Na Mídia

Oi, o que você está procurando?

Viral

Cartões: Abecs afirma que a indústria continuará se reinventando

cartoes:-abecs-afirma-que-a-industria-continuara-se-reinventando

Setor de cartões prevê movimentação de R$ 4 trilhões em 2024, com crescimento impulsionado pelo crédito. Saiba mais!

A Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs) divulgou novas projeções para o setor neste ano. Segundo informações apresentadas em sua última conferência, estima-se que o setor de cartões movimentará um montante significativo entre R$ 4,05 trilhões e R$ 4,12 trilhões em 2024.

Dessa forma, os números registram um aumento de 8,5% a 10,5% em relação a 2023. A revelação dos dados ocorreu no Congresso de Meios Eletrônicos de Pagamento (CMEP), promovido pela associação. Continue a leitura!

Saiba mais sobre a previsão da Abecs sobre a indústria de cartões

Imagem: soumen82hazra / shutterstock.com

De acordo com o presidente da Abecs, Giancarlo Grego, o crescimento será principalmente impulsionado pelo uso do cartão de crédito. Ainda, prevê que o débito “andará de lado”. Ele também destacou que os volumes de pré-pagos ainda são pequenos para mexer o ponteiro total.

Vale ressaltar que a indústria de cartões está em um momento de profunda transformação. Logo, isso ocorre em meio ao crescimento dos pagamentos instantâneos e das moedas digitais e pela desintermediação das transações transfronteiriças.

Diante desses desafios, Greco afirmou que o setor de cartões vai continuar se reinventando. Ele argumentou que a indústria de cartões é resiliente e se remodelou ao longo dos anos para enfrentar os desafios atuais e aqueles que ainda estão por vir.

Rotativo e teto de juros

A questão do rotativo do cartão de crédito e da recente implementação do teto para a tarifa de intercâmbio do pré-pago estavam entre as discussões importantes do último ano. O novo teto de juros de 100% no rotativo do cartão de crédito não deverá ter impacto sobre os volumes concedidos nesse instrumento. Assim, devem crescer de 10% a 12% este ano, segundo Greco.

Veja também:

Cuidado! Beneficiários do Bolsa Família estão tomando golpes, veja como se proteger.

Por fim, embora ele acredite que a mudança trará efeitos positivos, o presidente da Abecs ressaltou que isso não contribuirá para uma redução da taxa por si só.

Imagem: soumen82hazra / shutterstock.com

Aviso Legal: Comentários e Opiniões

Os comentários e opiniões dos usuários são de responsabilidade exclusiva de seus autores. O Grupo Cacoal NEWS não endossa nem se responsabiliza por qualquer conteúdo expresso nos comentários, e reserva-se o direito de remover, modificar ou não aprovar comentários que violem nossas políticas editoriais ou que possam ser considerados inadequados.

Postar Comentário

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VEJA TAMBÉM

Rondônia

Acidente fatal na BR-364 em Ji-Paraná: Motorista perde a vida após colisão com carreta. Detalhes aqui.

Cacoal

Um jovem enfrentou um acidente grave na tarde deste domingo na Rodovia 208, nas proximidades da pitoresca Lagoa Azul, em Cacoal.

Cacoal

Casal de idosos envolve-se em acidente de carro em Cacoal após confusão nos pedais.

Cacoal

Acidente trágico em Cacoal resulta na morte de Leonilton Gomes de Souza, eletricista de 40 anos, após colisão com carreta.

Publicidade