Cacoal_NEWS
Reviravolta? Laudo aponta que tiro que matou modelo na casa do namorado delegado não partiu dela | Cacoal NEWS - Notícias de Cacoal e Região

Menu Right

Top Social Icons

sábado, 30 de maio de 2020

Reviravolta? Laudo aponta que tiro que matou modelo na casa do namorado delegado não partiu dela

Um laudo da polícia científica pode mudar o rumo das investigações e derrubar a tese do delegado Paulo Bilinskyj, que afirma que a namorada Priscila Delgado atirou nele e depois se matou durante uma briga de casal em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo. De acordo com o documento, a trajetória da bala que atingiu o coração da jovem reforça indícios de que o tiro não teria sido disparado por ela. 




Priscila Barrios morreu baleada e Paulo Bilynskyj foi internado em UTI nesta quarta (20) em São Bernardo do Campo. Corregedoria da Polícia Civil também vai apurar o caso.

Uma modelo morreu baleada e um delegado ficou ferido ao ser atingido por disparos na manhã desta quarta-feira (20) dentro do apartamento dele em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista. Priscila Delgado de Barrios, de 27 anos, não resistiu e morreu. Paulo Bilynskyj, de 33 anos, foi socorrido e internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital da cidade.


A Secretaria da Segurança Pública (SSP) informou por meio de nota que a Corregedoria da Polícia Civil irá apurar as causas e circunstâncias do que ocorreu dentro do imóvel onde o delegado e a modelo estavam.

Policiais ouvidos pela reportagem ainda tentam entender o que aconteceu no apartamento do condomínio da Avenida Francisco Prestes Maia, em São Bernardo.

Informações preliminares obtidas pela investigação, mas ainda não confirmadas, são de que o delegado e a modelo eram namorados e teriam discutido, depois ela teria atirado nele e se matado em seguida. Outras hipóteses também estão sendo apuradas.


Não há mais detalhes sobre o que ocorreu e nem de quem era a arma usada. Até a publicação desta matéria, a Polícia Civil ainda não havia concluído a elaboração do boletim de ocorrência do caso para informar o que seria investigado.

O que diz o delegado

A versão de que a modelo atirou no delegado foi feita pelo próprio delegado no hospital. Ele afirmou, em vídeo que circula nas redes sociais de policiais, que a namorada viu uma mensagem em seu celular e depois que ele saiu do banho, ela deu 6 tiros nele.


"Ontem [terça-feira, dia 20], Priscila, minha namorada, viu uma mensagem de antes de ela ir para minha casa. Hoje [quarta-feira], antes de eu sair do banho, ela deu seis tiros em mim. Depois deu um tiro nela mesma", diz Paulo no vídeo. "Eu estou em estado grave, vou passar por cirurgia".


O delegado é conhecido na internet por postar diversos vídeos, fotos e mensagens sobre seu trabalho, além de dar dicas de instrução de tiro. O G1 não conseguiu localizar parentes ou representantes da modelo para comentar o assunto. A família dela seria do Rio Grande do Sul, estado onde nasceu.

Inicialmente, policiais que atenderam a ocorrência tinham dito à imprensa que as vítimas eram um delegado e uma delegada. A informação foi corrigida.

Kleber Tomaz
César Galvão e Wallace Lara
G1 SP e TV Globo — São Paulo

Responsive Full Width Ad

Copyright © 2018 Cacoal NEWS - Notícias de Cacoal e Região | Du Pessoa Serviços Digitais (73) 9 8888 1488