Cacoal_NEWS
‘Eles me estupraram e postaram o vídeo do crime em um site pornô’ | Cacoal NEWS - Notícias de Cacoal e Região

Menu Right

Top Social Icons

10 de fev. de 2020

‘Eles me estupraram e postaram o vídeo do crime em um site pornô’

Dezenas de pessoas entraram em contato com ela para dizer que enfrentavam o mesmo problema. No ano passado, Rose Kalemba escreveu post contando o quanto tinha sido difícil remover um vídeo do estupro que sofreu aos 14 anos de um site popular de compartilhamento de pornografia. Dezenas de pessoas entraram em contato com ela para dizer que enfrentavam o mesmo problema.

Essa é sua história:

A enfermeira parou na porta que dava para o quarto de hospital de Rose e virou-se para encará-la. “Sinto muito que isso tenha acontecido com você”, disse ela, com a voz trêmula. “Minha filha também foi estuprada.”


Ela lembrou da manhã seguinte ao ataque, das conversas com o policial sem emoção e o médico. Todos usaram a frase “alegado” ao se referirem ao violento ataque de uma hora que Rose lhes havia descrito. Com exceção de seu pai e avó, a maioria de seus parentes também não acreditava nela.

Com a enfermeira foi diferente. “Ela acreditou em mim”, diz Rose.

Era um pouquinho de esperança — alguém reconhecendo o que havia acontecido com ela. Uma onda de alívio tomou conta dela, parecia ser o começo de sua recuperação. Mas, logo, centenas de milhares de pessoas veriam o estupro por si mesmas — e desses espectadores ela não recebeu simpatia.

Uma década depois, Rose Kalemba penteia o cabelo preto grosso diante do espelho do banheiro, girando as pontas com os dedos para formar cachos naturais. Não podia fazer isso nos meses após o ataque. Todos os espelhos de sua casa tinham que ser cobertos com cobertores, ela não suportava ver seu reflexo.

Ela agora tem 25 anos e organizou uma rotina de autocuidado em sua vida diária.

Cuidar do cabelo faz parte disso. Pentear leva tempo e esforço, é quase um ato de meditação. Ela sabe que tem cabelos bonitos, as pessoas comentam sobre isso o tempo todo. Todas as manhãs, ela também toma uma xícara de um tipo puro de cacau, que ela acredita ter qualidades curativas, e faz uma lista de suas metas em um diário.

Para ler a matéria completa na BBC Brasil clique aqui.

Responsive Full Width Ad

Copyright © 2018 Cacoal NEWS - Notícias de Cacoal e Região | Du Pessoa Serviços Digitais (73) 9 8888 1488