando fotos com o marido e o filho adotado de quatro anos, por outro ressalta sempre os valores cristãos e defende algumas pautas da direita. É, por exemplo, a favor do porte de armas e contra o aborto.

"Se for da vontade de Deus e da população do Espírito Santo, vamos começar uma nova jornada no país, combatendo a impunidade, defendendo os valores cristãos e a família", escreveu em sua última postagem no Facebook pré-votação.

Há três meses, antes de subir nas pesquisas, uma imagem no seu Instagram dizia: "Como explicar pra [sic] meu filho dois homens se beijando? Colega, vc explicou q Eva nasceu de uma costela e conversou com uma cobra. Te vira!"

No mês passado, o TRE (Tribunal Regional Eleitoral do ES) obrigou o Facebook a retirar do ar postagens como uma que dizia que Contarato defendia o chamado "kit gay" com cartilhas apoiando a "ideologia de gênero" nas escolas, segundo o jornal "A Tribuna".

"Eu defendo que a escola deve ensinar conteúdo científico. Qualquer coisa além disso somente os país têm o poder de autorizar. A família é soberana na educação dos filhos", diz ele num vídeo em que rebate as informações.

Entre as pautas citadas frequentemente pelo ex-delegado estão o fortalecimento do estado no Senado, a austeridade nos cargos públicos, a rigidez nas leis de trânsito e o combate à impunidade. "Vamos liberar o porte de armas, que vai ser uma solução. Nós temos que trabalhar uma legislação mais rígida, precisa resolver a questão da impunidade", disse em discurso após ser eleito. A reportagem tentou falar com Contarato, mas sua assessoria não respondeu. Com informações da Folhapress.



Da Redação

Folha Press

Responsive Full Width Ad

Copyright © 2018 Cacoal NEWS - Notícias de Cacoal e Região | Du Pessoa Serviços Digitais (73) 9 8888 1488
Cacoal_NEWS